Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INCT|ECCE)

Total de projetos de pesquisa



Número total de itens: 207

2016

1.   2016-Atual. Análise Comportamental Aplicada ao Autismo
Descrição: A presente proposta de pesquisa se insere do programa integrado de pesquisa, ensino e extensão intitulado APRENDE (Atendimento e Pesquisa Sobre Aprendizagem e Desenvolvimento - www.aprende.ufpa.br) mantido pelo Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento da Universidade Federal do Pará. Trata-se de uma iniciativa de pesquisa e de formação de profissionais em Análise Comportamental Aplicada. O programa provê atendimento analítico-comportamental a um número pequeno de crianças diagnosticadas com autismo. A manutenção desse serviço viabiliza a pesquisa básica e aplicada sobre diversas questões de interesse para a Análise do Comportamento (Experimental e Aplicada). Além disso, a iniciativa vem impulsionando a formação pós-graduada de profissionais capacitados para atendimento e pesquisa com crianças com desenvolvimento atrasado. A presente proposta explora duas frentes de pesquisa: (1) a pesquisa translacional sobre desenvolvimento de repertório complexo em crianças diagnosticadas com autismo através da formação de classes de equivalência (Subprojetos 1 e 2) e (2) a pesquisa aplicada sobre a viabilidade da disseminação (com qualidade) da Análise Comportamental Aplicada ao autismo (Subprojeto 3).. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) . Integrantes: Romariz da Silva Barros - Coordenador / Grauben José Alves Assis - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 6
Membro: Romariz da Silva Barros.
2.   2016-Atual. Aprendendo a ensinar: análise do ensino em reabilitação auditiva
Descrição: Formação Didático-Pedagógica em Ensino na Saúde. Projeto: As profundas mudanças ocorridas nas áreas de Educação e da Saúde nas últimas décadas evidenciaram a necessidade da formação de profissionais que atuem harmonicamente como parte de uma rede de cuidados integrais e que considerem o sujeito em sua totalidade. Neste contexto, a formação dos profissionais que promovem a reabilitação de indivíduos com necessidades educativas especiais deve perpassar por diferentes áreas do conhecimento, a fim de garantir ao profissional o conhecimento necessário para oferecer ao reabilitando um atendimento que resulte na preservação da sua individualidade e na promoção de sua independência funcional. No caso específico da formação dos profissionais que trabalham com a reabilitação de indivíduos com deficiência auditiva, esta deve enfatizar não somente a construção de um repertório técnico que permita desenvolver ou devolver a capacidade de percepção auditiva ao indivíduo com perda auditiva, mas também fornecer a ele o acesso às habilidades de linguagem, tanto na forma oral como na forma escrita, bem como sua real integração na sociedade. Diante destas questões, este projeto tem como objetivos: 1) investigar as práticas de ensino dos docentes de diversas áreas do conhecimento, que atuam na formação de profissionais que desenvolvem trabalhos voltados para a reabilitação de indivíduos com deficiência auditiva; 2) descrever e caracterizar as práticas docentes que favorecem a formação de profissionais que efetivamente promovem a reabilitação global de indivíduos com deficiência auditiva e 3) desenvolver e avaliar programas de ensino voltados para os profissionais que atuam diretamente na reabilitação dos indivíduos com deficiência auditiva.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Carmen Silvia Motta Bandini - Coordenador.
Membro: Heloisa Helena Motta Bandini.
Descrição: Linha de Pesquisa: Formação Didático-Pedagógica em Ensino na Saúde. Projeto: As profundas mudanças ocorridas nas áreas de Educação e da Saúde nas últimas décadas evidenciaram a necessidade da formação de profissionais que atuem harmonicamente como parte de uma rede de cuidados integrais e que considerem o sujeito em sua totalidade. Neste contexto, a formação dos profissionais que promovem a reabilitação de indivíduos com necessidades educativas especiais deve perpassar por diferentes áreas do conhecimento, a fim de garantir ao profissional o conhecimento necessário para oferecer ao reabilitando um atendimento que resulte na preservação da sua individualidade e na promoção de sua independência funcional. No caso específico da formação dos profissionais que trabalham com a reabilitação de indivíduos com deficiência auditiva, esta deve enfatizar não somente a construção de um repertório técnico que permita desenvolver ou devolver a capacidade de percepção auditiva ao indivíduo com perda auditiva, mas também fornecer a ele o acesso às habilidades de linguagem, tanto na forma oral como na forma escrita, bem como sua real integração na sociedade. Diante destas questões, este projeto tem como objetivos: 1) investigar as práticas de ensino dos docentes de diversas áreas do conhecimento, que atuam na formação de profissionais que desenvolvem trabalhos voltados para a reabilitação de indivíduos com deficiência auditiva; 2) descrever e caracterizar as práticas docentes que favorecem a formação de profissionais que efetivamente promovem a reabilitação global de indivíduos com deficiência auditiva e 3) desenvolver e avaliar programas de ensino voltados para os profissionais que atuam diretamente na reabilitação dos indivíduos com deficiência auditiva.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Carmen Silvia Motta Bandini - Coordenador / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante.
Membro: Carmen Silvia Motta Bandini.

2015

1.   2015-Atual. Análise aplicada do comportamento e tecnologias assistivas para pessoas com atraso no desenvolvimento cognitivo
Descrição: Edital 59/2014 ? PGPTA A aplicação dos princípios da Análise do Comportamento em escolas, clínicas, indústrias, entre outros ambientes, buscando o estabelecimento ou o aperfeiçoamento de repertórios socialmente relevantes e adequados, caracteriza a Análise Comportamental Aplicada. A Análise Comportamental Aplicada tem sido utilizada com sucesso em intervenções e no desenvolvimento de tecnologias assistivas para pessoas com atraso no desenvolvimento cognitivo. Nas últimas décadas, a partir dos princípios da Análise Comportamental Aplicada, foram desenvolvidos sistemas de comunição alternativa e tecnologias comportamentais que têm possibilitado que pessoas com atraso no desenvolvimento cognitivo adquiram desempenho autônomo e socialmente adequado em tarefas acadêmicas e cotidianas. A presente proposta busca integrar os esforços que vêm sendo desenvolvidos nos Programas de Pós- graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento (UFPA), Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem (Unesp-Bauru) e Psicologia (UFSCar) na realização de projetos de pesquisas translacionais e tecnológicas e na formação de recursos humanos qualificados que impactem positivamente na implementação dos princípios da Análise Comportamental Aplicada nas intervenções para pessoas com atraso no desenvolvimento cognitivo no Brasil.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Coordenador / Romariz da Silva Barros - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Grauben José Alves de Assis - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu.
2.   2015-Atual. Avaliação comportamental de fundamentos e pré-requisitos para o desenvolvimento da linguagem
Descrição: neste projeto serão comparadas propostas da literatura comportamental, operacionalização de medidas de instrumentos que avaliam o repertório pré-linguístico e dados empíricos de avaliações e intervenções comportamentais de crianças com TEA objetivando especificamente: 1. identificar alguns dos instrumentos de avaliação que objetivam medir pré-requisitos da linguagem; 2. identificar e operacionalizar nos instrumentos existentes pré-requisitos/classes gerais de comportamentos (imitação generalizada; habilidade de ouvinte; correspondência ouvir/falar; nomeação e aprendizagem observacional) 3. identificar em registros de avaliações e intervenções comportamentais se há e quais são as medidas específicas de cada uma das classes de comportamentos verificadas na literatura e nos instrumentos; 4. Propor um protocolo, com base nas análises descritas nos objetivos anteriores, para avaliar pré-requisitos da linguagem considerando as classes gerais de comportamentais relevantes para o desenvolvimento de fundamentos da linguagem.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Thais Porlan de Oliveira - Coordenador / Camila Graciela Gomes - Integrante.
Membro: Thais Porlan de Oliveira.
3.   2015-Atual. Avaliação do efeito do sulforafano na malária cerebral: potencial proteção via inibição do estresse oxidativo.
Descrição: A malária é uma doença infecciosa, não contagiosa, considerada como parasitose de importância mundial, e é causa de grande morbidade e mortalidade, com 243 milhões de casos/ano, alcançando 2 milhões de óbitos/ano. A alta mortalidade da malária está associada a casos graves, aos quais as manifestações clínicas mais frequentes são: malária cerebral, acidose metabólica, icterícia grave, edema pulmonar e insuficiência renal. Uma das principais alterações clínico-patológicas presente na malária grave é a malária cerebral, caracterizada pela presença do estado de coma e convulsões em pacientes infectados pelo Plasmodium. No entanto, apesar da existência anti-maláricos eficazes, com efeitos anti-parasita, os pacientes que sobrevivem à malária cerebral podem desenvolver uma série de déficts neurológicos, indicando que a erradicação do parasita não previne as consequências clínicas da infecção. A evolução da malária cerebral está relacionada à presença de uma resposta inflamatória sistêmica e principalmente à uma resposta inflamatória no sistema nervoso central. Neste contexto, o estresse oxidativo representa um papel determinante na malária cerebral. De fato, a produção de espécies reativas de oxigênio e subsequente peroxidação lipídica por diferentes células, possui um impacto direto na evolução da malária e representam um papel central na resposta imune do paciente à infecção pelo Plasmodium sp, uma vez que a liberação destes mediadores por células endoteliais e células inflamatórias contribue ativamente para a disfunção endotelial e inflamação neuronal, características desta patologia. O sulforafano é um composto presente em vegetais crucíferos como brócolis, couve e repolho, que vem sendo estudado em relação ao seu potencial antioxidante em diferentes patologias, através da ativação do fator nuclear E2-relacionado ao fator 2 (Nrf2; do inglês: nuclear factor E2-related factor 2) e consequente indução da heme oxigenase-1 (HO-1). O conhecimento acerca dos efeitos antioxidantes deste composto é recente e são poucos os estudos sobre o potencial do sulforafano no tratamento de doenças infecciosas. Assim, este projeto visa avaliar o efeito protetor do sulforafano na malária cerebral, em camundongos C57BL/6 infectados com Plasmodium berghei ANKA. O efeito do sulforafano será investigado nas diversas alterações observadas com o desenvolvimento da malária cerebral, como alterações imunológicas, neurológicas, alterações visuais e mortalidade. Além dos impactos positivos na produção científica e tecnológica do Estado do Maranhão e do País, o desenvolvimento da presente proposta contribuirá de forma significativa para a formação de recursos humanos qualificados nos diferentes níveis, a transferência de conhecimentos obtidos a nível regional e internacional, através da participação em eventos nacionais e internacionais, e publicações em periódicos indexados.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Marcos Augusto Grigolin Grisotto - Integrante / Elizabeth Soares Fernandes - Integrante / Valério Monteiro Neto - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA - Auxílio financeiro.
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
4.   2015-Atual. Emprego de uma variante de de tarefa de múltipla escolha para investigação de déficits de compreensão de palavras isoladas em indivíduos com lesão hemisférica unilateral
Descrição: Pesquisas prévias sobre habilidades de compreensão auditiva de palavras, avaliadas no contexto de tarefa de múltipla escolha (e.g."matching to sample"), indicam que sujeitos com lesão hemisférica unilateral (direita ou esquerda) tendem a exibir erros de compreensão caracterizados por seleção de alternativas relacionadas semanticamente ao estímulo modelo, mesmo quando variáveis associadas são controladas, tais como similaridade visual, heminegligência espacial, número e arranjo das alternativas de escolha, e declínio cognitivo. Neste projeto, investigaremos o fenômeno referido na literatura como ?erro semântico? em participantes com lesão hemisférica unilateral direita e esquerda por meio de uma variante metodológica de tarefa de matching to sample que será adaptada para estudos sobre compreensão de palavras isoladas em pessoas com lesão encefálica. Uma vez que essa variante metodológica (chamada ?Blank Comparison Technique?) permite analisar separadamente respostas de seleção feitas por rejeição e por seleção de alternativas, nós conduziremos estudos com o propósito de verificar: 1) se esta variante de tarefa de múltipla escolha é sensível para documentar erros semânticos em indivíduos com lesão hemisférica unilateral; 2) sob quais condições tais erros seriam mais proeminentes ou mais prováveis e 3) se participantes com lesão unilateral esquerda e direita difeririam na frequência e tipos de erros.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Cristiana Ferrari - Coordenador / Célia Maria Giacheti - Integrante / Milton Marchioli - Integrante.
Membro: Cristiana Ferrari.
5.   2015-Atual. Ensino de relações condicionais e teste de relações emergentes em tarefas com notas musicais
Descrição: O presente estudo tem como objetivo verificar se participantes submetidos a um treino de discriminação condicional com exemplares múltiplos serão capazes de adquirir uma habilidade generalizada em discriminar entre dois tipos de acordes fundamentais baseados em tríades (i.e., acorde maiores e menores). Em linhas gerais, todos os participantes serão inicialmente expostos a um pré-teste para avaliar as habilidades discriminativas entre acordes maiores e menores. Em seguida, eles serão expostos a um conjunto de treinos de discriminação condicional utilizando acordes musicais como estímulos modelo e testes de generalização com acordes não treinados. A análise dos resultados permitirá avaliar se o ensino direto da habilidade de discriminar acordes maiores e menores para um grupo restrito de notas (p. ex., C, G e D) pode originar um desempenho discriminado diante de acordes maiores e menores de notas musicais ainda não treinadas (p. ex., A e E). Em caso afirmativo, tal fato exemplificaria a utilidade dos conceitos de Análise Experimental do Comportamento no ensino de repertórios que seriam relevantes para pessoas interessadas no aprendizado de conhecimentos musicais rudimentares.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Edson Massayuki Huziwara - Coordenador / Raone Mateus Rodrigues - Integrante / Átila Moreira Cedro - Integrante / Bernardo Augusto Wilke Silva - Integrante.
Membro: Edson Massayuki Huziwara.
6.   2015-Atual. Escola Experimental de Primatas: Desenvolvimento de um modelo experimental do comportamento simbólico potencial do macaco-prego
Descrição: A evolução do potencial simbólico humano ao longo da hominização vem sendo esclarecida com base em dados arqueológicos que permitem relacionar a sequência das mudanças anatômicas e as realizações comportamentais. Sabe-se hoje que a preparação de ferramentas, por exemplo, que se pode tomar como um índice de realização simbólica, antecede o sugimento do homem moderno, tendo ocorrido quando os hominidas tinham ainda um cérebro de 500 cc, aproximadamente o mesmo volume do cérebro do atual chimpanzé. Evidências da evolução de pré-requisitos da capacidade simbólica podem hoje ser encontradas em primatas contemporâneos, como o macaco-prego, que apresenta convergências com a evolução hominida, pois em condições favoráveis desce das árvores e apresenta a locomoção bípede, o uso inclusive preparo- de ferramentas, e um comportamento social que favorece a transmissão cultural. Essas características permitem inferir uma capacidade pré-simbólica, com predominância da utilização de habilidades executivas que permitem a emissão de comportamentos sob controle de aspectos do ambiente distantes no espaço e no tempo. Utilizando-se o macaco-prego como modelo animal de desenvolvimento cognitivo, Galvão e colaboradores tem buscado, com o desenvolvimento de uma engenharia comportamental baseada em uma abordagem de ensino programado individuaizado, estudar o potencial desses animais para abstrair e dominar relações entre estímulos de forma generalizada, tendo demonstrado a capacidade cognitiva de macacos-prego (Cebus apella) para lidar com relações abstratas, postuladas como pré-requisitos do comportamento simbólico (Galvão, 2010). O presente projeto visa a continuidade das investigações de alternativas para obtenção de repertórios complexos em macacos-prego, com redução de variabilidade intra e entre sujeitos, e acréscimo de entre o controle de estímulos planejado e obtido (McIlvane et al, 2000). Pretende-se usar procedimentos de estudo do comportamento de escolha, para identificar sequências de pré- requisitos e o potencial de aprendizagem de relações entre estímulos ensinadas diretamente e generalizadas, e investigar as condições para a demonstração de generatividade a partir das relações diretamente ensinadas. Com macacos-prego e crianças, serão conduzidos estudos comparativos de habilidades executivas, em especial a memória de trabalho, medida em tarefas de escolha simples e condicional, pela sua especial importância nas discriminações condicionais. Em colaboração com engenheiros de computação pretende-se desenvolver ambientes de escolha mais flexíveis em comparação com o procedimento de Projeto Produtividade em Pesquisa - Agosto 2014 O. F. Galvão 3 escolhas discretas, incorporando respostas diferenciais como arrastar estímulos, e uso de feedback virtual, testado como forma de facilitar a associação de estímulos. Palavras-chave: relações entre estímulos, discriminações condicionais, comportamento pré-simbólico, Sapajus spp.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Ana Leda de Faria Brino - Integrante.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: A evolução do potencial simbólico humano ao longo da hominização vem sendo esclarecida com base em dados arqueológicos que permitem relacionar a sequência das mudanças anatômicas e as realizações comportamentais. Sabe-se hoje que a preparação de ferramentas, por exemplo, que se pode tomar como um índice de realização simbólica, antecede o sugimento do homem moderno, tendo ocorrido quando os hominidas tinham ainda um cérebro de 500 cc, aproximadamente o mesmo volume do cérebro do atual chimpanzé. Evidências da evolução de pré-requisitos da capacidade simbólica podem hoje ser encontradas em primatas contemporâneos, como o macaco-prego, que apresenta convergências com a evolução hominida, pois em condições favoráveis desce das árvores e apresenta a locomoção bípede, o uso ?inclusive preparo- de ferramentas, e um comportamento social que favorece a transmissão cultural. Essas características permitem inferir uma capacidade pré-simbólica, com predominância da utilização de habilidades executivas que permitem a emissão de comportamentos sob controle de aspectos do ambiente distantes no espaço e no tempo. Utilizando-se o macaco-prego como modelo animal de desenvolvimento cognitivo, Galvão e colaboradores tem buscado, com o desenvolvimento de uma engenharia comportamental baseada em uma abordagem de ensino programado individuaizado, estudar o potencial desses animais para abstrair e dominar relações entre estímulos de forma generalizada, tendo demonstrado ?a capacidade cognitiva de macacos-prego (Cebus apella) para lidar com relações abstratas, postuladas como pré-requisitos do comportamento simbólico? (Galvão, 2010). O presente projeto visa a continuidade das investigações de alternativas para obtenção de repertórios complexos em macacos-prego, com redução de variabilidade intra e entre sujeitos, e acréscimo de entre o controle de estímulos planejado e obtido (McIlvane et al, 2000). Pretende-se usar procedimentos de estudo do comportamento de escolha, para identificar sequências de pré- requisitos e o potencial de aprendizagem de relações entre estímulos ensinadas diretamente e generalizadas, e investigar as condições para a demonstração de generatividade a partir das relações diretamente ensinadas. Com macacos-prego e crianças, serão conduzidos estudos comparativos de habilidades executivas, em especial a memória de trabalho, medida em tarefas de escolha simples e condicional, pela sua especial importância nas discriminações condicionais. Em colaboração com engenheiros de computação pretende-se desenvolver ambientes de escolha mais flexíveis em comparação com o procedimento de Projeto Produtividade em Pesquisa - Agosto 2014 ? O. F. Galvão 3 escolhas discretas, incorporando respostas diferenciais como arrastar estímulos, e uso de feedback virtual, testado como forma de facilitar a associação de estímulos. Palavras-chave: relações entre estímulos, discriminações condicionais, comportamento pré-simbólico, Sapajus spp.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (6) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Olavo de Faria Galvão.
7.   2015-Atual. Estabelecimento de relações arbitrárias entre estímulos em macacos-prego (Sapajus spp.): Revisão dos estudos da Escola Experimental de Primatas e novos delineamentos
Descrição: O objetivo do presente projeto envolve a tarefa de revisar procedimentos de ensino de relações arbitrárias entre estímulos em um modelo desenvolvido com não humanos, mais precisamente, com macacos-prego, para lançar luz e ajudar na elaboração de novos protocolos de ensino àqueles que tratam diretamente com pessoas com repertório representacional limitado. O processo de desenvolvimento destas pesquisas pode produzir tecnologia comportamental efetiva para ensino de humanos não verbais e, além disso, pode esclarecer os processos de aquisição de repertório relacional complexo em macacos-prego, apontando para similaridades entre as espécies nas quais o fenômeno tem sido estudado.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Ana Leda de Faria Brino - Coordenador / Tamyres Roberta Colares leal - Integrante / Leandro Augusto de Almeida Costa - Integrante / Raquel Leite Castro de Lima - Integrante.
Membro: Ana Leda de Faria Brino.
8.   2015-Atual. Investigando os Efeitos do Programa de Enriquecimento Instrumental-PEI, versão básica, em Diferentes Amostras Brasileiras.
Descrição: O projeto tem como objetivo geral verificar a efetividade do Programa de Enriquecimento Instrumental ?PEI, versão básico 1 para o desenvolvimento cognitivo. Os objetivos específicos são: (1) comparar os resultados pré e pós-testes de cada participante do grupo experimental (intervenção) em relação às capacidades intelectuais, processos cognitivos básicos e funções executivas; (2) comparar os resultados pré e pós-testes entre os grupos experimentais e controle em relação às capacidades intelectuais, processos cognitivos básicos e funções executivas; (3) comparar os resultados obtidos pelos grupos experimentais dos mediadores experientes com os grupos experimentais dos mediadores recém-formados; (4) avaliar as capacidades intelectuais, processos cognitivos básicos e funções executivas dos participantes do grupo experimental e controle após seis meses da intervenção finalizada; (5) verificar qual capacidade intelectual, processo cognitivo e função executiva é mais beneficiada pelo PEI-Básico 1; (6) avaliar, após o término da intervenção, a percepção dos participantes e seus pais sobre a efetividade do PEI-Básico 1; (7) investigar a eficácia e adequação do programa para população idosa, no tocante ao seu formato, estrutura, exequibilidade e efeitos sobre a cognição.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Patrícia Waltz Schelini - Integrante / Monalisa Muniz Nascimento - Integrante / Alessandra Gotuzo Seabra - Integrante / Cristiano Mauro Assis Gomes - Coordenador / Natália Martins Dias - Integrante / Mariana Teles Santos - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Patrícia Waltz Schelini.
9.   2015-Atual. Transferência de significado e grau de relacionamento entre estímulos equivalentes
Descrição: Quatro séries de experimentos darão continuidade à investigação da transferência de significado de estímulos significativos para abstratos via relações de equivalência e da transformação de significado via relações de oposição e comparação. A primeira série investigará novos parâmetros que podem afetar a transferência de significado. A segunda série investigará a transferência de significado com uma variedade maior de estímulos significativos. A terceira série investigará a transformação de significado via relações que não a equivalência: relações de oposição e comparação. A quarta série prosseguirá a investigação de um modelo experimental de mudança de preferencias e atitudes baseado na transferência de significado para estímulos socialmente carregados.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . Integrantes: Julio Cesar Coelho de Rose - Coordenador / Renato Bortoloti - Integrante / William Ferreira Perez - Integrante / Natalia Maria Aggio - Integrante / Joao Henrique de Almeida - Integrante / Mariéle Diniz Cortez - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Julio Cesar Coelho de Rose.

2014

1.   2014-Atual. Análise Aplicada do Comportamento e tecnologias assistivas para pessoas com atraso no desenvolvimento cognitivo ( (financiamento - PGPTA - Capes/SDH/MCTI ? Processo: 88887091031201401).
Descrição: A presente proposta busca integrar os esforços que vêm sendo desenvolvidos nos Programas de Pós-graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento (UFPA), Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem (Unesp-Bauru) e Psicologia (UFSCar) na realização de projetos de pesquisas translacionais e tecnológicas e na formação de recursos humanos qualificados que impactem positivamente na implementação dos princípios da Análise Comportamental Aplicada nas intervenções para pessoas com atraso no desenvolvimento cognitivo no Brasil. Serão desenvolvidos quatro Subprojetos que buscam: 1- Desenvolver e aplicar um conjunto articulado de instrumentos e técnicas eficientes para treinar pais, professores, acompanhantes e outros profissionais quanto às habilidades fundamentais para aplicar programas de ensino analítico-comportamentais a crianças diagnosticadas com autismo; 2- Desenvolver procedimentos informatizados e avaliar os pré-requisitos de leitura para construção de palavras e sentenças em alunos diagnosticados com autismo; consolidar os procedimentos de ensino usados pelo grupo de pesquisa que produzam poucos ou nenhum erro, tornando-os mais eficientes e econômicos, gerando uma tecnologia de ensino informatizada que possibilite a generalização para situações próximas do aluno em sala de aula; 3- Estabelecer repertório verbal receptivo e expressivo por instrução por exemplares múltiplos a crianças com deficiência auditiva pré-lingual e implante coclear com atrasos na linguagem considerando avaliação prévia do ouvir baseado em seleção e de respostas vocais ecóicas e de nomeação de objetos/propriedades/eventos; e 4- Desenvolver e validar instrumentos que possibilitem o rastreamento precoce de riscos para dificuldades e transtornos em aprendizagem da matemática; identificar o papel da contagem e da enumeração visual na aquisição de habilidades pré-matemáticas; elaborar currículo funcional que envolva estratégias de auxílio a indivíduos com limitação cognitiva e de comunicação. Como resultado direto do desenvolvimento desses subprojetos serão formados seis Mestres e quatro Doutores capacitados para atuar na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias assistivas para pessoas com atraso no desenvolvimento cognitivo.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (4) . Integrantes: Carlos Barbosa Alves de Souza - Coordenador / Romariz da Silva Barrros - Integrante / Grauben G J Assis - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Membro: Carlos Barbosa Alves de Souza.
2.   2014-Atual. Comparação do desempenho de ratos machos e fêmeas em tarefas de escolha
Descrição: O comportamento de escolha vem sendo estudado desde a década de 1960, tanto em modelos animais como com participantes humanos. Variáveis como a quantidade e a probabilidade de reforço em cada alternativa têm sido exaustivamente investigadas, mas variáveis biológicas, como o sexo ou o estado nutricional dos animais, tem recebido menos atenção dos pesquisadores. O objetivo desse projeto é investigar se o comportamento de escolha, especialmente aquele que envolve risco, é afetado pelo sexo do animal e/ou por seu estado nutricional.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Andréia Schmidt - Coordenador / Sara Tamiris Cirilo - Integrante / Vinicius Warisaia - Integrante.
Membro: Andréia Schmidt.
3.   2014-Atual. Estudo das causas genéticas do albinismo em macaco-prego (Sapajus sp)
Descrição: Em mamíferos, as células pigmentares existentes são os melanócitos, onde é produzida e armazenada a melanina. A via de produção da melanina produz dois tipos de pigmentos, a eumelanina e a feomelanina. Alguns genes já são conhecidos por sua relação com a pigmentação e a alteração da função de alguns deles, como o gene TYR e o OCA2 podem levar ao fenótipo de albinismo, uma síndrome caracterizada por perda de pigmentação na pele, olhos e cabelo, nistagmo e perda de acuidade visual. Este projeto visa encontrar as causas genéticas do albinismo em macaco-prego, usando como base um trabalho realizado com macaco-rhesus (Macaca mulatta). O macaco-prego é um primata do Novo Mundo com distribuição ampla pelo Brasil, sendo que a espécie estudada (Sapajus apella) pode ser encontrada na Amazônia. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Luiz Carlos de Lima Silveira - Integrante / Dora Fix Ventura - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Daniela Maria Oliveira Bonci - Coordenador / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Leonardo Dutra Henriques - Integrante.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
4.   2014-Atual. Estudo eletrofisiológico de processos simbólicos em indivíduos com ou sem distúrbios da comunicação.
Descrição: Este projeto pretende investigar correlatos eletrofisiológicos de processos simbólicos, seus componentes e precursores. Os participantes serão indivíduos com ou sem distúrbios da comunicação, de etiologia variável, de ambos os gêneros e com idades variáveis (a partir da idade pré-escolar). O trabalho envolverá técnicas de análise eletrofisiológica da cognição, enfatizando a extração de potenciais cerebrais relacionados a eventos (ERPs). Paradigmas experimentais que simulam o estabelecimento de relações simbólicas serão utilizados em combinação com técnicas de extração de ERPs. Propõe-se uma operação integrada de ferramentas conceituais e metodológicas comuns a pesquisadores da fonoaudiologia, da psicologia e da neurociência cognitiva. Espera-se que essa interdisciplinaridade possa servir não apenas para uma análise mais ampla da comunicação e cognição humana, mas que também beneficie a pesquisa de fonoaudiólogos, psicólogos e neurocientistas. Acredita-se que um diálogo entre essas correntes possa gerar contribuições relevantes para a compreensão do comportamento humano complexo e também para a produção de conhecimento que possa ser aproveitado no desenvolvimento de tecnologias úteis para indivíduos portadores de distúrbios da comunicação, bem como para a avaliação da eficácia de procedimentos terapêuticos remediativos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Cristiana Ferrari - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Integrante / Célia Maria Giacheti - Coordenador / Natália Freitas Rossi - Integrante / Ana Claudia Almeida-Verdu - Integrante / Renato Bortoloti - Integrante / Fernando Del Mando Lucchesi - Integrante.
Membro: Cristiana Ferrari.
5.   2014-Atual. Investigação da narrativa oral de indivíduos com e sem distúrbio da comunicação
Descrição: O objetivo deste estudo é investigar o desempenho de indivíduos com e sem distúrbio da comunicação em tarefas de narrativa oral (compreensão e produção). Os objetivos específicos são: (1) elaborar um protocolo que permita analisar o desempenho na narração de história (dentro dos limites da sua especificidade) quanto aos aspectos macroestruturais (elementos estruturais típicos de história), aspectos microestruturais (produtividade e complexidade linguística) e aspectos da fluência (frequência, tipo, local de disfluências e fluxo de informação), (2) estabelecer o nível de coerência da narrativa, segundo proposta de Martins e Spinillo (1997), (3) estabelecer parâmetros de normalidade para os aspectos aferidos neste protocolo, segundo idade, gênero e escolaridade; (4) comparar o desempenho de indivíduos com e sem alteração de linguagem quanto aos aspectos aferidos pelo protocolo proposto, quanto ao nível de coerência global da narrativa e no desempenho em tarefas de compreensão e produção de história, aferidos pelo instrumento Test of Narrative Language (TNL). Verba CNPq. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Célia Maria Giacheti - Integrante / Natalia Freitas Rossi - Coordenador.
Membro: Célia Maria Giacheti.
6.   2014-Atual. Investigação de condições que afetam o grau de relacionamento de estímulos equivalentes por meio de potenciais relacionados ao evento
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Renato Bortoloti - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Renato Bortoloti.
7.   2014-Atual. Investigação de propriedades quantitativas de relações simbólicas por meio de potenciais relacionados ao evento
Descrição: Este projeto pretende fazer avançar uma linha de investigação baseada na combinação de procedimentos comportamentais e eletrofisiológicos para o estudo de relações simbólicas. A metodologia se presta a uma ampla variedade de relações que caracterizam o responder relacional complexo humano. O uso de potenciais relacionados a eventos (ERPs) permitirá não apenas investigar a atividade cortical relacionada aos processos simbólicos que vêm sendo estudados a partir do modelo de equivalência de estímulos, como também poderá permitir o aperfeiçoamento do modelo. O principal objetivo do projeto será verificar se diferentes parâmetros experimentais podem determinar diferentes graus de relacionamento entre estímulos equivalentes.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Renato Bortoloti - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Renato Bortoloti.
8.   2014-Atual. Jogos computacionais para o processo de ensino-aprendizagem de crianças com deficiência intelectual
Descrição: A deficiência intelectual apresenta diversos aspectos relevantes a área educacional. Diversos métodos utilizados para a educação de crianças tem sido adaptados para serem utilizados para a educação de crianças com deficiência intelectual. Como exemplo cita-se jogos de alfabetização da língua portuguesa e matemática. Porém, estes jogos não sofrem nenhuma alteração na sua composição para serem utilizados com crianças com deficiência intelectual. Esta proposta é fundamentada no jogo 'As Aventuras de Amaru' que foi concebido para ser utilizado no aprendizado de leitura e escrita de crianças com dificuldade de aprendizado. Este jogo foi criado baseado no programa de ensino 'Aprendendo a Ler e Escrever em Pequenos Passos' (ALEPP)desenvolvidos por psicólogos na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), onde diversas metodologias foram amplamente pesquisadas e condensadas no ALEPP. Como forma de suprir as necessidades de jogos educacionais para crianças com deficiência intelectual e, consequentemente, sua inserção nas atividades da sociedade moderna, esta proposta busca adaptar o jogo 'As Aventuras de Amaru' para ser utilizado no processo de ensino-aprendizagem destas crianças. Estas adaptações serão efetuados por um equipe multidisciplinar que incluem programadores, analistas do comportamento, psicólogos e pedagogos, além de outros profissionais, das instituições participantes (UFPA e APAE Belém). Como produto final, um jogo computacional será entregue para ser utilizado no processo de ensino-aprendizagem de crianças com deficiência intelectual. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Coordenador / Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: A deficiência intelectual apresenta diversos aspectos relevantes a área educacional. Diversos métodos utilizados para a educação de crianças tem sido adaptados para serem utilizados para a educação de crianças com deficiência intelectual. Como exemplo cita-se jogos de alfabetização da língua portuguesa e matemática. Porém, estes jogos não sofrem nenhuma alteração na sua composição para serem utilizados com crianças com deficiência intelectual. Esta proposta é fundamentada no jogo 'As Aventuras de Amaru' que foi concebido para ser utilizado no aprendizado de leitura e escrita de crianças com dificuldade de aprendizado. Este jogo foi criado baseado no programa de ensino 'Aprendendo a Ler e Escrever em Pequenos Passos' (ALEPP)desenvolvidos por psicólogos na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), onde diversas metodologias foram amplamente pesquisadas e condensadas no ALEPP. Como forma de suprir as necessidades de jogos educacionais para crianças com deficiência intelectual e, consequentemente, sua inserção nas atividades da sociedade moderna, esta proposta busca adaptar o jogo 'As Aventuras de Amaru' para ser utilizado no processo de ensino-aprendizagem destas crianças. Estas adaptações serão efetuados por um equipe multidisciplinar que incluem programadores, analistas do comportamento, psicólogos e pedagogos, além de outros profissionais, das instituições participantes (UFPA e APAE Belém). Como produto final, um jogo computacional será entregue para ser utilizado no processo de ensino-aprendizagem de crianças com deficiência intelectual.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . Integrantes: Dionne Cavalcante Monteiro - Coordenador / Olavo faria galvão - Integrante / Gilberto Nerino de Souza Junior - Integrante / Ádamo Lima de Santana - Integrante / Elton Sarmanho Siqueira - Integrante / Ellton Sales Barros - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Vitoria de Cassia dos Santos Ferreira Rodrigues - Integrante. Financiador(es): Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 3
Membro: Dionne Cavalcante Monteiro.
9.   2014-Atual. Nível de coerência global e aspectos da fluência na narração de história de indivíduos com síndrome de Williams e com desenvolvimento típico de linguagem
Descrição: O objetivo deste estudo é analisar a narrativa oral de história de indivíduos com SW e com desenvolvimento típico de linguagem a fim de comparar o desempenho destes indivíduos quanto ao nível de coerência global e os aspectos da fluência na narração (frequência de disfluências e fluxo de informação produzido) e investigar como se dá a relação entre a o nível de coerência global da narrativa, a frequência de disfluências e o fluxo de informação produzida na narração. Participarão deste estudo 20 indivíduos com SW (positivo para a deleção do gene ELN), de ambos os gêneros, idade cronológica entre 7 e 18 anos e 40 indivíduos com desenvolvimento típico, semelhantes aos indivíduos com SW quanto ao gênero e idade (20 por idade cronológica e 20 por idade mental). Serão aplicados o critério de classificação de classificação econômica Brasil e Escala Wechsler de Inteligência. A narrativa oral será eliciada com o Livro Frog, where are you? As amostras serão transcritas e analisadas quanto ao nível de coerência global, frequência de disfluências (hesitações e pausas silenciosas) e fluxo de informação produzida (palavras por minuto). Os dados obtidos subsidiarão as análises comparativas e de correlação entre o nível de coerência global e os aspectos da fluência. Almeja-se com estes resultados uma discussão mais robusta dos achados inicialmente reportados pelo nosso grupo quanto às disfluências observadas na narração de história e; assim, uma melhor compreensão sobre a natureza destas disfluências e sobre os processos cognitivos subjacentes à constituição de coerência e fluência na narrativa oral dos indivíduos com a SW (CNPq -UNIVERSAL).. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Célia Maria Giacheti - Integrante / Óscar F Gonçalvez - Integrante / Natalia Freitas Rossi - Coordenador / Adriana Sampaio - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Célia Maria Giacheti.
10.   2014-Atual. Pesquisa Básica e Aplicada sobre Aquisição de Repertório Comportamental em Crianças Diagnosticadas com Autismo
Descrição: O presente projeto é uma proposta integrada de pesquisa voltada para (1) a pesquisa básica sobre ensino de repertório discriminativo com crianças diagnosticadas com autismo e (2) a pesquisa translacional sobre variáveis relativas a procedimentos de intervenção. O projeto também visa (3) o atendimento a crianças com atraso no desenvolvimento cognitivo, em especial as diagnosticadas com autismo e (4) a formação, nos diferentes níveis (graduação, mestrado e doutorado), de profissionais com experiência em pesquisa e atendimento a crianças do com atraso no desenvolvimento cognitivo. São apresentados três subprojetos. O primeiro deles tem como objetivo aplicar procedimentos de ensino automatizados para obtenção do desempenho de emparelhamento ao modelo por identidade generalizada e estudar a possível formação de classes de equivalência em tarefa de emparelhamento por identidade com reforçadores específicos das classes. O segundo subprojeto explorará procedimentos para a obtenção de classes funcionais com crianças diagnosticadas com autismo e explorará a similaridade entre classes funcionais e classes de equivalência. O terceiro subprojeto comparará a eficácia de dois programas estruturados de atendimento a crianças diagnosticadas com autismo: um programa semi-intensivo direto (o profissional atende a criança) e um programa de atendimento indireto (o profissional atende os cuidadores e modela seu comportamento para intervir no comportamento da criança). Tomados como um todo, os subprojetos contribuem para o avanço da pesquisa básica e translacional para o avanço do repertório de crianças diagnosticadas com autismo.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) . Integrantes: Romariz da Silva Barros - Coordenador / Grauben José Alves Assis - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 4 / Número de orientações: 12
Membro: Romariz da Silva Barros.
11.   2014-Atual. Reabilitação de pacientes com implante coclear utilizando uma nova abordagem na análise da percepção auditiva
Descrição: A surdez pode ser definida como a perda ou diminuição considerável do sentido da audição, é uma deficiência que afeta a personalidade, o relacionamento e todo estilo de vida do indivíduo, apresentando etiologias do tipo congênitas ou adquiridas, podendo ocasionar perda sensorial de severa a profunda, o que pode incapacitar o indivíduo de se comunicar normalmente ou mesmo ouvir sons ambientes simples, como barulho de trânsito, sirenes e outros sons que constituem alertas na vida diária (Neto, et al. 2011). Quando não há possibilidade de tratamento médico para a perda auditiva, são necessárias outras abordagens que possam permitir a melhora na qualidade de vida. Dentre os recursos mais usados estão os aparelhos de amplificação sonora individual (AASI) ou próteses auditivas. Nos casos de perda auditiva bilateral de grau severo à profundo em que o paciente não obteve ganho funcional com a prótese auditiva (AASI), este deve ser submetido a avaliação para possível implante coclear. O Implante Coclear (IC) é um dispositivo eletrônico composto de uma unidade implantável cirurgicamente na orelha do paciente e uma unidade externa utilizada como prótese auditiva convencional. Ele funciona substituindo a função do órgão de Corti, estimulando eletricamente as células ganglionares e terminações nervosas do nervo auditivo. A presente proposta tem por objetivo identificar os estímulos mais adequados ao paciente com implante coclear e que possua mais chances de discriminar baseado em um simulador de implante coclear desenvolvido especificamente para este fim, para ser utilizado em sessões de reabilitação auditiva desenvolvidas no software Auditivo. O conjunto de estímulos utilizados para realização dos primeiros testes serão figuras com seus respectivos sons. Tais estímulos serão processados por um simulador de implante coclear que usará um banco de filtros para separar as frequências utilizadas no implante coclear tendo como base o mapa de programação de cada indivíduo. Com isto será possível verificar o sinal que realmente está sendo entregue para cada implantado e verificar se a estrutura (frequências, amplitudes, espectro, etc.) está sendo suficiente para ativar os eletrodos responsáveis pela discriminação auditiva do respectivo estímulo. Outros tipos de filtros também serão testados para que se possa realizar uma verificação de qual é mais próximo dos filtros utilizados pelo implante coclear. Neste caso os estímulos serão apresentados em uma tela para que o mesmo possa ser selecionado através de um toque na tela sensível do computador. Várias destas tarefas serão apresentadas para a pessoa que será reabilitada e relatórios serão gerados para identificar a evolução de cada um destes pacientes. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Coordenador / Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: A surdez pode ser definida como a perda ou diminuição considerável do sentido da audição, é uma deficiência que afeta a personalidade, o relacionamento e todo estilo de vida do indivíduo, apresentando etiologias do tipo congênitas ou adquiridas, podendo ocasionar perda sensorial de severa a profunda, o que pode incapacitar o indivíduo de se comunicar normalmente ou mesmo ouvir sons ambientes simples, como barulho de trânsito, sirenes e outros sons que constituem alertas na vida diária (Neto, et al. 2011). Quando não há possibilidade de tratamento médico para a perda auditiva, são necessárias outras abordagens que possam permitir a melhora na qualidade de vida. Dentre os recursos mais usados estão os aparelhos de amplificação sonora individual (AASI) ou próteses auditivas. Nos casos de perda auditiva bilateral de grau severo à profundo em que o paciente não obteve ganho funcional com a prótese auditiva (AASI), este deve ser submetido a avaliação para possível implante coclear. O Implante Coclear (IC) é um dispositivo eletrônico composto de uma unidade implantável cirurgicamente na orelha do paciente e uma unidade externa utilizada como prótese auditiva convencional. Ele funciona substituindo a função do órgão de Corti, estimulando eletricamente as células ganglionares e terminações nervosas do nervo auditivo. A presente proposta tem por objetivo identificar os estímulos mais adequados ao paciente com implante coclear e que possua mais chances de discriminar baseado em um simulador de implante coclear desenvolvido especificamente para este fim, para ser utilizado em sessões de reabilitação auditiva desenvolvidas no software Auditivo. O conjunto de estímulos utilizados para realização dos primeiros testes serão figuras com seus respectivos sons. Tais estímulos serão processados por um simulador de implante coclear que usará um banco de filtros para separar as frequências utilizadas no implante coclear tendo como base o mapa de programação de cada indivíduo. Com isto será possível verificar o sinal que realmente está sendo entregue para cada implantado e verificar se a estrutura (frequências, amplitudes, espectro, etc.) está sendo suficiente para ativar os eletrodos responsáveis pela discriminação auditiva do respectivo estímulo. Outros tipos de filtros também serão testados para que se possa realizar uma verificação de qual é mais próximo dos filtros utilizados pelo implante coclear. Neste caso os estímulos serão apresentados em uma tela para que o mesmo possa ser selecionado através de um toque na tela sensível do computador. Várias destas tarefas serão apresentadas para a pessoa que será reabilitada e relatórios serão gerados para identificar a evolução de cada um destes pacientes.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . Integrantes: Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / Ana Paula Sirotheau Corrêa Rodrigues - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / José Claudio de Barros Cordeiro - Coordenador / Manoel da Silva Filho - Integrante. Financiador(es): Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 1
Membro: Dionne Cavalcante Monteiro.
12.   2014-Atual. Rede de Cooperação Universitária para o ensino, pesquisa, desenvolvimento e inovação em Tecnologia Assistiva
Descrição: A área de pesquisa em Tecnologia Assistiva (TA) tem crescido consideravelmente no Brasil e isso requer esforços técnico-científicos para promover o seu avanço e consolidação no país. A TA envolve várias áreas de aplicação e de conhecimento, o que exige profissionais capacitados tanto nas áreas técnicas, por meio do desenvolvimento de soluções, como nas áreas da saúde, educação, entre outras, que lidam diretamente com pessoas que necessitam destes auxílios. Os desafios na área de TA estão na busca de soluções, estudos e ações que visem promover a funcionalidade, relacionada à atividade e participação, de pessoas com deficiência, com objetivos que visam a autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social desses grupos populacionais. Dessa forma, o projeto intitulado ?Rede de cooperação universitária para o ensino, pesquisa, desenvolvimento e inovação em Tecnologia Assistiva? tem por objetivo abordar áreas temáticas prioritárias de maneira interdisciplinar e em rede: liderado pelo Centro Interdisciplinar de Tecnologias Interativas da USP (vinculada à Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP)), em parceria a Universidade Federal do Pará (UFPA), a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) envolvendo seus respectivos programas de pesquisa e de pós-graduação de diferentes disciplinas, com afinidade direta e geração de conhecimentos sobre TA. O objetivo central desse projeto é o de formar uma rede de integração e cooperação que almeje o avanço das pesquisas na área de TA no país e o fomento de programas de Pós-graduação nesta área. O projeto é formado por linhas de pesquisas e profissionais interdisciplinares de diferentes instituições e áreas do conhecimento, que se correlacionam com o propósito de avançar em pesquisa e inovação relacionadas à TA no Brasil.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (4) . Integrantes: Dionne Cavalcante Monteiro - Coordenador / Ádamo Lima de Santana - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / Roseli de Deus Lopes - Integrante / Shirley Takeco Gobara - Integrante / Daniel Marinho Cezar da Cruz - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Membro: Dionne Cavalcante Monteiro.
13.   2014-Atual. Visão e disfunção visual ? Fatores ópticos e neurais que limitam a visão de contrastes.
Descrição: Introdução. O contraste é a dimensão fundamental medida pelo sistema visual. É através da percepção de contrastes que localizamos os objetos. A sensibilidade ao contraste de luminância é o inverso do menor contraste de intensidade luminosa entre duas áreas vizinhas (contraste espacial) ou momentos sucessivos (contraste temporal) que é visto pelo sujeito. Um conceito semelhante é usado para contraste de cor. A medida da sensibilidade ao contraste consiste em mostrar ao indivíduo estímulos, os quais são alterados paulatinamente até alcançar-se o mínimo contraste perceptível, o chamado contraste limiar. Até por volta de meados do século vinte, o estudo da sensibilidade ao contraste restringia-se a investigações que utilizavam técnicas ópticas, psicofísicas e comportamentais. Posteriormente estendeu-se para métodos eletrofisiológicos invasivos e não invasivos. Os procedimentos não invasivos são indicados para seres humanos, mas tanto procedimentos invasivos quanto não invasivos têm sido empregados nos outros animais. Dentre os procedimentos eletrofisiológicos não invasivos, os registros do eletrorretinograma (ERG) e do potencial cortical provocado visual (VECP), cada um deles com diversos protocolos de estimulação, registro e análise estatística dos resultados, têm sido usados em larga escala para a investigação do funcionamento do sistema visual humano em situações normais e alteradas. Objetivo. No presente projeto pretendemos desenvolver e testar novos métodos psicofísicos e eletrofisiológicos não invasivos de investigação da visão humana, desenhados para estudar a visão de contrastes, o processamento paralelo de informação visual e as disfunções visuais. Materiais e métodos. Serão usados métodos psicofísicos de discriminação de estímulos; ERG de campo total, de padrões e multifocal; VECP de padrões e multifocal. Os estímulos serão gerados nas plataformas Visage e Veris em várias configurações espaçotemporais acromáticas (branco-pretas) e cromáticas (verde-vermelhas e azul-amarelas), cobrindo a faixa de contrastes visíveis. Resultados esperados. Determinação dos componentes da resposta eletrofisiológica que correspondem primariamente à ativação das vias visuais de processamento paralelo. Quantificação das interações entre as vias de processamento paralelo nos níveis corticais de processamento neural. Identificação das vias comprometidas em disfunções visuais como a intoxicação mercurial.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (6) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Maria Izabel Tentes Côrtes - Integrante / Fernando Allan de Farias Rocha - Integrante / Cláudio Eduardo Corrêa Teixeira - Integrante / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Antônio José de Oliveira Castro - Integrante / Eliza Maria da Costa Brito Lacerda - Integrante / Alexandre Antônio Marques Rosa - Integrante / Anderson Raiol Rodrigues - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
14.   2014-Atual. Visão e disfunção visual. Fatores ópticos e neurais que limitam a visão de contrastes.
Descrição: O contraste é a dimensão fundamental medida pelo sistema visual. É através da percepção de contrastes que localizamos os objetos. A sensibilidade ao contraste de luminância é o inverso do menor contraste de intensidade luminosa entre duas áreas vizinhas (contraste espacial) ou momentos sucessivos (contraste temporal) que é visto pelo sujeito. Um conceito semelhante é usado para contraste de cor. A medida da sensibilidade ao contraste consiste em mostrar ao indivíduo estímulos, os quais são alterados paulatinamente até alcançar-se o mínimo contraste perceptível, o chamado contraste limiar. Até por volta de meados do século vinte, o estudo da sensibilidade ao contraste restringia-se a investigações que utilizavam técnicas ópticas, psicofísicas e comportamentais. Posteriormente estendeu-se para métodos eletrofisiológicos invasivos e não invasivos. Os procedimentos não invasivos são indicados para seres humanos, mas tanto procedimentos invasivos quanto não invasivos têm sido empregados nos outros animais. Dentre os procedimentos eletrofisiológicos não invasivos, os registros do eletrorretinograma (ERG) e do potencial cortical provocado visual (VECP), cada um deles com diversos protocolos de estimulação, registro e análise estatística dos resultados, têm sido usados em larga escala para a investigação do funcionamento do sistema visual humano em situações normais e alteradas. Objetivo. No presente projeto pretendemos desenvolver e testar novos métodos psicofísicos e eletrofisiológicos não invasivos de investigação da visão humana, desenhados para estudar a visão de contrastes, o processamento paralelo de informação visual e as disfunções visuais. Materiais e métodos. Serão usados métodos psicofísicos de discriminação de estímulos; ERG de campo total, de padrões e multifocal; VECP de padrões e multifocal. Os estímulos serão gerados nas plataformas Visage e Veris em várias configurações espaçotemporais acromáticas (branco-pretas) e cromáticas (verde-vermelhas e azul-amarelas), cobrindo a faixa de contrastes visíveis. Resultados esperados. Determinação dos componentes da resposta eletrofisiológica que correspondem primariamente à ativação das vias visuais de processamento paralelo. Quantificação das interações entre as vias de processamento paralelo nos níveis corticais de processamento neural. Identificação das vias comprometidas em disfunções visuais com a intoxicação mercurial.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Valdir Filgueiras Pessoa - Integrante / Eliza Maria da Costa Brito Lacerda - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante.
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.

2013

1.   2013-2015. ?Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço?: O uso por crianças do comportamento e testemunho de informantes em seus julgamentos de confiança
Descrição: Crianças aprendem sobre o mundo e sobre como ele funciona não apenas através da experiência direta, mas também através do testemunho de outras pessoas. Contrariando uma crença predominante em muitas culturas de que as crianças acreditam em tudo o que ouvem, pesquisas recentes sobre confiança seletiva têm demonstrado que elas não são consumidoras ingênuas de informação. Por exemplo, já há evidências de que crianças de 3 e 4 anos preferem aprender algo novo de uma pessoa que consistentemente fornece informações corretas e não de uma pessoa que, com frequência, oferece informações incorretas. Além disso, elas preferem aprender algo de alguém que é um especialista no assunto a ser aprendido, alguém que se mostra confiante no seu testemunho, ou ainda alguém que se mostra inteligente, honesto e bom. Um aspecto do desenvolvimento da confiança seletiva que permanece inexplorado, no entanto, é a sua relação com a observação das crianças sobre a coerência entre o testemunho de seus informantes e o comportamento dos mesmos. Será que as crianças levam em consideração evidências de correspondências ou contradições entre o que os seus informantes dizem (e.g., ?Você não deve mentir nunca!?) e o que eles fazem para tomar decisões sobre se devem ou não confiar nesses informantes? Este projeto pretende encontrar respostas para essa pergunta em um estudo transcultural. A primeira parte do projeto foi realizada na forma de estágio pós-doutoral no Institute of Child Development, University of Minnesota e envolveu a coleta de dados com crianças americanas de 4 e 7 anos. A previsão é que a pesquisadora possa dar continuidade ao projeto no ano de 2014, coletando dados com crianças brasileiras.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) . Integrantes: Debora de Hollanda Souza - Coordenador / Melissa Ann Koenig - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa. Número de produções C, T A: 2
Membro: Debora de Hollanda Souza.
2.   2013-Atual. Atenção conjunta e repertórios verbais em crianças com autismo
Descrição: A atenção conjunta (AC) tem sido caracterizada como a capacidade de seguir a direção do olhar de outra pessoa para um objeto ou evento, e é apontada como um pré-requisito na aquisição da linguagem. Pessoas com autismo geralmente apresentam déficit dessa capacidade, o que é apontado como uma das causas de suas dificuldades linguísticas. Tem sido proposto que a AC é composta por respostas de atenção conjunta (RAC - comportamento da criança em seguir a direção para onde aponta ou olha outra pessoa) e Iniciação de atenção conjunta (IAC - comportamentos de contato visual, apontar ou demonstração que a criança produz de forma intercalada de uma pessoa para um objeto ou evento, ou vice-versa). Poucos estudos procuraram ensinar ambos os repertórios, apresentando resultados díspares. Além disso, não se localizou estudos que tenham procurado avaliar em crianças com autismo o efeito da aquisição desses repertórios na aprendizagem inicial de respostas de falante e ouvinte. Isto é problemático considerando a conexão que tem sido sugerida entre déficit em AC e as dificuldades linguísticas em pessoas com autismo. Recentemente se revisaram as recomendações de sequenciamento do ensino de linguagem receptiva e expressiva de programas de intervenção comportamental precoce e intensivo para pessoas com autismo. De forma geral se recomenda o ensino de habilidades receptivas antes de serem exigidas habilidades expressivas. No entanto, essa recomendação não é sustentada empiricamente, e alguns estudos sugerem que o treino de habilidades expressivas pode gerar habilidades receptivas. Este estudo avaliará 1) a possibilidade de ensinar RAC e IAC para crianças com autismo; e para aquelas que aprendam esses repertórios 2) comparará o desempenho de vocabulário expressivo e receptivo das crianças em um treino simultâneo desses repertórios com o desempenho em um treino exclusivo de vocabulário produtivo seguido de teste de vocabulário receptivo.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . Integrantes: Carlos Barbosa Alves de Souza - Coordenador / Romariz da Silva Barrros - Integrante / Grauben G J Assis - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Carlos Barbosa Alves de Souza.
3.   2013-Atual. CORRELATOS ELETROFISIOLÓGICOS DE PROCESSOS SIMBÓLICOS EM INDIVÍDUOS COM DESENVOLVIMENTO TÍPICO E CRIANÇAS COM DISTÚRBIOS DA COMUNICAÇÃO
Descrição: Este projeto pretende investigar correlatos eletrofisiológicos de processos simbólicos, seus componentes e precursores. Os participantes serão indivíduos com ou sem distúrbios da comunicação, de etiologia variável, de ambos os gêneros e com idades variáveis (a partir da idade pré-escolar). O trabalho envolverá técnicas de análise eletrofisiológica da cognição, enfatizando a extração de potenciais cerebrais relacionados a eventos (ERPs). Paradigmas experimentais que simulam o estabelecimento de relações simbólicas serão utilizados em combinação com técnicas de extração de ERPs. Propõe-se uma operação integrada de ferramentas conceituais e metodológicas comuns a pesquisadores da fonoaudiologia, da psicologia e da neurociência cognitiva, neste primeiro momento, para o domínio da tecnologia de extração de potenciais evocados neste laboratório. Posteriormente, espera-se que essa interdisciplinaridade possa servir não apenas para uma análise mais ampla da comunicação e cognição humana, mas que também beneficie a pesquisa de fonoaudiólogos, psicólogos e neurocientistas, com populações com distúrbios da comunicação variados. Acredita-se que um diálogo entre essas correntes possa gerar contribuições relevantes para a compreensão do comportamento humano complexo e também para a produção de conhecimento que possa ser aproveitado no desenvolvimento de tecnologias úteis para indivíduos portadores de distúrbios da comunicação, bem como para a avaliação da eficácia de procedimentos terapêuticos remediativos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) . Integrantes: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Coordenador / Raquel Melo Golfeto - Integrante / Renato Bortoloti - Integrante / Fernando del Mando Lucchesi - Integrante / Célia Maria Giacheti - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu.
4.   2013-2015. Desenvolvimento de testes não verbais de baixo custo para avaliação de discriminação de cores e de acuidade visual.
Descrição: As condições ideais de avaliação de funções perceptuais, considerando a qualidade da geração de estímulos e precisão do controle de variáveis, envolvem a utilização de equipamentos e software de alto desempenho e custo relativamente alto. A disponibilidade de alternativas de baixo custo poderia favorecer a adoção de medidas perceptuais numa variedade de contextos práticos de diagnóstico e investigação para os quais custo do aparato pode ser impeditivo, como em escolas, postos de saúde, pesquisas de campo, investigações com animais não humanos etc. O presente plano de trabalho propõe a validação de protocolo de treino e teste baseado em hardware de baixo custo como uma alternativa para a verificação confiável de funções perceptuais em populações para as quais sejam necessários ou aconselháveis procedimentos que não dependam de instruções. Para a avaliação de confiabilidade de suas medidas, o teste será utilizado para a avaliação da discriminação de cores de um grupo de dez macacos-prego (Sapajus spp.) que já tiveram sua visão de cores caracterizada genética e comportamentalmente. Caso seja confirmada a sua validade em primatas não humanos, investigaremos a possibilidade de adotar o mesmo arranjo de teste para a avaliação de outras funções perceptuais, a começar pela acuidade visual de resolução de grades. Uma vez que os protocolos de treino e teste aqui propostos tenham sido validados com o modelo animal, poderão configurar numa alternativa de baixo custo para a avaliação de funções perceptuais de seres humanos numa variedade de contextos, especialmente com populações para as quais sejam aconselháveis procedimentos que independam de instruções, como bebês e crianças, indivíduos com necessidades educativas especiais etc.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) . Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Coordenador / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Tamyres Roberta Colares Leal - Integrante / Myenne Mieko Ayres Tsutsumi - Integrante / Airton Ícaro Cantuária Gonzaga - Integrante / Larissa Rodrigues Rosa - Integrante / Lucas Raphael Lacerda Cunha - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: As condições ideais de avaliação de funções perceptuais, considerando a qualidade da geração de estímulos e precisão do controle de variáveis, envolvem a utilização de equipamentos e software de alto desempenho e custo relativamente alto. A disponibilidade de alternativas de baixo custo poderia favorecer a adoção de medidas perceptuais numa variedade de contextos práticos de diagnóstico e investigação para os quais custo do aparato pode ser impeditivo, como em escolas, postos de saúde, pesquisas de campo, investigações com animais não humanos etc. O presente plano de trabalho propõe a validação de protocolo de treino e teste baseado em hardware de baixo custo como uma alternativa para a verificação confiável de funções perceptuais em populações para as quais sejam necessários ou aconselháveis procedimentos que não dependam de instruções. Para a avaliação de confiabilidade de suas medidas, o teste será utilizado para a avaliação da discriminação de cores de um grupo de dez macacos-prego (Sapajus spp.) que já tiveram sua visão de cores caracterizada genética e comportamentalmente. Caso seja confirmada a sua validade em primatas não humanos, investigaremos a possibilidade de adotar o mesmo arranjo de teste para a avaliação de outras funções perceptuais, a começar pela acuidade visual de resolução de grades. Uma vez que os protocolos de treino e teste aqui propostos tenham sido validados com o modelo animal, poderão configurar numa alternativa de baixo custo para a avaliação de funções perceptuais de seres humanos numa variedade de contextos, especialmente com populações para as quais sejam aconselháveis procedimentos que independam de instruções, como bebês e crianças, indivíduos com necessidades educativas especiais etc.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Coordenador / Givago da Silva Souza - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Leda de Faria Brino.
Descrição: As condições ideais de avaliação de funções perceptuais, considerando a qualidade da geração de estímulos e precisão do controle de variáveis, envolvem a utilização de equipamentos e software de alto desempenho e custo relativamente alto. A disponibilidade de alternativas de baixo custo poderia favorecer a adoção de medidas perceptuais numa variedade de contextos práticos de diagnóstico e investigação para os quais custo do aparato pode ser impeditivo, como em escolas, postos de saúde, pesquisas de campo, investigações com animais não humanos etc. O presente plano de trabalho propõe a validação de protocolo de treino e teste baseado em hardware de baixo custo como uma alternativa para a verificação confiável de funções perceptuais em populações para as quais sejam necessários ou aconselháveis procedimentos que não dependam de instruções. Para a avaliação de confiabilidade de suas medidas, o teste será utilizado para a avaliação da discriminação de cores de um grupo de dez macacos-prego (Sapajus spp.) que já tiveram sua visão de cores caracterizada genética e comportamentalmente. Caso seja confirmada a sua validade em primatas não humanos, investigaremos a possibilidade de adotar o mesmo arranjo de teste para a avaliação de outras funções perceptuais, a começar pela acuidade visual de resolução de grades. Uma vez que os protocolos de treino e teste aqui propostos tenham sido validados com o modelo animal, poderão configurar numa alternativa de baixo custo para a avaliação de funções perceptuais de seres humanos numa variedade de contextos, especialmente com populações para as quais sejam aconselháveis procedimentos que independam de instruções, como bebês e crianças, indivíduos com necessidades educativas especiais etc.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Coordenador / Romariz da Silva Barros - Integrante.
Membro: Olavo de Faria Galvão.
5.   2013-Atual. Diagnóstico do repertório de leitura e intervenção com novas tecnologias de ensino para alunos de escolas com baixos níveis na Prova Brasil
Descrição: Esforços tem sido empreendidos visando a avaliação das habilidades de leitura, o planejamento e a implementação de políticas públicas para a melhoria de todo o sistema educacional. Apesar dos avanços alcançados, um grande contingente de alunos permanece abaixo do que convencionou-se como esperado em termos de desempenho para uma dada escolaridade. Uma descrição detalhada do repertório de alunos que não alcançam os níveis esperados para sua escolaridade pode permitir identificar os requisitos que apresentam e os que deixam de apresentar e subsidiar a aplicação de intervenções específicas, diretamente voltadas para as dificuldades dos aprendizes. A presente proposta tem o objetivo de caracterizar o desempenho de alunos do 3o. ao 5o. ano de seis escolas de ensino fundamental de Educação Integral de três cidades de diferentes regiões do Brasil (São Carlos, Brasília e Belém do Pará). Serão escolhidas as duas escolas de cada cidade que apresentaram, no ano de 2011, os mais baixos desempenhos na Prova Brasil. A partir desse mapeamento das habilidades, pretende-se utilizar e avaliar o impacto de um currículo suplementar de ensino de leitura para os alunos com baixo desempenho. Serão conduzidos dois estudos. O primeiro visa levantar e descrever as habilidades dos aprendizes do ensino fundamental das escolas-alvo por meio de instrumentos que permitem uma análise detalhada de habilidades mais básicas que as avaliadas pela Prova Brasil. O segundo estudo terá por objetivo realizar uma intervenção sistemática com um currículo suplementar desenvolvido e avaliado como eficiente no ensino de aprendizes com histórico de fracasso escolar e dificuldades em ler de forma competente e fluente.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Doutorado: (3) . Integrantes: Elenice Seixas Hanna - Integrante / Solange Calcagno - Integrante / Camila Domeniconi - Coordenador / Marcileyde Tizzo - Integrante.
Membro: Elenice Seixas Hanna.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . Integrantes: Camila Domeniconi - Coordenador / Deisy das Graças de Souza - Integrante / Júlio C de Rose - Integrante / Priscila Benitez - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / Grauben Assis - Integrante / Solange Calcagno - Integrante / Olivia Kato - Integrante / Carolina Coury Silveira - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Membro: Camila Domeniconi.
6.   2013-2015. Ensino de relações auditivo-visuais a partir dos procedimentos de exclusão e modelagem do controle de estímulos
Descrição: Este projeto objetiva investigar processos envolvidos no desenvolvimento da linguagem oral a partir da aprendizagem de relações condicionais auditivo-visuais, ou seja, relações estabelecidas entre som da palavra (auditivo) e figuras (visuais). Esse é o processo básico para a aquisição da linguagem. Para isso, dois procedimentos de ensino serão testados e comparados. São eles: procedimento de exclusão e procedimento de modelagem do controle de estímulos associado à exclusão. Devido à privação de som anterior ao uso do Implante Coclear, indivíduos em (re)habilitação auditiva apresentam dificuldades em desenvolver essas relações, ou seja, a linguagem. Por isso, estudar os procedimentos que sejam mais efetivos e com menor custo auxiliam não só aos usuários desse tipo de serviço, mas também ao conhecimento em geral sobre o desenvolvimento da linguagem. Seis crianças de idade variando entre seis e nove anos, usuárias do dispositivo Implante Coclear e em nível de desenvolvimento da linguagem semelhantes serão submetidas ao procedimento de ensino. Crianças nessas condições estão desenvolvendo as habilidades auditivas e por isso nos permitem investigar a aquisição da linguagem no momento em que esta ocorre. O repertório verbal será caracterizado a partir da aplicação do Peabody Picture Vocabulary Test ? Revised, que consiste em apresentar figuras em um caderno e pedir que a criança aponte para a palavra que será pronunciada pelo avaliador correspondente à uma das quatro figuras do caderno. Isso permite verificar a compreensão auditiva da criança, ou seja, se ela já faz algumas relações auditivo-visuais. Serão apresentadas para as crianças tarefas em um computador que consiste em apresentar um estímulo modelo auditivo para que a criança realize a escolha de alguma das figuras de comparação apresentadas na tela. Duas configurações (exclusão e modelagem do controle de estímulos) serão apresentadas, sendo que metade do grupo realizará uma ordem e a outra metade, a ordem inversa. O procedimento como um todo possui o objetivo de ensinar seis relações auditivo-visuais (pseudo palavras e figuras arbitrárias) representadas por letras do alfabeto e números - A1B1, A2B2, A3B3, C1D1, C2D2, C3D3 ? em que A e C são estímulos auditivos; B e D são visuais; e cada número indica a relação a ser estabelecida. No procedimento de exclusão, ensina-se a relação A1B1, em que na apresentação do estímulo auditivo A1, a criança deverá escolher o estímulo comparação B1 em detrimento dos estímulos B2 ou B3, por exemplo. Depois -de estabelecido, apresenta-se um estímulo auditivo novo A2 e os estímulos B1 e B2 de comparação. A criança deverá excluir o estímulo conhecido A1 e escolher o novo. Se, ao final do procedimento, diante do estímulo modelo novo A2 ou A3 e com estímulos de comparação também novos B2 e B3, a criança fizer a escolha correta, ela terá aprendido as relações A2B2 e A3B3 a partir do procedimento de exclusão. Já no procedimento de modelagem do controle de estímulos, a princípio, o estímulo modelo terá um componente auditivo, mas também visual. A configuração será semelhante ao procedimento de exclusão, exceto que nesse caso, a criança poderá fazer a escolha a partir da audição ou pela identidade, já que o componente visual será fisicamente idêntico ao estímulo visual de comparação. Gradualmente, o componente visual será apagado, até restar somente o componente auditivo. Os desempenhos dos participante serão comparados a partir da ocorrência de erros. O objetivo é verificar se o procedimento de modelagem do controle de estímulos, devido ao seu caráter transicional (da escolha por identidade à escolha pelo estímulo auditivo) oferece vantagens no aprendizado de relações auditivo-visuais.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Edson Massayuki Huziwara - Coordenador / Izabela Oliveira Bandeira de Melo - Integrante / Eduardo Cunha Vilela - Integrante / Kamila Regina Machado - Integrante / Matheus de Araújo Torres - Integrante.
Membro: Edson Massayuki Huziwara.
7.   2013-Atual. Equivalência de estímulos e recuperação de repertório verbal em idosos com afasia, déficits cognitivos e indicativos de demência
Descrição: Os idosos representam um grupo crescente, demandando, cada vez mais, o planejamento de estratégias de atendimento e cuidado às suas necessidades. Alterações de saúde durante o envelhecimento podem causar declínios de diversos sistemas orgânicos. Entre os mais graves e incapacitantes em longo prazo estão os acidentes vasculares cerebrais e as demências, que podem causar alterações graves de linguagem, como as afasias. Analistas do comportamento têm desenvolvido, ao longo das últimas décadas, procedimentos bem sucedidos de ensino de repertórios verbais para populações clínicas de diferentes idades e níveis de desenvolvimento. Tais procedimentos empregam estratégias de ensino de discriminações condicionais para formação de classes de equivalência entre estímulos verbais e visuais. O presente projeto prevê um conjunto de quatro estudos, a serem conduzidos com idosos com diagnóstico de Afasia de Broca, Afasia Transcortical Sensitiva, perdas cognitivas e indicativos de Demência de Alzheimer. O objetivo geral do projeto é testar estratégias de ensino/recuperação de classes de estímulos envolvendo estímulos auditivos e visuais, com pessoas com perda cognitiva, indicativos de Demência de Alzheimer e pessoas com diagnóstico de Afasia (Broca e Transcortical Sensitiva). De modo geral, pretende-se ensinar para esses diferentes grupos discriminações condicionais envolvendo substantivos e verbos ditados, e seus referentes (palavras escritas, figuras, fotos, vídeos e objetos tridimensionais). Em seguida, será testada a formação de classes de equivalência entre esses estímulos e a manutenção dessas classes ao longo do tempo.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . Integrantes: Andréia Schmidt - Coordenador / Mariana Ducatti de Almeida - Integrante / Sabrina Roberta de Oliveira - Integrante / Flávia Figel - Integrante / Marina Ribeiro Camara - Integrante / Maria Claudia Ristum - Integrante. Número de orientações: 5
Membro: Andréia Schmidt.
8.   2013-Atual. Estudo eletrofisiológico de processos simbólicos em indivíduos com ou sem distúrbios da comunicação.
Descrição: Este projeto pretende investigar correlatos eletrofisiológicos de processos simbólicos, seus componentes e precursores. Os participantes serão indivíduos com ou sem distúrbios da comunicação, de etiologia variável, de ambos os gêneros e com idades variáveis (a partir da idade pré-escolar). O trabalho envolverá técnicas de análise eletrofisiológica da cognição, enfatizando a extração de potenciais cerebrais relacionados a eventos (ERPs). Paradigmas experimentais que simulam o estabelecimento de relações simbólicas serão utilizados em combinação com técnicas de extração de ERPs. Propõe-se uma operação integrada de ferramentas conceituais e metodológicas comuns a pesquisadores da fonoaudiologia, da psicologia e da neurociência cognitiva. Espera-se que essa interdisciplinaridade possa servir não apenas para uma análise mais ampla da comunicação e cognição humana, mas que também beneficie a pesquisa de fonoaudiólogos, psicólogos e neurocientistas. Acredita-se que um diálogo entre essas correntes possa gerar contribuições relevantes para a compreensão do comportamento humano complexo e também para a produção de conhecimento que possa ser aproveitado no desenvolvimento de tecnologias úteis para indivíduos portadores de distúrbios da comunicação, bem como para a avaliação da eficácia de procedimentos terapêuticos remediativos. Verba FAPESP e CNPq. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Cristiana Ferrari - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Integrante / Tâmara de Andrade Lindau - Integrante / Natalia Freitas Rossi - Integrante / Ana Claudia Almeida Verdu - Integrante / RENATO BORTOLOTI - Integrante / FERNANDO Del MANDO LUCCHESI - Integrante.
Membro: Célia Maria Giacheti.
9.   2013-Atual. INSTITUTO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA SOBRE COMPORTAMENTO, COGNIÇÃO E ENSINO
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e UMMS (EUA) e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público geral. O programa de pesquisa terá três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e Aplicada... Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Debora de Hollanda Souza - Integrante / Maria Stella Coutinho de Alcântara Gil - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Júlio César de Rose - Integrante / Renato Bortoloti - Integrante / EDSON MASSAYUKI HUZIWARA - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / William Dube - Integrante / Maria Cecília Bevilacqua - Integrante / Camila Domeniconi - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Raquel Maria de Melo - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante / Maria Martha Hubner - Integrante / Jorge Mendes de Oliveira Castro Neto - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Romariz da SIlva Barros - Integrante / Heloísa Motta Bandini - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / Manoel Ribeiro Filho - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante / Celia Giacheto - Integrante / Thais Porlan Oliveira - Integrante / Richard Serna - Integrante / Leo H. Buchanan - Integrante / Miriam Mijares - Integrante / Luis Carlos Silveira - Integrante / William J. Mcilvane - Integrante.
Membro: Debora de Hollanda Souza.
10.   2013-Atual. Investigando variáveis relevantes para o desenvolvimento de repertório recombinativo
Descrição: Investigações em contextos diferentes, como o da leitura musical e de esportes, podem auxiliar na identificação de variáveis importantes para a determinação e generalidade do fenômeno de recombinação de repertórios. Os estudos propostos no presente projeto foram motivados por questões empíricas e conceituais geradas pelos primeiros estudos realizados no Laboratório de Aprendizagem Humana da Universidade de Brasília sobre leitura musical e literatura relacionada tanto ao ensino de leitura musical quanto textual. Três questões relativas a formação de classes de estímulos musicais e leitura musical recombinativa foram priorizadas nas próximas investigações. Serão avaliados os efeitos das seguintes variáveis sobre a formação de classes e a leitura recombinativa: (1) o arranjo de treino das relações básicas com procedimento de pareamento ao modelo; (2) a combinação de unidades auditivas de tamanhos diferentes utilizadas nos treinos; e (3) o repertório simbólico inicial dos participantes. Mais recentemente temos investigado como o ensino de habilidades básicas de artes marciais pode favorecer o desempenho em situação de luta que requer a recombinação de repertório.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . Integrantes: Elenice Seixas Hanna - Coordenador / Renata Cambraia - Integrante / Nagi Hanna Salm Costa - Integrante. Número de orientações: 5
Membro: Elenice Seixas Hanna.
11.   2013-Atual. Linguagem e Comportamento nos Transtornos Neurodesenvolvimentais e Correlatos Neuroestruturais.
Descrição: O projeto tem por finalidade contribuir para a produção do conhecimento na temática da Fonoaudiologia, investigando o fenótipo comportamental e de linguagem nos transtornos neurodesenvolvimentais de etiologia genética. Nestes últimos anos, temos investigado síndromes genéticas que cursam com diferentes anomalias estruturais do sistema nervoso central, sendo a displasia fronto-nasal, nosso foco recentemente investigado. Entretanto, temos constatado que outros transtornos neurodesenvolvimentais de etiologia genética conhecida que temos investigado (e.g. síndrome de Williams, síndrome del22q11.2 e síndrome do cromossomo X frágil) mas que ainda apresentam resultados incipientes quanto as correlações entre o comportamento e a linguagem nas diferentes anomalias estruturais do SNC. Portanto, o objetivo do presente estudo é: (1) adaptar e validar procedimentos de avaliação da linguagem; (2) caracterizar a linguagem e o comportamento de indivíduos com transtornos neurodesenvolvimentais, de etiologia genética, com ou sem anomalias estruturais do sistema nervoso central e (3) investigar possíveis correlações entre os eventuais comprometimentos da linguagem e do comportamento com os achados morfológicos e neurofisiológicos do SNC. Recursos Financeiros: Processo Pq-CNPq 2013-2016. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (6) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Giulia Ganthous - Integrante / Tâmara de Andrade Lindau - Integrante / Natalia Freitas Rossi - Integrante / Claudia C.R.G Bentim - Integrante / Tamires Soares - Integrante / Patrícia Andréia Caldas - Integrante / Gabriela Mello Costa - Integrante / Lilian Maria Candido de Souza Dornelas - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T A: 8 / Número de orientações: 7
Membro: Célia Maria Giacheti.
12.   2013-Atual. Linguagem, cognição social e competência social
Descrição: Esse projeto tem dois objetivos principais: a) investigar diferentes aspectos da cognição social em crianças de idade pré-escolar e escolar; e b) explorar processos específicos associados ao desenvolvimento da mesma (e.g., linguagem, funções executivas, brincadeira simbólica). Embora a pesquisa nacional sobre desenvolvimento sociocognitivo e da linguagem tenha avançado muito nos últimos anos, os estudos brasileiros têm se centrado exclusivamente na temática da teoria da mente. Outros aspectos da cognição social ainda são pouco explorados no país (e.g., confiança seletiva, compreensão do humor, compreensão de ironia). Uma compreensão melhor desses processos pode se mostrar muito útil para o planejamento de intervenções futuras voltadas para populações que apresentam atrasos ou comprometimentos na área da cognição social.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) . Integrantes: Debora de Hollanda Souza - Coordenador / Natália Benincasa Velludo - Integrante / Melissa Ann Koenig - Integrante / Livia Andrade Benatti - Integrante / Rodrigo Dal Ben de Souza - Integrante / Daiane Araujo Arruda - Integrante / Stephanie Cristine Nogueira - Integrante / Ligia Maria Pereira Scavassa - Integrante / Luiza Ferreira de Carvalho Coutinho Gordo - Integrante / Livia Scienza - Integrante / Ricardo Mazioli Jacomeli - Integrante. Número de produções C, T A: 17 / Número de orientações: 10
Membro: Debora de Hollanda Souza.
13.   2013-Atual. O papel do ensino de comportamentos pré-requisito e do treino de múltiplos exemplares sobre o repertório de leitura em um programa computadorizado de ensino
Descrição: Investigar a influência de dois fatores sobre a aprendizagem inicial da habilidade de leitura em crianças submetidas a um programa computadorizado de ensino: 1) Um possível déficit de comportamentos pré-requisito; e 2) Uma possível diferença entre o processo de aprendizagem envolvido nas aprendizagens iniciais, em comparação com aprendizagens posteriores.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Julio Cesar Coelho de Rose - Integrante / Edson M. Huziwara - Integrante / Viviane Verdu Rico - Coordenador.
Membro: Thais Porlan de Oliveira.
Descrição: Investigar a influência de dois fatores sobre a aprendizagem inicial da habilidade de leitura em crianças submetidas a um programa computadorizado de ensino: 1) Um possível déficit de comportamentos pré-requisito; e 2) Uma possível diferença entre o processo de aprendizagem envolvido nas aprendizagens iniciais, em comparação com aprendizagens posteriores.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Edson Massayuki Huziwara - Integrante / Júlio César Coelho de Rose - Integrante / Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Viviane Verdu Rico - Coordenador.
Membro: Edson Massayuki Huziwara.
14.   2013-Atual. O registro do N400 como medida para formação de classes a partir do controle por rejeição
Descrição: Resultados obtidos em experimentos recentes sugerem que o registro do padrão de onda cerebral denominado N400 fornece uma medida direta da relação condicional existente entre estímulos de uma mesma classe de equivalência. O presente projeto apresenta uma série de quatro experimentos que possui como objetivo principal avaliar se o registro do N400 também forneceria medida direta de relação condicional entre estímulos quando classes de equivalência são formadas a partir do controle por rejeição. No entanto, ao considerar o emprego recente do registro de ondas cerebrais em pesquisas sobre equivalência de estímulos, faz-se necessário avaliar primeiramente se (e de que maneira) a ocorrência do N400 é afetada por cada uma das características de procedimentos usualmente utilizados em experimentos sobre a ocorrência do controle por rejeição. Especificamente, o Experimento I avaliará o N400 em procedimentos de ensino de relações visual-visuais (ao invés de relações auditivo-visuais); o Experimento II avaliará o N400 em procedimentos de ensino com estrutura de treino linear; no Experimento III, o N400 será avaliado em um procedimento de ensino que favoreça o controle por seleção a partir do uso de quantidades desiguais de estímulos de comparação corretos e incorretos. Finalmente, no Experimento IV, um procedimento de ensino de relações visual-visuais (Experimento I), utilizando uma estrutura de treino linear (Experimento II) e com quantidades desiguais de estímulos de comparação corretos e incorretos (Experimento III) será utilizado para estabelecer o controle por rejeição e verificar se o registro do N400 fornece medida direta de relação entre estímulos nessa condição.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Edson Massayuki Huziwara - Coordenador / Deisy das Graças de Souza - Integrante / Júlio César Coelho de Rose - Integrante / Marcelo Salvador Caetano - Integrante / Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Viviane Verdu Rico - Integrante / Renato Bortoloti - Integrante / André Cravo - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Edson Massayuki Huziwara.
15.   2013-Atual. Pesquisa translacional e atendimento a crianças diagnosticadas com autismo
Descrição: O presente projeto é uma proposta integrada de pesquisa, extensão e ensino, voltada para (1) a pesquisa básica sobre ensino de repertório discriminativo; (2) a pesquisa aplicada sobre variáveis relativas a procedimentos de intervenção; (3) para o atendimento a crianças com atraso no desenvolvimento cognitivo, em especial as diagnosticadas com autismo; (4) para a formação, nos diferentes níveis (graduação, mestrado e doutorado), de profissionais com experiência em pesquisa e atendimento a crianças do com atraso no desenvolvimento cognitivo.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) . Integrantes: Romariz da Silva Barros - Coordenador / Grauben José Alves Assis - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T A: 1 / Número de orientações: 7
Membro: Romariz da Silva Barros.
16.   2013-Atual. Projeto Newton
Descrição: O Projeto Newton parte da premissa de que o ensino de graduação deve ser constantemente repensado e atualizado considerando as novas gerações que entram na Universidade, conectadas aos meios digitais e ao uso de linguagens multimídia. Assim, com o objetivo de inovar o ensino-aprendizado, o Projeto investe em diversas estratégias educacionais e comunicacionais agregando práticas pedagógicas tradicionais e contemporâneas na construção de um ambiente ampliado de estudos, oferecendo aos alunos recursos como tutorias presenciais e a distância, espaços virtuais de interação, salas de estudo individual e coletivo e aulas presenciais diferenciadas pelo uso de Tecnologias da Informação e Comunicação. Inicialmente, as ações do Projeto Newton estão focadas nos cursos de graduação das áreas de Engenharia e Ciências Exatas e Naturais da Universidade Federal do Pará (UFPA), mais especificamente nas disciplinas de Cálculo I e Cálculo II, conteúdo obrigatório presente nos currículos de cursos de diversas áreas. Apesar de esse conteúdo ser fundamental para a formação dos alunos, as disciplinas iniciais de Cálculo são apontadas como elemento decisivo para ocorrências de reprovação e de evasão. Com os recursos elaborados e oferecidos pelo projeto, a ideia é reverter esse quadro, a partir do desenvolvimento de novas formas de aprender e ensinar na Universidade. O projeto foi idealizado e concebido pelo Gabinete da Reitoria e a Assessoria de Educação a Distância, e é desenvolvido em parceria com o Instituto de Ciências Exatas e Naturais e o Instituto de Tecnologia da UFPA.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (18) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . Integrantes: Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / edilson dos Passos Neri Junior - Integrante / Cristina Lúcia Dias Vaz - Integrante / José Miguel Martins Veloso - Coordenador / Maria Ataide Malcher - Integrante / Marcos Monteiro Diniz - Integrante / Jerônimo Monteiro Noronha Neto - Integrante / Juaci Picanço da Silva - Integrante / André Fellipe Ribeiro de Almeida - Integrante / Lidiane Cristina da Costa Carvalho - Integrante / Fernanda Chocron Miranda - Integrante / Suzana Cunha Lopes - Integrante / Weverton Raiol Gomes de Souza - Integrante / Felipe Jailson Souza Oliveira Florêncio - Integrante / Antonio Edson Alcântara Bastos - Integrante / Julianna Garcia Leão - Integrante / Ana Luiza Azevedo Pires - Integrante / Marcus Anderson Batista Leal - Integrante / Marcelo Rodrigues Silva - Integrante / Chrystiam Nascimento - Integrante / Júlia Marina Quemel Matta - Integrante / Andreza Jackson de Vasconcelos - Integrante / Antonio Helder dos Santos da Costa - Integrante / Augusto Luciano Araújo de Souza - Integrante / Felipe da Silva Mendonça - Integrante / Fernanda Kelly de Jesus Gomes - Integrante / Helder Monteiro Santana - Integrante / Israel Gonçalves - Integrante / João Carlos Fonseca - Integrante / João Carlos Fortes - Integrante / José Alan Foicinha Raiol - Integrante / Liliane Silva Nascimento Coelho - Integrante / Lourival Rodrigues de Lima - Integrante / Manoel Dione de Oliveira da Silva - Integrante / Marcelo Miranda - Integrante / Thales Vinícius Conceição Silva de Jesus - Integrante / Tiago Coelho - Integrante / Wendel Mafra Gomes dos Santos - Integrante. Número de produções C, T A: 31
Membro: Dionne Cavalcante Monteiro.

2012

1.   2012-Atual. Adaptação transcultural do Preschool Language Assessment Instrument (PLAI-2) para o português brasileiro
Descrição: O objetivo deste projeto é realizar a adaptação e validação do teste Preschool Language Assessment Instrument, segunda versão (PLAI-2) para o Português do Brasil. Este instrumento é utilizado e reconhecido internacionalmente por fonoaudiólogos e profissionais que atuam na área da comunicação humana e seus distúrbios, por permitir avaliar aspectos importantes relacionados às habilidades receptivas e expressivas de linguagem de crianças com idade entre três e cinco anos. O PLAI-2 é composto por 70 estímulos, subdivididos, igualmente em itens de linguagem receptiva e expressiva, e prevê duas formas de análise: formal e informal. A análise formal fornece uma estimativa global e parcial do desenvolvimento baseado no escore padrão, e a análise informal fornece informações quanto à adequação de respostas e comportamentos interferentes observados durante a avaliação. Este projeto também visa investigar o desempenho de crianças com distúrbios do neurodesenvolvimento, de comunicação com diferentes etiologias (neurológicas ou genéticas). Recurso Financeiro: Universal-CNPq 477164/2013-7.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Rossi, Natalia F. - Integrante / Tâmara de Andrade Lindau - Integrante / Tamires Soares - Integrante / Isabella Bonamigo da Silva - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa. Número de produções C, T A: 4
Membro: Célia Maria Giacheti.
2.   2012-2014. Análise da fluência em tarefa de narrativa oral em indivíduos com síndrome del 22q11.2 (Edital MCT/CNPq 14/2012) Processo: 481809/2011-2
Descrição: A síndrome del22q11.2 (Velocardiofacial) é uma condição genética autossômica dominante causada por uma microdelação cromossômica na região 22q11.2. A literatura compilada mostra que o perfil cognitivo da síndrome del22q11.2 é caracterizado pela superioridade de habilidades verbais em detrimento das dificuldades viso-construtivas, bem como a presença de prejuízos mais severos para a linguagem receptiva em relação a linguagem expressiva. No entanto, observa-se que os estudos, principalmente, no que compete a caracterização das dificuldades de linguagem oral são ainda escassos e as manifestações relacionadas à fala abrangem de forma mais sistemática alterações decorrentes da fissura de palato e da incompetência velofaríngea. Este estudo tem como objetivo investigar a fluência na narrativa oral de indivíduos com a síndrome del22q11.2 e comparar com indivíduos com desenvolvimento típico de fala e linguagem quanto a frequência e tipo de disfluências (comuns e gagas), local de ocorrência das disfluências e velocidade de fala. Serão avaliados 15 indivíduos de ambos os gêneros, na faixa etária de 6 a 18 anos de idade cronológica com diagnóstico da síndrome del22q11.2, os quais serão comparados a outros 15 indivíduos com desenvolvimento típico de fala e linguagem com idade mental semelhante para fins de formação do grupo controle. A narrativa oral será obtida a partir do livro Frog Where Are You ? e a análise do perfil da fluência da fala será realizada segundo proposta do Teste de Linguagem Infantil ? ABFW, Área de Fluência. Também será analisado o local de ocorrência das disfluências (entre enunciados e no meio do enunciado). Os dados serão analisados por meio de estatística descritiva e testes estatísticos paramétricos e não-paramétricos. Os resultados obtidos nesta pesquisa visam ampliar a caracterização do fenótipo da síndrome del22q11.2, no que se refere as manifestações de fala e linguagem.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Dagma V M Abramides - Integrante / Natalia Freitas Rossi - Integrante / Richieri-Costa, Antonio - Integrante / Sandra Regina Gimeniz-Paschoal - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Célia Maria Giacheti.
3.   2012-Atual. Aprendizagem de vocabulário por crianças a partir da leitura compartilhada de livros
Descrição: A leitura compartilhada de histórias é uma atividade que produz efeitos positivos na aprendizagem de vocabulário por crianças de diferentes faixas etárias. Esse aumento de vocabulário tem repercussões importantes sobre o desempenho acadêmico das crianças, o que justifica esforços no sentido de compreender as variáveis implicadas na atividade e que favorecem essa aprendizagem. O objetivo geral deste projeto é investigar um conjunto de variáveis que podem favorecer a aprendizagem de palavras em situação de leitura compartilhada de histórias, para crianças de diferentes idades e condições de desenvolvimento, em quatro estudos distintos. No Estudo 1, pretende-se comparar a aprendizagem de pseudosubstantivos em situação de leitura compartilhada de histórias por crianças de 3 e 7 anos e verificar se essa aprendizagem é afetada pela indicação, no enredo da história, de função específica de duas das quatro pseudopalavras. Os Estudos 2 e 3, terão como objetivo, respectivamente verificar se a solicitação de repetição da palavra-alvo (solicitação de ecoico) durante a leitura de história, ou de diferentes tipos de perguntas, pode facilitar a aprendizagem das palavras-alvo pelas crianças. No Estudo 4 será investigada a eficácia de um procedimento de ensino de adjetivos e substantivos (existentes, porém desconhecidos) para crianças com Síndrome de Down (SD), em comparação com crianças de desenvolvimento típico (DT), a partir da leitura compartilhada de história. Espera-se verificar o papel dessas variáveis na aprendizagem de palavras pelos participantes da pesquisa.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Andréia Schmidt - Coordenador / Fernanda Pires Garcia - Integrante / Aline Melina Vaz - Integrante / Camila Bonagamba - Integrante / Letícia Melo de Paulo - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2
Membro: Andréia Schmidt.
4.   2012-2014. Atendimento e Pesquisa Sobre Aprendizagem e Desenvolvimento - APRENDE
Descrição: O APRENDE é uma proposta de ensino, pesquisa e extensão voltada para (1) o atendimento a crianças com atraso global no desenvolvimento, em especial as diagnosticadas com autismo; (2) para a pesquisa aplicada sobre variáveis relativas a procedimentos de intervenção (3) para a pesquisa básica sobre ensino de repertório discriminativo e (4) para a formação, nos diferentes níveis (graduação, mestrado e doutorado), de profissionais com experiência em pesquisa e atendimento a crianças do com atraso no desenvolvimento cognitivo. O projeto é desenvolvido nas dependências do Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento em cooperação entre os docentes Romariz Barros, Carlos Souza e Grauben Assis, com o engajamento de estudantes de graduação (curso de Psicologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas) e pós-graduação (Programa de Pós-graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento). O projeto conta com apoio de profissionais do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza e da ONG Amora (www.ongamora.org).. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (6) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (5) . Integrantes: Romariz da Silva Barros - Coordenador / Grauben José Alves Assis - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante. Número de orientações: 5
Membro: Romariz da Silva Barros.
5.   2012-Atual. COMPORTAMENTO PRÉLINGUÍSTICO E AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM EM CRIANÇAS COM IMPLANTE COCLEAR
Descrição: OBJETIVO: Esse estudo terá como propósito estudar e investigar a correlação entre os comportamentos de comunicação pré-linguística em crianças candidatas à cirurgia de implante coclear e o desenvolvimento de linguagem subsequente ao uso do implante coclear. MATERIAL E MÉTODO: A pesquisa deverá ser desenvolvida na Seção de Implante Coclear do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC) da Universidade de São Paulo (USP), estando inserido na linha de pesquisa ?Processos e Distúrbios da Audição? do Programa de Mestrado em Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB), da USP. Participarão deste estudo 10 crianças com deficiência auditiva neurossensorial, bilateralmente, de grau severo/profundo, matriculadas na seção de Implante Coclear HRAC/USP. Como critério de inclusão, as crianças participantes deverão corresponder, ao final da avaliação diagnóstica, aos critérios institucionais de indicação da cirurgia de implante coclear descritos em Bevilacqua; Moret; Costa (2011). O estudo de caráter longitudinal prospectivo e avaliará os participantes da pesquisa no momento pré-cirúrgico e em intervalos de três, seis e 12 meses após a ativação do implante coclear, sendo previstas quatro avaliações para cada participante do estudo. Os dados serão coletados em entrevistas com os pais dos participantes da pesquisa e avaliação direta da criança. Para obtenção dos registros referentes ao comportamento pré-linguístico e desenvolvimento de linguagem dos participantes, serão utilizados os instrumentos Teste Denver (Frankenburg et al, 1992), o Inventário MacArthur de Desenvolvimento Comunicativo: Primeiras palavras e gestos, adaptado para a língua portuguesa (Teixeira e Silva 2002) e a Escala de Compreensão e Expressão (ou de Linguagem Expressiva) da Reynell Development Language Scales ? RDLS (Reynell 1990). A aplicação da escala Reynell Developmental Language Scales deverá ser filmada para posterior análise do vídeo. A filmagem permitirá ao avaliador análise detalhada dos comportamentos comunicativos independentemente da presença da criança no atendimento. Registros em vídeo por meio de filmagem deverão ser realizados também em situações lúdicas interativas entre a mãe e/ou cuidador da criança e o avaliador, com o mesmo propósito de análise pormenorizada dos comportamentos comunicativos. Esta análise de vídeo também permitirá o preenchimento fidedigno das habilidades da criança na escala Denver Development Screening Test II. Para a análise estatística será utilizado à correlação de Pearson com o intuito de correlacionar os resultados obtidos nos escores dos instrumentos utilizados antes e após o uso do implante coclear. Neste estudo será utilizado nível de significância de 5%. Para verificar a evolução das variáveis quantitativas do Teste DDST II, do Inventário MacArthur e da RDLS entre os quatro tempos de avaliação será utilizado o Teste t pareado.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Adriane Lima Mortari Moret - Coordenador / Fernanda de Lourdes Antonio - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Adriane Lima Mortari Moret.
6.   2012-Atual. Controle de estímulos adquirido por procedimentos operantes e respondentes sobre a resposta de auto-administração de drogas
Descrição: Nas pesquisas que estudam mudanças no SNC decorrentes do uso de drogas são frequentemente usados modelos experimentais em que a droga é administrada pelo pesquisador (administração passiva). Ainda que esses estudos forneçam dados relevantes para a compreensão do abuso de drogas, a interpretação dos seus resultados e questionada em relação a sua validade, por estar a dependência em humanos, caracterizada pela auto-administração da droga e não por sua administração passiva Varias pesquisas vem mostrando que as mudanças, celulares e gênicas produzidas pela administração passiva da droga são diferentes daquelas produzidas pela auto-administração. Outra linha de pesquisas tem mostrado que estímulos associados com a auto-administração de drogas adquirem controle sobre esse comportamento e são responsáveis pelo fenómeno denominado ?drug-seeking?. Apesar dessas pesquisas terem utilizados treinos discriminativos para o estabelecimento do controle de estímulos, é frequentemente defendido na literatura que o comportamento de ?drug-seeking? é função de controle respondente . Desde que a auto-administração de uma droga pode ser compreendida como um processo operante (contingência entre a resposta emitida pelo sujeito e o efeito da droga) e a administração passiva como um processo respondente (contingência entre estímulos do ambiente e o efeito da droga) é o objetivo desta pesquisa estudar o controle de estímulos sobre a resposta de auto-administração adquirido por procedimentos operantes e respondentes.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / William Eduardo Pararroyo Serna - Integrante.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
7.   2012-2014. Desenvolvimento de um procedimento de avaliação sistemática de habilidades de discriminação de sons de fala em pré-escolares
Descrição: O trabalho tem como propósito avaliar, em campo, a adequação de instrumento proposto para avaliação de habilidades de discriminação auditiva de sons de fala em crianças com desenvolvimento típico a partir de 4 anos de idade. O instrumento baseia-se em uma versão modificada da tarefa de julgamento igual/diferente proposta, particularmente no que tange à forma de apresentação de pares estímulos auditivos. e na exigência de resposta de atenção (não verbal) explícita para cada estímulo auditivo. Outro objetivo é determinar gradientes de discriminação auditiva e verificar eventuais diferenças no desempenho de crianças, em função da idade/escolaridade.. Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Cristiana Ferrari - Coordenador / Ana Claudia Vieira Cardoso - Integrante.
Membro: Cristiana Ferrari.
8.   2012-2015. Efeito da Depressão e da Vitimização sobre o Pensamento Contrafactual
Descrição: A imaginação permite pensar de forma abstrata, planejar ações futuras, vivenciar experiências impossíveis de serem vividas no mundo real e reelaborar situações ou sentimentos. O processo imaginativo pode incluir desde a formação de imagens, como também se referir a fantasias, criatividade ou atividades mentais de planejamento de cursos de ação e elaboração de alternativas à realidade. Neste último caso, as pessoas pensam em como seria algum evento se as circunstâncias fossem diferentes, o que corresponde à ideia de pensamento contrafactual. Este estudo busca comparar os pensamentos contrafactuais de pessoas depressivas e não depressivas, de pessoas vítimas de violência doméstica e não vitimizadas, bem como de depressivas e vitimizadas, a fim de verificar se há diferenças na forma como buscam alternativas para a realidade. A amostra de participantes será composta por dois outros grupos: um formado por 40 adultos de ambos os gêneros, sendo 20 com diagnóstico de depressão e 20 sem o diagnóstico de depressão; e o segundo grupo formado por outros 40 participantes, adultos do gênero feminino, dos quais 20 passaram pela experiência de violência doméstica e 20 não passaram por essa experiência. A coleta de dados será feita individualmente, por meio da apresentação de cinco estórias que deverão ser modificadas. Tais estórias já foram analisadas, em estudo anterior, em termos de sua adequação por cinco juízes. As modificações serão feitas por meio de relato livre dos participantes e, em seguida, por meio da escolha de alternativas previamente elaboradas. Os relatos livres serão avaliados por meio da técnica de análise de conteúdo, sendo que as frequências das respostas dos participantes provenientes dos relatos, bem como das alternativas por eles assinaladas, serão comparadas pelo Teste t de student e pela ANOVA.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . Integrantes: Patrícia Waltz Schelini - Coordenador / Juliana Faccioli - Integrante / Florença Lucia Coelho Justino - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Patrícia Waltz Schelini.
9.   2012-Atual. Efeito do citalopram e o bromazepam sobre o valor de estímulo de reforçadores condicionados
Descrição: Várias pesquisas demostraram que o valor reforçador de um estímulo é alterado pela administração de drogas com ação no sistema nervoso central, similar à produzida pela alteração em alguma dimensão do próprio estímulo (i.e. magnitude ou concentração). Apesar da pesquisa em farmacologia comportamental ter estabelecido a função dos fármacos na determinação do valor reforçador de estímulos, há uma lacuna na questão da influência destas substâncias sobre reforçadores condicionados. O estudo tem como interesse investigar os possíveis efeitos do citalopram e bromazepam, dois fármacos frequentemente utilizados no tratamento de ansiedade, sobre o valor de reforçadores condicionados associados com comida em ratos submetidos a um esquema de razão progressiva.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / Yulla Christoffersen Knaus - Integrante.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
10.   2012-Atual. Efeito do ensino de seleção de palavras e de sílabas impressas sobre a leitura em criança com necessidades educacionais especiais
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Coordenador.
Membro: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu.
11.   2012-Atual. Ensino da Compreensão Textual para Crianças com Desenvolvimento Típico com uso Sistemático de Reforçamento Arbitrário
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . Integrantes: Camila Domeniconi - Coordenador / Priscila Benitez - Integrante / Graziela Oliveira - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Camila Domeniconi.
12.   2012-2014. Ensino de leitura de palavras a crianças autistas incluídas no ensino regular: uma proposta metodológica
Descrição: Leitura e escrita são consideradas habilidades básicas para o desenvolvimento do repertório acadêmico. A despeito da importância desses repertórios, a aquisição deles não vem sendo garantida a todos os aprendizes, ao contrário, dificuldades na alfabetização podem ser observadas, especialmente em alunos com diagnóstico de autismo, incluídos na rede regular de ensino. O presente projeto tem como objetivo implementar e avaliar um programa de ensino de leitura direcionado a crianças autistas inseridas na rede regular de ensino. O programa terá como base o ensino alternado entre palavras isoladas, apresentadas por meio do computador e palavras contextualizadas em livros de histórias e será aplicado pelos professores responsáveis pelo atendimento educacional especializado (AEE) e pelos pais das crianças participantes. O procedimento será baseado em um esquema de delineamento com tratamentos alternados, a partir do qual serão avaliadas as intervenções: 1) a ser aplicada pelo professor do AEE, baseada no uso de um programa informatizado para ensinar palavras isoladas (condição A); 2) a intervenção a ser conduzida pelo pai, composta pela aplicação de um livro com histórias, em que será contextualizada a palavra de ensino (condição B); ou 3) a aplicação simultânea do programa informatizado pelo professor do AEE e a utilização dos livros de leitura pelos pais (condição AB). Serão recrutados seis aprendizes com diagnóstico de autismo, os seis professores de AEE e seis pais. Os seis aprendizes serão expostos a três condições alternadas, ao longo de quatro unidades de ensino. Serão aplicados instrumentos de pré-teste, ao longo de cada unidade de ensino, pós-teste e no follow-up. Para análise de dados, será comparado o desempenho do aprendiz em cada momento de avaliação, o número de sessões necessárias por passo de ensino e também será realizada uma análise qualitativa baseada no comportamento dos professores de AEE e dos pais enquanto monitores. Espera-se que os resultados produz. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . Integrantes: Camila Domeniconi - Coordenador / Priscila Benitez - Integrante / Camila Graciela Gomes - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Camila Domeniconi.
13.   2012-Atual. Ilusão de Controle e a seleção do comportamento: o pepel das variáveis sociais e culturais
Descrição: Em certas condições, pessoas podem superestimar a probabilidade com que suas ações são efetivas em produzir alterações no ambiente, fenômeno conhecido como ilusão de controle. O presente projeto explora a possibilidade de que a base para a ilusão de controle é a coincidência entre respostas e mudanças ambientais e que essas coincidências podem ser facilitadas por variáveis sociais e culturais.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . Integrantes: Marcelo Frota Lobato Benvenuti - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Marcelo Frota Lobato Benvenuti.
14.   2012-Atual. Momentum comportamental e resistência do comportamento à mudança: efeitos do emprego de etanol como evento perturbador
Descrição: A resistência à mudança, estudada mais sistematicamente na teoria de momentum comportamental, pode fornecer informações importantes no que diz respeito ao manejo de contingências, fortalecendo-se comportamentos desejáveis e enfraquecendo os indesejáveis. Dentro dessa área de pesquisa observa-se em geral que comportamentos anteriormente relacionados com maior taxa ou magnitude do reforço são mais resistentes a qualquer mudança causada por um evento perturbador, que pode ser descrito como qualquer ação que interrompa ou perturbe o comportamento em curso. Os eventos perturbadores mais empregados em estudos experimentais voltados à investigação da teoria do momentum comportamental são (1) comida independente da resposta, (2) diminuição da privação, cedendo ao organismo comida antes da sessão experimental, (3) uma fase de extinção e (4) atraso para a entrega do evento reforçador. Alguns estudos têm empregado alguns tipos de drogas, na tentativa de verificar se drogas ilícitas e/ou medicamentos têm o mesmo efeito que um evento perturbador normalmente empregado nos estudos que investigam a resistência a mudança. Contudo, há muitas discrepâncias na literatura. O presente trabalho tem como objetivo reunir algumas diferenças nos procedimentos experimentais de estudos voltados à investigação da resistência a mudança, que obtiveram e não obtiveram resultados condizentes com a teoria de momentum comportamental dado o uso de drogas como evento perturbador.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / TALITA REGINA DE LIMA CUNHA - Integrante.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
15.   2012-Atual. OTIMIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO INICIAL EM CRIANÇAS COM AUTISMO
Descrição: A presente pesquisa visa descobrir e manejar fontes de controle da variabilidade comportamental em procedimentos delineados para estabelecer pré-requisitos para a comunicação simbólica em crianças com transtornos de neurodesenvolvimento (NDDs). Os objetivos principais são: 1) Avaliar o potencial que essas crianças apresentam para aprender relações verdadeiramente simbólicas, definidas operacionalmente como relações de equivalência entre estímulos fisicamente dissimilares (e.g., entre símbolo e referente) e 2) Analisar e gerenciar fontes de variabilidade comportamental na aquisição de relações simbólicas, que é pouco compreendida teoricamente e se mantém como um entrave significativo para a terapia e a pesquisa comportamental. Será empregado um delineamento de contraste, com quatro grupos: crianças com autismo, crianças com déficit intelectual, crianças com surdez pré-lingual usuárias de implante coclear ou outros dispositivos de amplificação sonora, e crianças com desenvolvimento típico. Crianças com autismo e com déficit intelectual apresentam transtornos severos no desenvolvimento neuropsicológico, enquanto crianças com implante não apresentam este transtorno (podem ter funcionamento cognitivo similar ao de crianças com desenvolvimento típico, exceto pelo atraso de linguagem). Portanto será possível avaliar a aprendizagem de material simbólico novo com crianças com e sem déficit cognitivo, com e sem aquisição prévia de linguagem, em faixas etárias comparáveis. Os resultados poderão ter implicações significativas para intervenções sobre a comunicação de crianças não-verbais. Palavras-chave: comunicação; linguagem; símbolo; transtornos do desenvolvimento, crianças. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Deisy das Graças de Souza - Coordenador / William Dube - Integrante / William J Mcilvane - Integrante / Lidia Maria Marson Postalli - Integrante / Ana Cláudia Almeida-Verdu - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Júlio Cesar de Rose - Integrante / Richard Serna - Integrante / André A. Borges Varella - Integrante / Vanessa Ayres Pereira - Integrante / Lucas Tadeu Garcia - Integrante. Financiador(es): National Institutes of Health - Auxílio financeiro.
Membro: Deisy das Graças de Souza.
16.   2012-Atual. Projeto de Capacitação em Deficiência Auditiva e uso do sistema de FM para Profissionais da Área da Educação em âmbito nacional
Descrição: Este projeto objetivou desenvolver metodologias e diretrizes para a implantação do Sistema de Frequência Modulada (FM) como ferramenta de acessibilidade auditiva para crianças com deficiência auditiva em território nacional, visando definir os critérios para a sua indicação, avaliar os benefícios do uso do sistema e propor um modelo de formação de professores de Atendimento Educacional Especializado (AEE) da rede pública de ensino. Foi desenvolvido por meio de uma parceria entre a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação - SECADI/MEC, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação FNDE/MEC, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar/DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA/Laboratório de Estudos do Comportamento Humano - LECH, Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino INCT-ECCE), o Centro de Pesquisas Audiológicas CPA/HRAC da Universidade de São Paulo, Campus Bauru e os diretores da Academia Brasileira de Audiologia quinta gestão. Em síntese, o projeto contou com uma amostra, em âmbito nacional, de 99 professores de Atendimento Educacional Especializado (AEE) da rede pública de ensino e 203 estudantes com deficiência auditiva, usuários de dispositivos eletrônicos (Aparelhos de amplificação sonora individual - AASI e Implante coclear - IC), e matriculados nos primeiros anos do ensino fundamental. Aos 99 professores de AEEs selecionados foi ofertado um curso de formação sobre deficiência auditiva e sobre o sistema de FM estruturado em dois módulos, um presencial e outro à distância. O curso visou possibilitar ao professor a apropriação de conhecimentos sobre audição, deficiência auditiva e suas implicações, bem como o uso de recursos tecnológicos, em especial dos Sistemas de FM, que favorecem a acessibilidade auditiva e o desenvolvimento da criança no ambiente educacional para sua inclusão. Foram adquiridos e adaptados 203 equipamentos do Sistema de FM nos estudantes com deficiê. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Maria Angelina Nardi de Souza Martinez - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Integrante. Financiador(es): Universidade Federal de São Carlos - Auxílio financeiro.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
17.   2012-2013. Supressão condicionada em ratos: Um modelo experimental para o estudo da ansiedade
Descrição: Nos estudos experimentais sobre ansiedade (supressão condicionada), o choque elétrico e o jato de ar quente têm sido os estímulos aversivos frequentemente utilizados. O objetivo do presente estudo foi investigar a supressão condicionada testando som e luz como evento aversivo.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / Lidia Maria Marson Postalli - Coordenador / Elizabethe Alves de Souza - Integrante / Marília Cerqueira Pereira - Integrante / Januário Marques de Lima Neto - Integrante / Morgana Rolemberg de Melo - Integrante. Número de produções C, T A: 1 / Número de orientações: 1
Membro: Carmen Silvia Motta Bandini.
18.   2012-Atual. Unidade de Apoio de Iniciação à Leitura para Escolares de Risco
Descrição: O projeto tem como principal objetivo tornar disponível o conhecimento derivado de pesquisa sobre as condições necessárias e suficientes para o estabelecimento de comportamento simbólico, dentre eles o ler, o escrever o ouvir e o falar. Um objetivo subjacente é, a partir do oferecimento do serviço, avançar nas pesquisas sobre o entendimento das condições necessárias para a aquisição de leitura considerando o controle de variáveis de modalidade sensorial e de procedimentos envolvidos e seus efeitos sobre as diferentes respostas de ler. Recursos: R$ 12000,00 (PDI-Unesp/2012); R$10.000,00 (PDI-Unesp/2013); R$ 11.900,00 (PDI-Unesp/2014).. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Coordenador / Anderson Jonas das Neves - Integrante. Financiador(es): Unesp/Reitoria - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu.
19.   2012-2014. Variáveis de controle na produção de sentenças
Descrição: Os experimentos apresentados na presente proposta articulam-se estrategicamente de modo a promover condições de se continuar no processo que busca atingir os seguintes objetivos principais: 1 - identificar e avaliar parâmetros envolvidos no estabelecimento de sequências verbais, por meio de procedimentos de discriminação condicional, buscando, com isso, compreender o processo de estabelecimento de uma discriminação no que diz respeito às funções ordinais/discriminativas exercidas por estímulos verbais que sinalizam alta probabilidade de apresentação de reforçadores sociais; 2 - coletar dados empíricos que contribuam para consolidar o modelo de relações ordinais (Green, Stromer Mackay, 1993) na produção de sentenças; 3 - avaliar o papel das contingências de ensino envolvidas na emissão de respostas verbais/sequenciais sobre a manutenção dessas respostas, após um período sem contato com as contingências de ensino e de testes, buscando, com isso, analisar as respostas sequenciais em contextos complexos de interação com uma classe distinta de comportamentos; 4 - desenvolver procedimentos de ensino que possibilitem a generalização da função ordinal para situações próximas do aluno em sala de aula, gerando uma tecnologia de ensino consistente com a realidade brasileira; 5 ampliar procedimentos de ensino que produza poucos ou nenhum erro, tornando o procedimento utilizado por Corrêa, Assis e Brino (2012) mais eficiente e econômico. Cada um dos sete experimentos programados conta com objetivos experimentais específicos; no conjunto, os mesmos articulam-se estrategicamente de modo a se investigar as condições responsáveis pela produção de sentenças, tratando de avanços conceituais e metodológicos nessa linha de pesquisa. Nesse sentido, os resultados do conjunto de investigações aqui propostas devem contribuir significativamente para a área de pesquisa em controle de estímulos verbais, especialmente de relações entre estímulos em sequência e do comportamento simbolico.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Grauben José Alves de Assis - Coordenador.
Membro: Ana Leda de Faria Brino.

2011

1.   2011-2013. Aplicação de um procedimento computadorizado adaptado para a investigação da visão de cores de macacos-prego (Cebus cf. apella) e macacos guariba (Alouatta caraya)
Descrição: O presente projeto propõe a caracterização comportamental da discriminação de cores em duas espécies de primatas do Novo Mundo, macacos-prego (Cebus cf. apella), já em andamento, e macacos guariba (Alouatta sp.), por meio de um teste computadorizado que determina limiares de discriminação da diferença cromática entre matizes de alvo e fundo em regiões críticas do espaço de cor. O projeto conta com a colaboração entre pesquisadores do Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento da UFPA, do Instituto de Psicologia da USP e do Centro Nacional de Primatas (Ananindeua, PA).. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Coordenador / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Dora Fix Ventura - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Daniela Maria Oliveira Bonci - Integrante / Leonardo Dutra Henriques - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: O presente projeto propõe a caracterização comportamental da discriminação de cores em duas espécies de primatas do Novo Mundo, macacos-prego (Cebus cf. apella), já em andamento, e macacos guariba (Alouatta sp.), por meio de um teste computadorizado que determina limiares de discriminação da diferença cromática entre matizes de alvo e fundo em regiões críticas do espaço de cor. O projeto conta com a colaboração entre pesquisadores do Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento da UFPA, do Instituto de Psicologia da USP e do Centro Nacional de Primatas (Ananindeua, PA). Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Coordenador / Dora Selma Fix Ventura - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Leda de Faria Brino.
2.   2011-2013. Avaliação da linguagem, fala e deglutição: instrumentos de medida e sua aplicabilidade em fonoaudiologia
Descrição: O objetivo do projeto é desenvolver estudos interdisciplinares que envolvam o levantamento, a elaboração e validação e/ou adaptação de protocolos, checklists, testes, softwears e outros instrumentos de medida, para indivíduos em diferentes momentos do ciclo do desenvolvimento humano. Esses instrumentos de medida privilegiarão os aspectos do desenvolvimento cognitivo, motor, de linguagem e de fala, típico e atípico, além das funções orofaciais e deglutição. Também visa aplicar estes instrumentos para medir o impacto em investigações que focalizam atividades de prevenção, processos de avaliação, diagnóstico e terapia nos distúrbios fonoaudiológicos... Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Integrante / Roberta Gonçalves da Silva - Integrante / Gimeniz-Paschoal, Sandra Regina - Coordenador / Tâmara de Andrade Lindau - Integrante.
Membro: Célia Maria Giacheti.
3.   2011-2012. Capacitação em Deficiência Auditiva e Uso do Sistema de FM para Profissionais da Área da Educação em âmbito nacional
Descrição: Este projeto teve por objetivo desenvolver metodologias e diretrizes para a implantação do Sistema de Frequência Modulada (FM) como ferramenta de acessibilidade auditiva para crianças com deficiência auditiva em território nacional. Foi desenvolvido por meio de uma parceria entre a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação - SECADI/MEC, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação ? FNDE/MEC, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar/Departamento de Psicologia/Laboratório de Estudos do Comportamento Humano - LECH, Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino INCT-ECCE), o Centro de Pesquisas Audiológicas CPA/HRAC da Universidade de São Paulo, Campus Bauru e os diretores da Academia Brasileira de Audiologia ? quinta gestão. O trabalho foi conduzido com uma amostra, em âmbito nacional, de 99 professores de Atendimento Educacional Especializado (AEE) da rede pública de ensino (106 escolas) e seus estudantes com deficiência auditiva, usuários de dispositivos eletrônicos (Aparelhos de amplificação sonora individual - AASI e Implante coclear - IC), e matriculados nos primeiros anos do ensino fundamental (202). Os professores participaram de um curso (metade presencial, metade a distância) sobre o sistema de FM e sua importância na inclusão, sobre os cuidados e o uso e sobre instrumentos de avaliação de vários aspectos do desempenho do aluno. O projeto gerenciou a distribuição e a adaptação dos aparelhos de FM e prestou supervisão à distância para o uso do sistema de FM e para a coleta de dados de desempenho, ao longo de três semanas de uso. Embora o período fosse curto para resultar em mudanças significativas na aprendizagem, os dados evidenciaram redução acentuada no tempo de reação a tarefas comandadas por estimulação auditiva. Os dados subsidiaram a recomendação da disponibilização do Sistema FM para alunos da rede pública.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Maria Cecília Bevilacqua - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Maria Angelina Martinez - Integrante / Adriane Lima Mortare Moret - Integrante / Altair Cadrobbi Pupo - Integrante / Amelia Cristina Portugal - Integrante / Carmen Silvia Carvalho Barreira Nielsen - Integrante / Eliane Maria Carrit Delgado-Pinheiro - Integrante / Francisca Canindé Rosário da Silva Araújo - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Karla Jean Zimmermann de Almeida - Integrante / Maria Isabel Kós Pinheiro de Andrade - Integrante / Maria Madalena Canina Pinheiro - Integrante / Regina Tangerino de Souza Jacob - Integrante / Sheila Andreoli Balen - Integrante. Financiador(es): Fundo Nacional de Desenvolvimento Educacional - Cooperação.
Membro: Deisy das Graças de Souza.
4.   2011-2013. Características fonoaudiológicas nas afecções genéticas e neurodesenvolvimentais
Descrição: O objetivo do presente estudo é caracterizar as habilidades de linguagem e os aspectos da deglutição em indivíduos com síndromes genéticas por meio da aplicaçào de instrumentos de avaliação fonoaudiológica.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Dagma V M Abramides - Integrante / Roberta Gonçalves da Silva - Integrante / Danilo Moretti Ferreira - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante / Antonio Richieri-Costa - Integrante / André V M M Sales - Integrante / Rossi, Natalia F. - Integrante / Amanda Oliveira Santos - Integrante / Vitor Geraldi Haase - Integrante / Giulia Ganthous - Integrante. Número de orientações: 3
Membro: Célia Maria Giacheti.
5.   2011-Atual. Comportamento pré-simbólico em ambiente de realidade virtual: Desenvolvimento de nova metodologia (tecnologia e procedimentos) para comparação de capacidades cognitivas do Homo sapiens e do Cebus apella
Descrição: Pretende-se avançar um novo modelo para o estudo experimental do comportamento de escolha, comportamento pré-simbólico e comportamento cognitivo (solução de problemas envolvendo relações abstratas entre estímulos) em indivíduos desprovidos de comportamento simbólico, os macacos-prego, para substituir o modelo atual de tentativas discretas de pareamento ao modelo, usando técnicas de realidade virtual. Em estudo anterior já comprovamos a efetiva interação dos macacos-prego com um ambiente virtual simples, dominando problemas de escolha em situação de discriminações simples com vários estímulos. Interagido no ambiente de realidade virtual poder-se-á mimetizar mais realisticamente o ambiente natural e serão testadas formas de manter o comportamento de escolha com consequências virtuais (reforçamento condicionado ou secundário) e evntualmente reforçadores primários. O programa deverá incorporar os aspectos comprovadamente efetivos no modelo de tentativas discretas, acrescentando outros, como alternativas para a resolução da tarefa na forma de diferentes caminhos para se chegar a um objetivo. Os procedimentos poderão permitir o estudo de relações abstratas entre estímulos com mais eficiência do que o modelo atual de pareamento ao modelo. OBJETIVO Construção de um software para estudo do comportamento de escolha em ambiente virtual para macacos-prego e crianças pequenas de 4-5 anos de idade, no qual haja um máximo de continuidade nas situações, com sistemas de ajuda automática ou assistida para favorecer a ocorrência das respostas corretas em cada ?tela?. Determinar técnicas para um sistema de inteligência artificial que detectará alguns padrões de aprendizado e ?vícios? de um sujeito. Verificar comportamentos sob controle de estímulos de complexidade gradualmente maior. Avançar o repertório abstrato dos macacos-prego no campo dos comportamentos pré-simbólicos. Comparar o modelo de ambiente virtual com o de tentativas discretas.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Olavo de Faria Galvão.
6.   2011-2012. efeito de fármacos de ação central e manipulações comportamentais sobre o desempenho de ratos submetidos a procedimentos de atraso do reforço
Descrição: O atraso na apresentação do reforçador tem sido amplamente estudada, tanto do ponto de vista comportamental, quanto do ponto de vista das chamadas neurociências. O atraso no reforço é definido como o período de tempo que decorre desde a emissão da resposta até a liberação da conseqüência. O imediatismo, ou seja, o inverso de atraso, tem sido estudado em experimentos de escolha e o resultado geral indica que quanto mais imediato for um reforçador, maior será a preferência por ele. O processo de autocontole tem sido relacionado a transtornos depressivos por alguns autores. O projeto tem como objetivo estudar o efeito da exposição à estressores crônicos moderados e o efeito da administração de antidepressivos sobre procedimentos que avaliam comportamentos impulsivos: o procedimento de resposta de compromisso com estímulos reforçadores , o procedimento de ajuste de atraso e o procedimento de resposta de compromisso envolvendo estímulos aversivos. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Integrante / Fábio Leyserg Gonçalves - Coordenador / Rafael Medeiros de França - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
7.   2011-Atual. Efeito Flynn em processos seletivos entre 2000 e 2010
Descrição: O Efeito Flynn refere-se aos ganhos verificados nas medidas de inteligência ao longo do tempo. Este estudo analisará a ocorrência do Efeito Flynn considerando os resultados obtidos por candidatos à Guarda Nacional Republicana de Portugal - GNR. Participarão do estudo quatro amostras: a primeira formada por aproximadamente 1200 candidatos submetidos ao processo de seleção do ano de 2000; a segunda por cerca de 2000 candidatos do processo seletivo de 2001; 1800 candidatos do processo de seleção de 2004; 420 candidatos do ano de 2005 e 3800 candidatos do ano de 2010. Nas amostras de 2000, 2001 e 2004 terá sido aplicada a Bateria de Provas de Raciocínio 5, BPR-5. Já nas amostras de 2005 e 2010 terão sido aplicadas três provas da bateria PMA ? Aptidões Mentais Primárias: Compreensão Verbal, Raciocínio Lógico e Cálculo Numérico. Os participantes terão sido avaliados por psicólogos especialistas, sendo que o acesso aos seus dados será autorizado pelo Comando Geral da GNR, mediante garantia do anonimato e sigilo dos protocolos consultados.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Patrícia Waltz Schelini - Coordenador / Leandro da Silva Almeida - Integrante.
Membro: Patrícia Waltz Schelini.
8.   2011-2015. Escola Experimental de Primatas: Programa de investigação do potencial simbólico de macacos-prego e outros estudos
Descrição: Argumenta-se que a evolução da cognição pode ser estudada em modelos animais e apresenta-se uma abordagem instrucional programada para demonstrar a possibilidade de, em condições artificiais, ser desenvolvida a capacidade cognitiva de macacos-prego (Cebus apella) para lidar com relações abstratas, postuladas como pré-requisitos do comportamento simbólico. Conceitos relevantes para a análise do comportamento de escolha e sua utilização em projetos de engenharia comportamental são apresentados em conexão com estudos experimentais para desenvolver e manter repertórios complexos quanto aos estímulos ou as respostas envolvidas.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 3
Membro: Olavo de Faria Galvão.
9.   2011-2012. Identificação dos problemas mais comuns na funcionalidade de individuos com perda auditiva na perspectiva clínica - estudo transversal
Descrição: A perda auditiva pode causar uma variedade de resultados clínicos e é imprevisível em termos de prognóstico. Os sintomas da perda auditiva podem variar amplamente de tempo em tempo num dado indivíduo e de indivíduo para indivíduo. Entre os sintomas mais comuns, nos diferentes graus de perda auditiva, podem ocorrer hiperacusia e zumbido. Limitações de atividades e restrição de participação também estão relacionadas com a perda auditiva, como a dificuldade de conversar com uma ou mais pessoas, ouvir em ambientes ruidosos e isolamento social. Além disso, a qualidade de vida das pessoas com deficiência auditiva é muito afetada. Vários estudos apresentam medidas de resultados que têm sido usadas em estudos clínicos e na avaliação da perda auditiva (algumas delas foram desenvolvidas para outras doenças ou para medidas de saúde geral e adaptadas para perda auditiva), e não há um consenso claro sobre qual é a medida mais apropriada. A escolha de medidas de resultados para alguma proposta dependerá do objetivo específico do estudo ou intervenção e do local clínico em que a avaliação será desenvolvida. Atualmente, não há uma medida de resultado universalmente aceita que incorpora o espectro do comprometimento funcional e problemas na qualidade de vida associados com a perda auditiva. Uma premissa importante atualmente discutida é que para a administração da perda auditiva é importante compreender, analisar sistematicamente e medir o impacto da perda auditiva nos domínios da saúde e relacionados à saúde. Nesse sentido, a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), lançada em 2001, pela Organização Mundial de Saúde1 constitui um instrumento adequado para identificar os componentes de saúde, as condições da funcionalidade, do ambiente, assim como as características pessoais que interferem na qualidade de vida2. Além de padronizar a linguagem relacionada à deficiência, auxiliando a comunicação e a troca de informações, permite abordar as diferent. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Marina Morettin - Integrante.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
10.   2011-Atual. Instrumentos Robóticos Autônomos para Coleta de Dados e Monitoramento Ambiental
Descrição: O objetivo principal deste projeto é o desenvolvimento de sistemas autônomos integrados a rede de sensores para monitoramento e coleta de dados ambientais em zonas costeiras, fluviais e lacustres. Este projeto desenvolverá dois barcos robóticos de operação autônoma, com capacidade para a execução de tarefas de sensoriamento científico, coleta de amostras e monitoramento de reservas ambientais, sendo um barco dedicado para operações costeiras e outro para operações em rios e lagos na Região Amazônica. Outro objetivo do projeto é o desenvolvimento de uma arquitetura integrada de software para controle autônomo de barco robótico e projeto e construção de protótipos. Esta arquitetura será responsável pelo gerenciamento e controle do barco, planejamento e execução de trajetórias, comunicação com supervisores humanos localizados em bases de operações, localização e mapeamento.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . Integrantes: Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / Aristides Pavani Filho - Coordenador / Carlos Arthur Sobreira Rocha - Integrante / Ricardo Fialho Colares - Integrante / Raimundo Nonato de Lima Conceição - Integrante / Antonio Geraldo Ferreira - Integrante / Bruce Rider Forsberg - Integrante. Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Membro: Dionne Cavalcante Monteiro.
11.   2011-Atual. Interações entre treinos respondentes e operantes no controle de estímulos
Descrição: O projeto tem como objetivo principal analisar o efeito de treinos de controle de estímulos por procedimentos respondentes sobre a aquisição de operantes discriminados. Especificamente são estudados os efeitos de somação, bolqueio e sombreamento.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / Francisco Andeson Gonçalves Carneiro - Integrante.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
12.   2011-2014. Investigação de condições que afetam o grau de relacionamento de estímulos equivalentes por meio de potenciais relacionados ao evento
Descrição: O modelo de equivalência de estímulos desenvolvido por Sidman e colaboradores fornece critérios operacionais para identificar funções simbólicas em comportamentos observáveis e para simular em laboratório relações simbólicas que ocorrem naturalmente. Saber se relações de equivalência podem ser estabelecidas em níveis diferentes ? e, em caso positivo, conhecer as condições que favorecem o estabelecimento de relações mais consistentes ? é um desafio científico que tem implicações não apenas teóricas, mas também para a prática de pesquisas básicas, translacionais e aplicadas que envolvem o paradigma de equivalência de estímulos. A metodologia especificada pelo paradigma de equivalência, baseada em procedimentos de emparelhamento ao modelo, tem poucos recursos para determinar qualquer diferença quantitativa entre as relações estabelecidas. Estimativas sobre variações no grau de relacionamento de estímulos equivalentes têm sido feitas de maneira indireta ? por exemplo, pela mensuração do nível de transferência de funções estabelecido entre os estímulos de uma mesma classe. Este projeto propõe o desenvolvimento de uma nova linha de investigação para medir o grau de relacionamento entre estímulos de forma mais direta, por meio de técnicas de extração de potenciais relacionados ao evento. São propostos estudos para investigar se o grau de relacionamento entre estímulos equivalentes varia, por exemplo, em função do conteúdo emocional das classes estabelecidas e de diversos parâmetros experimentais de procedimentos de ensino.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Renato Bortoloti - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Renato Bortoloti.
13.   2011-Atual. Neural Correlates of Language Development in Williams Syndrome
Descrição: Advances in neurogenetics are increasingly contributing for the advance of knowledge on the genetics determinants of human cognition. The description of a rare genetic syndrome - Williams Syndrome (WS) opened a new window for inquiring into the neurological determinants of neurocognitive and behavioural phenotypes, because this syndrome was first described as involving a dissociation in higher cortical functions. In fact, the cognitive hallmark of WS is a neuro-cognitive dissociation that includes severe difficulties in visuospatial integration along with relative strengths in face processing, short-term auditory memory and linguistic functions. Indeed, this distinctive neuropsychological profile fostered several studies triggered by an initial proposal that WS was a genetic model for studying a language module independent from cognition. However, this hypothesis was further challenged and subsequent studies, including seminal work from our research team, demonstrated that language in WS is impaired along with other cognitive domains [1-4]. This disorder is also associated with abnormalities in brain structure and several MRI studies have been carried out to map volumetric changes associated with WS specific language profile. Again, our previous work showed that superior temporal gyrus, a brain region strongly related with language processes, was abnormal and correlated with language impairments in our cohort of patients [4]. However, despite important progress afforded by structural MRI studies that allowed bridging neuromorphological patterns of this disorder and some dimensions of WS language phenotype, a more detailed knowledge of the neural correlates involved in language processing in WS requires functional neuroimaging studies. The few published functional studies in this domain suggested abnormal patterns of brain activation in WS, but they were mainly focused on understanding the neural mechanisms underlying auditory music processing and (Verba FCT-Portugal). Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Célia Maria Giacheti - Integrante / Natalia Freitas Rossi - Integrante / Adriana Sampaio - Coordenador / Gonçalves, Óscar F. - Integrante / Cláudia Isabel Marinho Baptista Martins - Integrante / María Montserrat Fernández - Integrante / Margaret Niznikiewicz - Integrante / Martha Elizabeth Shenton - Integrante / Mavilde Rodrigues Arantes da Silva Longarito - Integrante. Financiador(es): Universidade do Minho - Auxílio financeiro.
Membro: Célia Maria Giacheti.
14.   2011-2015. O desenvolvimento da confiança seletiva: uma investigação sobre os efeitos da cultura e da cognição social
Descrição: Há uma visão predominante em várias culturas de que as crianças são propensas à credulidade e acreditam em tudo o que seus interlocutores lhes dizem. Há, no entanto, evidências recentes que demonstram que as crianças são capazes de identificar quando um informante é confiável ou não. Mais especificamente, as crianças preferem aprender informações novas de indivíduos que têm um histórico confiável (sempre dão informações precisas) do que informantes que com frequência parecem desconhecer ou se equivocar a respeito de uma determinada situação. O estudo do desenvolvimento da confiança seletiva pode, portanto, ajudar a esclarecer os processos psicológicos pelos quais as crianças adquirem conhecimento, bem como a universalidade de tais processos. A presente proposta tem dois objetivos principais: a) determinar a relação entre a confiança seletiva em crianças pré-escolares e sua compreensão dos estados mentais alheios; e b) comparar a emergência da confiança seletiva entre crianças brasileiras e americanas, uma vez que sistemas sociais diferem muito em relação ao nível de tolerância para a mentira e a desconfiança. Noventa crianças brasileiras e noventa crianças americanas de 3 e 4 anos serão avaliadas em uma tarefa de confiança seletiva e por uma escala de teoria da mente criada para se avaliar diferentes componentes da mesma. Ao explorar tais questões, a presente proposta pode representar uma contribuição importante para o campo de estudos sobre desenvolvimento sociocognitivo e, de um modo mais amplo, para a Psicologia do Desenvolvimento brasileira e internacional, em especial, porque será o primeiro estudo investigando a confiança seletiva em duas culturas diferentes: a americana e a brasileira.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Debora de Hollanda Souza - Coordenador / Natália Benincasa Velludo - Integrante / Melissa Ann Koenig - Integrante / Rafael Lopes - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 5
Membro: Debora de Hollanda Souza.
15.   2011-2014. Otimização da comunicação inicial no autismo
Descrição: A presente pesquisa visa descobrir e manejar fontes de controle da variabilidade comportamental em procedimentos delineados para estabelecer pré-requisitos para a comunicação simbólica em crianças com transtornos de neurodesenvolvimento (NDDs). Os objetivos principais são: 1) Avaliar o potencial que essas crianças apresentam para aprender relações verdadeiramente simbólicas, definidas operacionalmente como relações de equivalência entre estímulos fisicamente dissimilares (e.g., entre símbolo e referente) e 2) Analisar e gerenciar fontes de variabilidade comportamental na aquisição de relações simbólicas, que é pouco compreendida teoricamente e se mantém como um entrave significativo para a terapia e a pesquisa comportamental. Será empregado um delineamento de contraste, com quatro grupos: crianças com autismo, crianças com déficit intelectual, crianças com surdez pré-lingual usuárias de implante coclear ou outros dispositivos de amplificação sonora, e crianças com desenvolvimento típico. Crianças com autismo e com déficit intelectual apresentam transtornos severos no desenvolvimento neuropsicológico, enquanto crianças com implante não apresentam este transtorno (podem ter funcionamento cognitivo similar ao de crianças com desenvolvimento típico, exceto pelo atraso de linguagem). Portanto será possível avaliar a aprendizagem de material simbólico novo com crianças com e sem déficit cognitivo, com e sem aquisição prévia de linguagem, em faixas etárias comparáveis. Os resultados poderão ter implicações significativas para intervenções sobre a comunicação de crianças não-verbais. Palavras-chave: comunicação; linguagem; símbolo; transtornos do desenvolvimento, crianças . . Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Integrante / Heloísa Helena Motta Bandini - Integrante / Júlio César C de Rose - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Ana Claudia Moreira AlmeidaVerdu - Integrante / William J. McIlvane - Integrante / Richard SernaWilliam V. Dube - Integrante / William V. Dube - Integrante.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
16.   2011-2015. Pesquisa básica e aplicada sobre equivalência de estímulos
Descrição: Este projeto compreende uma vertente de pesquisa básica e uma de aplicação. Na vertente de pesquisa básica será estudada a variação do grau de relacionamento entre estímulos equivalentes, como função de diferentes parâmetros de treino. Para estudar o grau de relacionamento entre estímulos serão estabelecidas, por meio de procedimento de emparelhamento com modelo (discriminação condicional) classes de estímulos equivalentes contendo um estímulo significativo (geralmente faces expressando emoções de raiva, alegria ou neutralidade) e figuras abstratas. As figuras abstratas equivalentes a expressões emocionais serão avaliadas pelo diferencial semântico. A comparação destas avaliações, com avaliações das faces feitas por um grupo de controle possibilitarão a estimativa do grau de relacionamento entre os estímulos abstratos e as faces. Vários experimentos avaliarão o efeito de diversos parâmetros sobre o grau de relacionamento. Os parâmetros estudados serão: duração do atraso entre remoção do modelo e aparecimento dos estímulos de comparação no treino de emparelhamento com modelo; supertreino na linha de base de discriminação condicional; diferentes arranjos de treino de discriminação condicional (linear, um para muitos e muitos para um) e diferentes tipos de estímulos significativos. Também será avaliado, por meio do diferencial semântico, o relacionamento entre estímulos significativos e abstratos após o estabelecimento de relações de oposição e relações do tipo ?maior que? e ?menor que? entre estímulos significativos e estímulos abstratos. Na vertente de pesquisa aplicada serão feitas avaliações de eficácia, efetividade e transportabilidade de dois programas de ensino de habilidades rudimentares de leitura e escrita, aplicados a crianças de escolas públicas com dificuldades de aprendizagem de leitura e escrita. A avaliação da eficácia será feita com a aplicação dos programas em uma classe experimental informatizada, de modo que as condições se aproximam de condições controladas de laboratório. Um grupo será submetido ao programa de ensino de habilidades básicas de leitura e escrita, tendo o desempenho comparado com dois grupos de controle. Um dos grupos de controle será submetido a um programa de ensino em computador que não envolve habilidades de leitura e escrita. O outro não será submetido a nenhum programa e receberá apenas um pré-teste e um pós teste. A avaliação da efetividade será realizada com a aplicação do programa em escolas públicas municipais, havendo também a comparação de um grupo experimental com grupos de controle. A avaliação da transportabilidade será feita por meio de entrevistas com professores, alunos e outros agentes educacionais, para verificar como avaliam possíveis benefícios do programa de ensino e sua disposição para utilizá-lo com alunos que apresentem dificuldades de aprendizagem.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (6) . Integrantes: Julio Cesar Coelho de Rose - Coordenador / Renato Bortoloti - Integrante / William Ferreira Perez - Integrante / Naiene S. Pimentel - Integrante / Viviane Verdu Rico - Integrante. Número de produções C, T A: 32 / Número de orientações: 5
Membro: Julio Cesar Coelho de Rose.
17.   2011-2015. Responder por exclusão em ratos Wistar
Descrição: Responder por exclusão é a seleção de uma alternativa correta pela exclusão lógica de outras alternativas em potencial. Tal repertório é bem documentado em humanos, desde crianças muito jovens até idosos, com ou sem problemas de desenvolvimento. Os estudos com não humanos, porém, ainda são recentes e têm esbarrado em dificuldades metodológicas de várias ordens. Estudos recentes descrevem a capacidade de alguns mamíferos (cães e macacos) e aves (pombos) responderem por exclusão e destacam a necessidade de esforços no desenvolvimento de metodologias adequadas para a investigação deste fenômeno em animais não humanos. Este tipo de resposta ainda não foi documentada em ratos Wistar e o objetivo do presente estudo é verificar sua ocorrência em animais dessa espécie em tarefas de discriminação visual simples simultânea e em discriminações condicionais envolvendo estímulos visuais (Estudo 1) e olfativos e visuais (Estudo 2). Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Andréia Schmidt - Coordenador / Matheus Felipe de Souza - Integrante. Número de produções C, T A: 1
Membro: Andréia Schmidt.
18.   2011-Atual. Tecnologias avançadas e indicadores de sucesso de crianças implantadas até os três anos de vida (CNPq Processo PQ 308622/2010-3)
Descrição: Produtividade em Pesquisa - Os implantes cocleares (IC) em crianças celebram os seus 20 anos de existência. Nunca na história da humanidade houve um dispositivo que pudesse substituir, mesmo que parcialmente, um órgão sensorial. Principalmente na infância, as conseqüências da surdez são graves, podendo comprometer o desenvolvimento global da criança e, portanto, sua qualidade de vida. O IC é capaz de possibilitar a integração da criança ao mundo sonoro e a percepção dos sons da fala, e sua seleção e indicação, assim como os resultados a serem alcançados pelas crianças pré-linguais implantadas, constituem-se em um processo complexo e multidimensional. No Brasil, o IC multicanal teve início em 1990 no Centro de Pesquisas Audiológicas (CPA) do Hospital de Anomalias Craniofaciais (HRAC) da Universidade de São Paulo em Bauru que foi o responsável pela inclusão dos implantes cocleares (IC) no Sistema Único de Saúde (SUS). Desde então, o CPA realiza estudos sobre os resultados das crianças usuárias de Implante Coclear acompanhadas no serviço, na busca constante pelo aperfeiçoamento do atendimento prestado à essa população. A análise dos resultados parciais do projeto desenvolvido no período de 2007 à 2010 Acompanhamento de crianças usuárias em implante coclear: uma abordagem biopsicossocial , sobre as habilidades auditivas e de linguagem de 658 crianças implantadas no CPA trouxe à luz algumas questões sobre o desenvolvimento das crianças que realizam a cirurgia de IC até três anos de idade, não somente no que se refere à essas habilidades, mas questões referentes ao seu desenvolvimento biopsicossocial, como o desempenho acadêmico e social. Dessa forma, o presente estudo tem como objetivo principal investigar os resultados de desenvolvimento dos aspectos biopsicossociais de crianças deficientes auditivas neurossensorial bilateral que realizaram a cirurgia até os três anos de idade. Assim, será possível compreender melhor e de maneira mais detalhada o tipo de impacto que o . Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
19.   2011-Atual. Variáveis definidoras da resolução de problemas do tipo insight
Descrição: A investigação experimental sobre a origem de comportamentos novos tem sido um investimento antigo e persistente da Psicologia da Aprendizagem . Tradicionalmente, a questão é abordada através de procedimentos de resolução de problemas, e um achado empírico destes procedimentos é a resolução súbita do problema, chamada de resolução do tipo ?insight?. O presente projeto pretende investigar qual o efeito de variáveis paramétricas, como o tipo de treino (sucessivo e concomitante), quantidade de treino (simétrico ou assimétrico), e o tipo de consequênciação (positiva ou negativa); na ocorrência e topografia da resolução súbita de problemas do tipo ?Insight? em diferentes espécies.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / Marcus Bentes de Carvalho Neto - Integrante / Hernando Borges Neves Filho - Integrante / Larissa dos Reis Stella - Integrante / Rodrigo Harder Ferro Dicezare - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Miriam Garcia Mijares.

2010

1.   2010-2011. Animação de Fluídos em Tempo Real
Descrição: A animação de água em tempo real, necessidade não resolvida tanto no projeto ITV, como no do jogo da cabanagem, tem sido estudada na literatura, de maneira mais geral como animação de fluídos em tempo real [19,20] . Tradicionalmente a animação de fluidos em tempo real tem sido implementadas usando técnicas de computação dinâmica de fluídos (Computational Fluid Dynamics , CFD), [21]. A Animação de fluídos é importante em aplicações de realidade virtual de treinamento e em jogos eletrônicos, para manter mantenedores, operadores (RV), e jogadores (games), imersos em ambientes virtuais realistas, ou seja, tempo real é uma requisição fundamental para esses sistemas, o que é uma grande dificuldade de se obter com métodos CFD tradicionais, devido ao alto custo computacional de suas simulações. Uma outra abordagem, LGCA [20], tem encontrado melhores resultados para animação de fluídos em tempo real. LGCA são modelos discretos baseados em partículas que se movem sobre uma malha regular, sob a ação de regras simples de maneira a imitar a dinâmica molecular dos fluídos. As partículas só podem se mover sobre as arestas das malhas, e suas interações são baseadas em regras simples de colisão. Essa metodologia, tem requerido baixo custo computacional tanto para alocação de memória quanto para o processamento computacional. Essa abordagem requer programação em GPU (Graphics Processing Unit, ou Unidade de Processamento Gráfico ). Portanto o principal problema a ser abordado será a animação de fluídos em tempo real para aplicações em realidade virtual e em jogos eletrônicos. Como exemplo de aplicação serão animados o fluxo de água na tubulação e caixa espiral de uma unidade geradora virtual, particularmente de uma casa de força da usina de Tucurui, já modelada, e com procedimento de partida da máquina já implementado. Também, serão geradas chuvas sobre a cidade virtual de Belém do jogo da Cabanagem. . Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Manoel Ribeiro Filho - Coordenador / Nathalia Mendes Negrão - Integrante / Rogerio Romulo da Silva - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Manoel Ribeiro Filho.
2.   2010-2013. Aprendizagem da relação nome-objeto por exclusão em crianças de diferentes faixas etárias
Descrição: O responder por exclusão, também referido como mapeamento rápido por autores da Psicolingüística, é um padrão consistente de comportamento pelo qual a criança, quando exposta a um conjunto de objetos familiares (já relacionados a nomes) e um objeto desconhecido, tende a selecionar o objeto desconhecido diante de um nome novo (nome que não tenha sido antes relacionado a qualquer outro objeto). Ou seja, a criança tende a relacionar o nome desconhecido ao objeto não familiar, o que parece ser um processo básico subjacente à aquisição de vocabulário. Muitos dados da literatura mostram, porém, que essa relação demonstrada pela criança não necessariamente se mantém após o episódio inicial de responder por exclusão. Pesquisas de diferentes orientações teóricas sobre o tema relatam uma variabilidade grande nos resultados de aprendizagem dos participantes e essa variabilidade é atribuída por muitos autores à idade das crianças ou a variáveis de procedimento na condução dos experimentos. Os objetivos deste projeto são: a) verificar, em uma amostra de 80 crianças de diferentes faixas etárias (entre 18 e 48 meses), se a aprendizagem da relação nome-objeto em uma tentativa pode estar relacionada à idade; b) verificar, nas crianças dessa mesma amostra que não apresentaram aprendizagem da relação nome-objeto em uma tentativa, quantas exposições a essa relação são necessárias para que ocorra a aprendizagem; c) verificar o efeito de duas variáveis com potencial para produzir aprendizagem da relação nome-objeto após uma única tentativa de exclusão em crianças pequenas: a funcionalidade do objeto e a escolha, pela criança, do objeto a ser empregado nas sondas de exclusão.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (6) . Integrantes: Andréia Schmidt - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.Número de orientações: 7
Membro: Andréia Schmidt.
3.   2010-Atual. Associações entre habilidades de leitura, consciência fonológica, memória operacional fonológica e linguagem
Descrição: A política de atenção a pessoa com deficiência do Ministério da Saúde, propõe uma rede de cuidados integrais que considerem o sujeito como um todo. Os processos terapêuticos singulares devem atender às diversas necessidades da pessoa com deficiência para que a reabilitação possa ser considerada completa. O processo de reabilitação de crianças deficientes, em especial crianças com deficiência auditiva, intelectual e visual, perpassa pela aquisição de habilidades de linguagem tanto na forma oral como na forma escrita. Nestes casos, a aquisição de linguagem, torna-se uma forma de acesso a direitos comuns a todo cidadão, tais como a individualidade e a independência funcional da pessoa com deficiência e portanto amplia a qualidade de vida do reabilitando. Nesse contexto o estudo de habilidades consideradas pré-requisitos para a aquisição de linguagem oral e escrita, são extremamente importantes pois podem estabelecer formas de reabilitação eficazes para pacientes com graves deficiências. No entanto, as correlações entre os diferentes níveis de habilidades de consciência fonológica, bem como dos diferentes tipos funções da memória de curto prazo não estão bem estabelecidos. Este conjunto de estudos sobre o tema busca investigar: a) as possíveis correlações entre as habilidades de consciência fonológica em seus diferentes níveis, habilidades de memória operacional fonológica e linguagem na forma oral e escrita; b) a influência de outras habilidades cognitivas neste processo, tais como, a inteligência verbal e não verbal; c) as possibilidades de uso de um programa de treinamento das habilidades estudadas na criação de um programa de instrução das mesmas como forma de minimizar as dificuldades de aquisição de linguagem em especial em sua modalidade escrita.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Coordenador / Ana C. Sella - Integrante / Daniela Mendonça Ribeiro - Integrante. Número de produções C, T A: 1
Membro: Carmen Silvia Motta Bandini.
4.   2010-2012. Avaliação do website para fonoaudiólogos que trabalham na rede de saúde auditiva (FAPESP 2010/14928-7)
Descrição: 01 bolsa de Iniciação Científica O Departamento de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru- Universidade de São Paulo (USP) vem desde o final da década de noventa, desenvolvendo distintos materiais educacionais em CD-ROM. A partir de 2004, impulsionado pela parceria com a Disciplina de Telemedicina da Faculdade de Medicina da USP outros materiais didáticos, objetos de aprendizagem e curso online foram criados. Em 2009, após a análise dos resultados encontrados no projeto multicêntrico "Indicadores e proposta de avaliação da qualidade dos serviços de audiologia do Sistema Único de Saúde constatou-se a necessidade de permitir aos profissionais que trabalham na área de saúde auditiva o acesso a informações específicas e diretamente relacionadas às atividades desenvolvidas nos serviços distribuídos pelo país, promovendo a capacitação para o cumprimento das metas estabelecidas pelos programas e políticas públicas, além da reflexão e discussão sobre procedimentos atuais para melhor atendimento ao usuário SUS. Assim, visando divulgar conhecimento aos profissionais, a partir da experiência e da prática baseada em evidência relacionada aos processos para diagnóstico audiológico; seleção, indicação e adaptação aparelhos de amplificação sonora individuais em adultos e crianças deficientes auditivas; terapia fonoaudiológica para a população em questão e; informações gerais sobre as políticas públicas, serviços e sistemas, foi desenvolvido o site "Saúde Auditiva Brasil" (www.saudeauditivabrasil.org.br). Esse projeto tem como objetivo verificar o julgamento de qualidade do site "Saúde Auditiva Brasil" referente a estrutura por fonoaudiólogos que trabalham em serviços de saúde auditiva credenciados no Sistema Único de Saúde, permitindo a adequação da sua estrutura e sua melhor navegação pelos usuários.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Larissa Germiniani dos Santos - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
5.   2010-Atual. Avaliação e aperfeiçoamento de programas computadorizados de ensino de habilidades de leitura e escrita
Descrição: O presente projeto trata do desenvolvimento, refinamento e validação de tecnologia comportamental para o ensino de crianças que apresentam dificuldade no aprendizado de leitura e escrita no ensino regular. O objetivo principal desta pesquisa é avaliar um programa suplementar de ensino de leitura em relação a sua eficácia e eficiência, avaliando seus resultados tanto em ambiente controlado quanto no ambiente escolar. Além disso, este projeto buscará identificar aspectos relevantes para o aperfeiçoamento do programa e implementação em escolas públicas, acessados não só pelos dados produzidos nos experimentos, mas também pelo contato direto com os usuários na escola (alunos e professores que irão aplicar o programa).. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Julio Cesar Coelho de Rose - Coordenador / Viviane Verdu Rico - Integrante / Maria Clara de Freitas - Integrante / Debora Correa de Lima - Integrante. Número de produções C, T A: 1
Membro: Julio Cesar Coelho de Rose.
6.   2010-2013. Avaliação, Modernização e Integração da rede NAVEGAPARÁ com tecnologias de comunicação heterogêneas: Uma abordagem para a inclusão digital e social
Descrição: O projeto proposto possui as seguintes inovações tecnologicas: 1. Proposições de mecanismos e protocolos de otimização, adaptação e aferição da qualidade de serviços e experiência de conteúdos multimídia (voz e vídeo), e recursos em redes ópticas e sem fio de próxima geração com foco nos protocolos sem fio IEEE 802.11 e IEEE 802.16. 2. Metodologias de otimização de infra-estrutura de redes sem fio adotadas para soluções de última milha, como extensão do alcance do NAVEGAPARÁ. 3. Metodologias para a modernização da rede óptica do NAVEGAPARÁ para o contexto de redes ópticas de próxima geração. 4. Metodologia para a implantação de de redes de sensores sem fio integradas a rede NAVEGAPARÁ com vistas ao monitoramento ambiental. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Dionne Cavalcante Monteiro - Coordenador / Antonio Jorge Gomes Abelém - Integrante / Agostinho Luiz da Silva Castro - Integrante / Eduardo Coelhor Cerqueira - Integrante / Gervásio Protásio dos Santos Cavalcante - Integrante / Gleysom Cardoso Brandão - Integrante / Henrique Yoshiaki Taniyama - Integrante / Anderson Marques Nunes - Integrante / Thiêgo Maciel Nunes - Integrante / Jaime Viana de Sousa - Integrante / Vagner de Brito Nascimento - Integrante / Fernando Nazareno Nascimento Farias - Integrante.
Membro: Dionne Cavalcante Monteiro.
7.   2010-2012. Construção de um material de apoio para fonoaudiólogos da rede de saúde auditiva: o uso do website Saúde Auditiva Brasil (FAPESP 2010/14938-2)
Descrição: 01 bolsa de Iniciação Científica A instituição de uma Política Nacional de Atenção à Saúde Auditiva foi um grande avanço para o atendimento do deficiente auditivo no país, mas ainda existem dificuldades para que estas sejam implementadas adequadamente. A nova política de saúde desencadeou a reorganização de Serviços de Audiologia já existentes e a criação de novos com contratação de novas equipes. Dessa forma, um dos principais desafios dessa Política é garantir o atendimento de qualidade a toda população do país, integrando todos os serviços de saúde auditiva no que se refere ao conhecimento dos profissionais, devido à extensão do território nacional e as diversidades regionais. Tendo em vista a necessidade dos profissionais em se atualizar, por meio de uma ferramenta fácil e atual como o website www.saudeauditivabrasil.org.br, este estudo busca propiciar recursos para a melhor formação dos profissionais que trabalham em serviços públicos em todas as regiões do país por meio do desenvolvimento de um material de apoio que reúne as questões mais frequentes postadas pelos profissionais no espaço criado para esclarecimentos e/ou discussões de tópicos dentro do website. Espera-se que tal material permita o aprimoramento das políticas voltadas ao atendimento do deficiente auditivo, buscando oferecer aos profissionais da área da saúde auditiva uma ferramenta não só de informação, mas um espaço para modificar as ações fonoaudiológicas de modo a propiciar oportunidades para transformações na prática assistencial com vistas à melhoria nas condições da atenção multiprofissional dirigida à saúde deste segmento populacional.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Débora Longo Miyashita - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
8.   2010-2012. Contingências operantes na aprendizagem relacional por bebês
Descrição: O projeto é resultado de um conjunto de estudos anteriores a respeito de proposições experimentais para verificar aprendizagem de discriminação simples e de discriminação condicional com crianças de até 36 meses de idade e na identificação de contingências em vigor nos ambientes experimentais localizados em laboratório ou na residência da população participante. O objetivo da presente proposta é acumular dados empíricos para detalhar dois possíveis componentes da aprendizagem relacional em crianças de 6 a 18 meses: a aprendizagem por exclusão e a atenção compartilhada. Ambos componentes seriam capacidades básicas que podem contribuir para a compreensão comportamental de diversos repertórios simbólicos, entre eles o fenômeno da explosão de vocabulário dos pequenos, por volta dos 18 meses.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Thais Porlan de Oliveira - Coordenador / André Luiz Freitas Dias - Integrante / Junio Vieira de Rezende - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Thais Porlan de Oliveira.
9.   2010-2014. Envolvimento das vias serotonérgicas na etiologia dos sintomas maníacos: avaliação em ratos com lesão eletrolítica do núcleo mediano da rafe
Descrição: poucas pesquisa têm produzido modelos animais para sintomas maníacos, conseguindo reproduzir parcialmente alguns comportamentos do espectro em questão. Dentre estas as que, até o momento, conseguiram reproduzir tanto comportamentos quanto alterações anatomo-fisiológicas envolvem lesões químicas serotonérgicas. A investigação dos efeitos da lesão eletrolítica crônica da região do núcleo mediano da rafe vem corroborando tal hipótese, uma vez que os animais desenvolvem, assim como na manía, comportamentos exagerados estereotipados e resistentes a mudança. O objetivo desta pesquisa é investigar a co-ocorrência dos demais sintomas maníacos nos animais lesados (alterações na sociabilidade e comunicação), o que contribuiria para a melhor compreensão do envolvimento das vias serotonérgicas na etiologia dos sintomas maníacos.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / Katsumasa Hoshino - Integrante / Fernanda Augustini Pezzato - Integrante / D B Novais - Integrante / D T SILVEIRA - Integrante / S OLIVATO - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
10.   2010-2012. Estudo comparativo do modelo SUS com um modelo Streamline: uma análise do custo-efetividade e medidas de resultados (CNPq 505006/2010-3)
Descrição: 01 Bolsa de Apoio Técnico, nível superior Desde o final da década passada, a preocupação em relação aos aspectos auditivos da população mundial vem crescendo em todo mundo, visto o aumento nas estimativas da prevalência da perda auditiva nos últimos anos. As consequências deste aumento na economia do país são grandes, visto os enormes gastos dispensados para o tratamento da população deficiente auditiva. No Brasil, desde 2004, com a implementação da Política Nacional de Saúde Auditiva (SAS/MS nº. 587 de 07/10/2004), o paciente recebe tratamento integral nos serviços de saúde auditiva, desde o diagnóstico audiológico até a (re) habilitação auditiva. As Portarias SAS/MS nº. 587 de 07/10/2004 e SAS/MS nº. 589, de 08/10/2004 (BRASIL, 2004) descrevem como devem ser operacionalizados esses atendimentos, mas até o presente momento, nenhuma avaliação do custo-efetividade dessa estruturação foi realizada. Atendendo ao Edital MCT/CNPq nº 014/2008, cujo objetivo é apoiar atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação que visem contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico do país, e os interesses do grupo WW Hearing, órgão vinculado à Organização Mundial de Saúde que visa contribuir para o aperfeiçoamento da política e das ações de saúde auditiva em países em desenvolvimento, o projeto de pesquisa, denominado ?Estudo comparativo do modelo SUS com um modelo Streamline: uma análise do custo-efetividade e medidas de resultados? tem o objetivo de avaliar e comparar dois modelos de atendimento de serviços de saúde auditiva, no que se refere ao custo e à satisfação e aos benefícios do usuário. Dessa forma, espera-se contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços públicos que atendem a população deficiente auditiva no país, buscando o uso racional de recursos públicos e a minimização do impacto econômico dessa intervenção.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Ademir Antonio Comerlatto Junior - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
11.   2010-2013. Estudo Multicultural de Validação do ASR e ABCL
Descrição: A maior parte dos estudos sobre problemas de comportamento utilizam métodos padronizados para analisar sistematicamente as semelhanças e diferenças encontradas na população em função de diferentes variáveis, incluindo o fator cultural, o que pode facilitar comunicação entre os diferentes profissionais da saúde mental no mundo e ampliar o conhecimento que temos sobre a magnitude global dos problemas. O ASEBA é composto por um conjunto de questionários que utilizam métodos quantitativos para avaliar problemas comportamentais/emocionais, competências e características adaptativas de pessoas na diferentes faixas etárias, incluindo desde crianças com um ano e seis meses de idade, até idosos com mais de 90 anos. O uso do ASEBA na população brasileira adulta é ainda muito restrito, com dados relativos apenas a pequenas amostras. Não há, ainda, uma iniciativa de validação dos instrumentos direcionados para essa faixa etária, apesar de ser reconhecido que um sistema estruturado de avaliação a partir de múltiplos informantes possa oferecer uma avaliação clínica mais completa para os adultos. O presente estudo vai ao encontro da perspectiva de validação multicultural dos instrumentos ASEBA, investigando a validade dos instrumentos ASEBA para adultos na população brasileira para contribuir com a elaboração do estudo de validação multicultal desses instrumentos, que está em desenvolvimento no momento em diversos países. O objetivo principal é validar as versões brasileiras do Adult Self Report (ASR) e do Adult Behavior Checklist (ABCL). Visando a obter dados com adultos de diversas regiões do Brasil, será solicitado a pesquisadores da área de psicologia que colaborem com a coleta de dados pesquisa, aplicando 100 ASRs em adultos da população geral das cidades onde moram e o 100 ABCLs em adultos que conheçam bem aqueles que responderam ao ASR, totalizando 700 participantes de 18 a 59 e/ou 1400 questionários, sendo metade de cada tipo, de acordo com faixa etária e nível socio econô. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Célia Maria Giacheti - Integrante / Gimeniz-Paschoal, Sandra Regina - Integrante / Marina Monzani da Rocha - Integrante / Edwiges Ferreira de Mattos Silvares - Coordenador / Rodrigo Fernando Pereira - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Célia Maria Giacheti.
12.   2010-2013. Estudos sobre comportamentos pré-simbólico em humanos e não-humanos
Descrição: Conjunto de quatro estudos. Estudo 1: 1 ) Ampliar a base de dados empíricos sobre a aprendizagem de discriminação simples auditiva em Cebus apella, utilizando um procedimento Go/No-Go que procura desfavorecer o controle discriminativo visual na tarefa; 1.1) Avaliar a ocorrência de learning set na tarefa anterior; 2) Avaliar com os sujeitos que aprendam a tarefa de discriminação simples auditiva a formação de classes funcionais com os estímulos auditivos. Estudo 2: investigar em macacos-prego (Cebus apella) os efeitos de treinos mistos de discriminação condicional por identidade e arbitrárias, com um mesmo conjunto de estímulos, usando um procedimento Go/No-go e um procedimento de matching-to-sample com atraso zero, sobre 1) a aquisição destes repertórios discriminativos, e 2) a emergência de simetria. Estudo 3: procurará realizar um treino, ainda não documentado na literatura, de formação de classes funcionais via procedimento de mudanças repetidas de discriminação simples utilizando-se estímulos olfativos. Estudo 4: 1) Investigar a aquisição do repertório de discriminação auditivo-visual, em crianças com menos de 24 meses de vida, a partir de um treino que favoreça a ?aprendizagem por exclusão?; 2) A partir da aprendizagem por exclusão do repertório de discriminação auditivo-visual verificar a possível transferência desta aprendizagem para o repertório de produção verbal (nomeação).. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . Integrantes: Carlos Barbosa Alves de Souza - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Carlos Barbosa Alves de Souza.
13.   2010-2013. Estudos sobre controle de estímulos e formação de classes em macacos-prego Cebus apella
Descrição: O presente projeto de pesquisa, portanto, explora procedimentos alternativos para acessar a formação de classes de equivalência em sujeitos não-humanos. Um conjunto vasto de estudos está em andamento em nosso laboratório no sentido de desenvolver procedimentos efetivos para a produção de repertórios discriminativos nos sujeitos que sejam coerentes com o planejamento experimental. São utilizados macacos-prego como sujeitos. Os animais são submetidos a sessões experimentais diárias onde são apresentados a tarefas discriminativas a serem desempenhadas na tela sensível de um computador ou através da manipulação de objetos. Pesquisa dessa natureza tem impacto tanto sobre o conhecimento teórico relativo ao comportamento simbólico quanto sobre o desenvolvimento de tecnologia para a construção de repertório simbólico em crianças com desenvolvimento atípico e severamente atrasado. Os resultados da presente pesquisa podem também representar avanços no sentido do estabelecimento de um modelo animal para comportamento simbólico.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) . Integrantes: Romariz da Silva Barros - Coordenador / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Katarina Bonfin Kataoka - Integrante / Ilara Reis Nogueira da Cruz - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Carlos Rafael Fernandes Picanço - Integrante / Paulo Dillon Soares Filho - Integrante / Lidianne Lins de Queiroz - Integrante / Álvaro Júnior Melo e Silva - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T A: 3 / Número de orientações: 5
Membro: Romariz da Silva Barros.
14.   2010-Atual. Estudos Transposicionais dos Efeitos Neurocomportamentais da Exposição ao Mercúrio
Descrição: Projeto financiado conjuntamente pelo Fogarty Institute e outros institutos do NIH, incluindo o Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano e o Instituto Nacional de Ciências Ambientais da Saúde. Pesquisadores básicos e clínicos da University of Massachusetts Medical School (UMMS), Auburn University (AU), Harvard University, e da Universidade Federal do Pará (UFPA) (Brasil) solicitaram financiamento para desenvolver um programa translacional e interdisciplinar de pesquisa biocomportamental e treinamento em pesquisa com foco nos efeitos neurotóxicos da exposição a metais pesados em humanos e em modelos animais. Neste primeiro projeto colaborativo, o foco primário será acerca dos efeitos da exposição ao mercúrio (focando inicialmente o metilmercúrio). Os pesquisadores irão (a) validar novas metodologias para avaliar o funcionamento neurocomportamental em primatas não-humanos, (b) aplicar essas metodologias para estudar os efeitos da exposição ao mercúrio sobre seu comportamento, e (c) estender essa metodologia para avaliar o funcionamento sensorial e neurocognitivo da exposição ao mercúrio em crianças que morem próximas à jazidas de mineração de ouro no norte do Brasil. http://www.fic.nih.gov/programs/research_grants/brain_disorder/awards-planning.htm.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / William Jay McIlvane - Coordenador / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Luiz Carlos de Lima Silveira - Integrante. Financiador(es): National Institutes of Health - Auxílio financeiro.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: Projeto financiado conjuntamente pelo Fogarty Institute e outros institutos do NIH, incluindo o Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano e o Instituto Nacional de Ciências Ambientais da Saúde. Pesquisadores básicos e clínicos da University of Massachusetts Medical School (UMMS), Auburn University (AU), Harvard University, e da Universidade Federal do Pará (UFPA) (Brasil) solicitaram financiamento para desenvolver um programa translacional e interdisciplinar de pesquisa biocomportamental e treinamento em pesquisa com foco nos efeitos neurotóxicos da exposição a metais pesados em humanos e em modelos animais. Neste primeiro projeto colaborativo, o foco primário será acerca dos efeitos da exposição ao mercúrio (focando inicialmente o metilmercúrio). Os pesquisadores irão (a) validar novas metodologias para avaliar o funcionamento neurocomportamental em primatas não-humanos, (b) aplicar essas metodologias para estudar os efeitos da exposição ao mercúrio sobre o comportamento, e (c) estender essa metodologia para avaliar o funcionamento sensorial e neurocognitivo da exposição ao mercúrio em crianças que morem próximas à jazidas de mineração de ouro no norte do Brasil. http://www.fic.nih.gov/programs/research_grants/brain_disorder/awards-planning.htm NIH ? Translational studies of Neurobehavioral Effects of Mercury Exposure - PAR-05-100, Fogarty Institute, NIH/NIEHS (National Institute of Child Health and Human Development and the National Institute of Environmental Health Sciences). PI: William McIlvane, Prime Award No. 5-R21-ES015464-02; Coordenador no Brasil: Olavo Galvão, Subaward No. 6125894/RFS2011138. U.S. Dollars $109,200.00. Em andamento, prorrogado até 10/2014.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Leo H. Buchanan - Integrante / William Jay McIlvane - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Luiz Carlos de Lima Silveira - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): National Institutes of Health - Auxílio financeiro.
Membro: Olavo de Faria Galvão.
15.   2010-2012. Habilidades Auditivas e de Linguagem em usuários de Implante Coclear: Análise dos marcadores clínicos de desenvolvimento
Descrição: Este estudo tem como objetivo principal determinar a presença de marcadores clínicos de desenvolvimento das habilidades auditivas e de linguagem de sujeitos usuários de Implante Coclear. Pretende-se também com a pesquisa: Investigar os principais fatores que influenciam no desenvolvimento das habilidades auditivas e de linguagem por meio da revisão sistemática da literatura; - Descrever a população atendida no Centro de Pesquisas Audiológicas quanto às variáveis sócio-demográficas e audiológicas; - Estudar as habilidades auditivas e de linguagem de usuários de implante coclear; - Investigar os principais marcadores clínicos que afetam o desenvolvimento das habilidades auditivas e de linguagem em usuários de Implante coclear; . Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Adriane Lima Mortari Moret - Integrante / Marina Morettin - Integrante / Elisabete Honda Yamaguti - Integrante / Luzia Maria Pozzobom Ventura - Integrante / Marta Maria Resegue-Coppi - Integrante / Leandra Tabanez do Nascimento Silva - Integrante / Orozimbo Alves Costa Filho - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
16.   2010-2011. Laboratórios Virtuais de Bancadas Experimentais de Engenharia, dentro da linha 3)Produção de Conteúdos Educacionais e Materiais Didáticos.
Descrição: Este projeto tem como objetivo a construção de laboratórios virtuais de bancadas experimentais de engenharia utilizando técnicas de realidade virtual desktop.O Laboratório Virtual a ser construído será usado como complementação no ensino de turmas e disciplinas de engenharia, não só da UFPA, mais também em outras universidades brasileiras porque estes ficarão disponíveis no repositório de conteúdos do Sistema Universidade Aberta do Brasil, e em outros repositórios de domínio público do MEC. Para mostrar a viabilidade da proposta, e consolidar uma metodologia que poderá ser replicada para construção de outros laboratórios virtuais, será construído um Laboratório Virtual para Ensino de Eficiência Energética em um Sistema de Bombeamento de Água.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) . Integrantes: Manoel Ribeiro Filho - Coordenador / Maria Emilia Lima Tostes - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Membro: Manoel Ribeiro Filho.
17.   2010-2013. Neurocriptococose no Estado do Pará: estudo transversal retrospectivo, estudo prospectivo e avaliação sensorial.
Descrição: A criptococose em nativos ou residentes no Estado do Pará é uma endemia grave que ocorre em diferentes mesorregiões do estado e na área metropolitana de Belém. Ocorre principalmente em HIV negativos e sem evidência de fator predisponente; comporta-se como micose sistêmica primária causando meningoencefalite com letalidade acima de 40%; são observadas seqüelas incapacitantes acima de 80% nos sobreviventes, como perda de visão, hidrocefalia, entre outras. Casuísticas analisadas em Belém mostram cerca de 18-20% de crianças até 12 anos acometidas pela micose, quadro epidemiológico único no panorama mundial, demonstrando infecção a partir do ambiente desde os primeiros anos de vida. O agente principal é o Criptococcus gattii, tipo molecular VGII, considerado o genótipo mais virulento dentre os agentes da criptococose e encontrado no ambiente urbano em árvore e em casas de madeira em área de invasão da cidade de Belém. A criptococose associada à AIDS ocorre também na região, representando cerca de 50% dos casos de meningoencefalite criptocócica diagnosticada e referida para o Hospital Universitário João de Barros Barreto. Tem como agente principal o Criptococcus neoformans tipo molecular VNI, similar ao perfil observado mundialmente. Objetivo. Investigar achados que contribuem para melhoria do diagnóstico micológico dessa doença no Estado do Pará, visando o diagnóstico precoce e redução da letalidade. Além disso, identificar os principais genótipos circulantes dos agentes da micose no Pará, bem como buscar uma correlação clínico-epidemiológica através do estudo de casos. Caracterizar qualitativa e quantitativamente os comprometimentos sensoriais decorrentes de seqüelas de criptocose. Metodologia. A análise dos casos de neurocriptococose será realizada através de dois estudos: um transversal retrospectivo, ao longo de 10 anos, outro prospectivo, longitudinal, de série de casos. Serão incluídos todos os pacientes com criptococose confirmada laboratorialmente, de ambos os se. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Eduardo Oliveira Braga - Integrante / Alexandre Ferreira da Silva - Integrante / Lílian da Silva Rodrigues - Integrante / Tatiana Yuriko Yonekura de Souza - Integrante / Rose Sheila Rodrigues Carneiro - Integrante / Francisco Xavier Palheta Neto - Integrante / Solange do Perpétuo Socorro Evangelista Costa - Integrante / Wallace Raimundo Araújo dos Santos - Integrante / Márcia dos Santos Lazéra - Integrante / Luciana Trilles - Integrante / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Rita Catarina Medeiros Sousa - Integrante / Antônio José de Oliveira Castro - Integrante / Alexandre Antônio Marques Rosa - Integrante / Anderson Raiol Rodrigues - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro.
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
18.   2010-2013. Núcleo de excelência em neuropatologias emergentes ? Desenvolvimento de tecnologia para monitoramento neurofisiológico da saúde de populações amazônicas.
Descrição: O ?Núcleo de Excelência em Neuropatologias Emergentes ? Desenvolvimento de Tecnologia e Monitoramento Neurofisiológico da Saúde de Populações Amazônicas? constitui Projeto PRONEX em vigência, que está dando continuidade à bem sucedida empreitada realizada no ?Núcleo de Excelência em Neuropatologias Emergentes ? Desenvolvimento de Tecnologia para Monitoramento Neurofisiológico da Saúde de Populações Amazônicas?, projeto apoiado pelo FUNTEC, MCT e CNPq no programa PRONEX 2003 (PRONEX 1079 ? SECTAM / FUNTEC / UFPA / FADESP 2.07.02.00-0), coordenado por Luiz Carlos de Lima Silveira (UFPA) e vice-coordenado por Dora Selma Fix Ventura (USP). Através deste projeto, a intensa colaboração existente entre o Grupo de Neurociências da UFPA e o Grupo do Laboratório de Psicofisiologia Sensorial, coordenado por Dora Selma Fix Ventura, solidificou-se, propiciando a troca de experiências em psicofísica e eletrofisiologia humana, iniciada através de um importante apoio financeiro fornecido pela CAPES (CAPES-RENOR/FADESP 07; CAPES-PROCAD 0019/01-1), contemplando a realização de missões de trabalho (intercâmbio de pesquisadores), missões de estudo (intercâmbio de estudantes de doutorado e mestrado), realização de experimentos em conjunto e a compatibilização de protocolos. A utilização de métodos psicofísicos e eletrofisiológicos de avaliação visual pelo Grupo de Neurociências da UFPA não é nova. Ela começou com um apoio inicial da IBM, sob a forma de equipamentos, e do Plano Norte de Pesquisa e Pós-graduação (PNOPG), com recursos da FINEP, através do projeto ?Neurofisiologia e Neuroquímica de Patologias Regionais? (FINEP-PNOPG/FADESP 090/00-99). Com este apoio, foram iniciados o desenvolvimento e a adaptação de softwares para estimulação do sistema visual humano e registro das respostas comportamentais ou eletrofisiológicas. O trabalho de análise de sistemas e programação foi realizado por estudantes do curso de Ciência da Computação, co-orientados por Luiz Carlos de Lima Silveira (N. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (5) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Antônio Tobias Silveira - Integrante / Marcelo Fernandes da Costa - Integrante / Teiichi Oikawa - Integrante / Soraia Valéria de Oliveira Coelho Lameirão - Integrante / Dânia Emi Hamassaki - Integrante / Cléa Nazaré Carneiro Bichara - Integrante / Walter Wanderley Amoras - Integrante / Edmundo Frota de Almeida Sobrinho - Integrante / Marília Brasil Xavier - Integrante / Juarez Antônio Simões Quaresma - Integrante / Ana Júlia de Aquino Silveira - Integrante / Eduardo Oliveira Braga - Integrante / Christina Joselevitch - Integrante / Silene Maria Araújo de Lima - Integrante / Cláudio Eduardo Corrêa Teixeira - Integrante / Leonardo dos Santos Sena - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Russell David Hamer - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Rita Catarina Medeiros Sousa - Integrante / Antônio José de Oliveira Castro - Integrante / Alexandre Antônio Marques Rosa - Integrante / Anderson Raiol Rodrigues - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 33 / Número de orientações: 13
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
19.   2010-2012. Perfil da fluência da fala de indivíduos com a síndrome de Williams-Beuren (Edital MCT/CNPq 14/2009-474092/2009-7)
Descrição: A síndrome de Williams-Beuren (SWB) é uma afecção genética determinada pela microdeleção de genes contíguos em 7q11.23 que ocorre em 1 a cada 20.000 nascimentos. Esta síndrome é conhecida pelo perfil neurocognitivo peculiar que inclui dificuldades viso-construtivas em detrimento às habilidades verbais e auditivas. Esta dissociação funcional pode estar relacionada a alterações neuroestruturais específicas. A literatura compilada freqüentemente descreve a fala desses indivíduos como fluente e inteligível, embora estudos tenham relatado a presença de rupturas na fala decorrentes de alterações no domínio léxico-semântico. O objetivo deste estudo é investigar o perfil da fluência da fala de indivíduos com a SWB. Serão avaliados 20 indivíduos com a SWB de ambos os gêneros e faixa entre 9 e 18 anos de idade, positivos para a microdeleção em 7q11.23 e com desempenho intelectual variável. O desempenho dos indivíduos com a SWB será comparado ao de outros 20 indivíduos controles a partir da idade mental semelhante. Para responder ao objetivo central deste estudo será coletada a amostra de fala a partir de duas situações que privilegiam a narrativa oral: elaboração de história e re-contagem de história. A amostra de fala deverá ser analisada quanto tipologia de rupturas da fala, velocidade de fala e freqüência de rupturas da fala segundo Teste de Linguagem Infantil ABFW - Área da Fluência. Os dados serão analisados estatisticamente.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Natalia Freitas Rossi - Integrante / Deise Helena de Souza - Integrante / Moretti-Ferreira, Danilo - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 2
Membro: Célia Maria Giacheti.
20.   2010-2012. Responder por exclusão em tarefas de discriminação temporal
Descrição: Investigação sobre o padrão de resposta de estudantes, pombos e cães em tarefas de discriminação temporal e testes de generalização e excplusão. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Camila Domeniconi - Coordenador / Armando Machado - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 1
Membro: Camila Domeniconi.
21.   2010-2012. SOBRE A ATIVIDADE SIMBÓLICA DEFINIDA NOS TERMOS DO MODELO DE EQUIVALÊNCIA DE ESTÍMULOS: VALIDAÇÃO E INVESTIGAÇÃO PARAMÉTRICA
Descrição: O modelo de equivalência de estímulos definiu comportamentos simbólicos com base em critérios operacionais que permitiram simular experimentalmente o uso de símbolos. Essa definição operacional especificou, por exemplo, testes precisos que parecem confirmar se as relações comportamentais estudadas atingem ou não os critérios para serem consideradas como relações simbólicas. Reconhecendo-se isso, é preciso reconhecer também que esses testes não são capazes de capturar todas as dimensões do funcionamento simbólico, já que, na maioria dos casos, eles permitem apenas classificar de forma categórica os estímulos envolvidos como equivalentes ou não equivalentes. Este projeto compreende estudos que utilizarão medidas comportamentais e eletrofisiológicas para (1) validar a definição operacional do modelo de equivalência de estímulos e (2) investigar dimensões quantitativas da atividade simbólica que o modelo de equivalência permite simular.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Renato Bortoloti - Coordenador / Júlio César Coelho de Rose - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Renato Bortoloti.
22.   2010-Atual. Tecnologia Comportamental para a reabilitação auditiva de indivíduos com surdez pré-lingual
Descrição: O projeto original, sob o título ? Behavioral Variability Management in Beginning Communicators?foi proposto por William J. McIlvane, William V.Dube, Richard Serna (University of Massachusetts Medical School) e é realizado em colaboração com pesquisadores brasileiros, quais sejam, Deisy G. de Souza, Julio C. de Rose (Universidade Federal de São Carlos), Heloisa Motta Bandini (Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas) e Maria Cecília Bevilacqua (Universidade de São Paulo) e a participação da referida docente da Unesp/Bauru cujas ações são na orientação e supervisão da coleta de dados com a população de crianças com implante coclear que ocorrerão em Bauru. A pesquisa tem como objetivo conduzir um efetivo manejo da variabilidade comportamental observada em delineamentos que estabelecem os pré-requisitos da comunicação simbólica em crianças com atrasos no desenvolvimento e desordens na comunicação tais como os transtornos do espectro autista e deficiência auditiva neurosensorial pré-lingual.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu.

2009

1.   2009-Atual. A visão como indicador de processos lesivos na retina e no sistema nervoso central Projeto Temático FAPESP 2008/58731-2
Descrição: O presente projeto propõe o estudo da visão humana e de modelos animais em três grandes grupos de doenças ou condições que resultam em perdas visuais: doenças resultantes da exposição prolongada a substâncias tóxicas e/ou medicamentosas (intoxicação por mercúrio e por solventes orgânicos); doenças resultantes da interação de fatores ambientais com a predisposição genética (diabetes e esclerose múltipla), e doenças de origem genética e caráter hereditário comprovado (distrofia muscular de Duchenne e neuropatia óptica de Leber),. É também proposto o estudo da influência dessas condições nas funções neuropsicológicas. O objetivo principal é elucidar os mecanismos responsáveis pelas perdas funcionais e estruturais no sistema visual, da retina ao sistema nervoso central, e compará-los aos efeitos causados por outras doenças neurodegenerativas. Um segundo objetivo importante é o de elaborar novos protocolos e novos métodos de diagnóstico precoce. Para atingir esses objetivos será avaliado o funcionamento do sistema visual através da visão de cores e de contrastes, campo visual, acuidade visual, funções de hiperacuidade com métodologias psicofísicas, eletrofisiológicas, morfológicas e genéticas, em seres humanos e modelos animais. O efeito dessas condições em funções neuropsicológicas também será avaliado. O projeto envolve os setores de pesquisa básica e clínica de várias instituições: Laboratório da Visão do Instituto de Psicologia da USP, Laboratório de Neurobiologia do Centro de Ciências Biológicas, o Núcleo de Medicina Tropical, assim como da Escola de Primatas da Universidade Federal do Pará, reunindo ainda pesquisadores do Depto de Histologia da Universidade Federal do Paraná. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / VENTURA, DORA F. - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
2.   2009-2012. Análise experimental de relaçoes entre estímulos em humanos e animais: procedimentos alternativos para a formaçao de classes simbólicas
Descrição: Projeto integrado dos grupos de pesquisa do Programa de Pós-Graduaçao em Teoria e Pesquisa do Comportamento da UFPA e de Psicologia Experimental da USP para consolidaçao dos laboratórios de pesquisa sobre controle de estímulos e comportamento cognitivo. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (4) . Integrantes: Romariz da Silva Barros - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante / Grauben José Alves Assis - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Carla Cristina Paiva Paracampo - Integrante / Maria Martha Costa Hübner - Integrante / Paula Debert - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Romariz da Silva Barros.
3.   2009-2011. Aprendizagem Relacional em crianças surdas em condições pré e pós implante coclear
Descrição: A exploração objetiva e sistemática, a partir das condições criadas pela metodologia da formação de relações equivalentes entre estímulos, tem sido considerada um caminho para a investigação da capacidade cognitiva e do comportamento simbólico humano em diferentes populações e condições. A direção da pesquisa aqui proposta decorre de resultados obtidos na simulação experimental da aprendizagem de discriminações auditivo-visuais em crianças surdas após a colocação do implante coclear. O objetivo é o planejamento de investigações que auxiliem a compreensão das condições sob as quais o novo estímulo auditivo recebido (proporcionado pelo implante) relaciona-se às capacidades discriminativas anteriores ao implante. Para tanto, serão propostas para crianças, freqüentadoras do Centro Mineiro de Reabilitação Auditiva (CEMEAR), tarefas de treinos e testes usualmente utilizados nas pesquisas sobre a formação de relações de equivalência. Serão manipuladas especificamente algumas variáveis consideradas relevantes em estudos anteriores: variáveis relacionadas às capacidades discriminativas anteriores e posteriores à colocação do implante e variáveis relacionadas à natureza dos estímulos utilizados nos experimentos. Identificar as condições relevantes para a aquisição de função de estímulos auditivos após a colocação do implante coclear é importante para o avanço no conhecimento a respeito de processos básicos de controle de estímulos envolvendo a população em questão. Além disso, conhecer como ocorre este processo é um passo fundamental para o desenvolvimento de tecnologias de ensino para o caso de serem detectadas prováveis dificuldades em aprender funções simbólicas com a nova capacidade auditiva.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Thais Porlan de Oliveira - Coordenador / Aretha Bispo de Castro - Integrante / Anna Christina Porto Maia Passarelli - Integrante. Financiador(es): Universidade Federal de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
Membro: Thais Porlan de Oliveira.
4.   2009-Atual. Aquaisição de Repertórios Simbólicos por bebês e crianças pequenas
Descrição: AQUISIÇÃO DE REPERTÓRIOS SIMBÓLICOS POR BEBÊS E CRIANÇAS PEQUENAS O projeto se insere em um programa de pesquisa translacional sobre aquisição de repertórios simbólicos e seus pré-requisitos por bebês e crianças pequenas. O estudo do comportamento simbólico em tenra idade na população de crianças é destacado por corresponder aos comportamentos que comumente são denominados de desenvolvimento da linguagem. Sua investigação justifica-se tanto no contexto da pesquisa básica, como aplicada. No âmbito da pesquisa básica, busca-se investigar as aquisições iniciais do repertório dos bebês assim como a interação entre os processos que culminam na observação de habilidades diversas aprendidas habitualmente por eles. As contribuições teóricas e conceituais têm por objetivo, em última análise, constituir-se em modelos iniciais para intervenção precoce com populações que apresentam risco para atrasos no desenvolvimento ou que apresentam desenvolvimento peculiar. A interação entre a pesquisa básica e aplicada define a orientação da pesquisa translacional em Análise do Comportamento. A reciprocidade de influências que caracteriza a interação pode produzir ferramentas relevantes tanto para a investigação dos processos básicos do desenvolvimento de requisitos e do próprio comportamento simbólico como para a avaliação de procedimentos de intervenção que visem a promoção do desenvolvimento infantil. Este projeto é parte das atividades do INCT-ECCE.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) . Integrantes: Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil - Coordenador. Número de orientações: 8
Membro: Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil.
5.   2009-Atual. Aspectos dimensionais de relações de equivalência de estímulos
Descrição: Este é um subproduto do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino, coordenado por Deisy G. de Souza (UFSCar). O projeto parte de resultados anteriores indicando que estímulos equivalentes podem variar em seu "grau de relacionamento", o que é contraditório com a própria noção de equivalência. Relações de equivalência poderiam, assim, ter aspectos dimensionais e não apenas categoriais. O objetivo deste projeto é investigar estes aspectos dimensionais por meio de medidas quantitativas do grau de relacionamento entre estímulos equivalentes.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (5) . Integrantes: Julio Cesar Coelho de Rose - Coordenador / Renato Bortoloti - Integrante. Número de produções C, T A: 21 / Número de orientações: 5
Membro: Julio Cesar Coelho de Rose.
6.   2009-2012. Auto-administração de etanol por ratos: influência de (a) estímulos discriminativos e reforçadores condicionados e (b) atraso do reforço
Descrição: o projeto visa a caracterizar dois fatores comportamentais importantes na dependência do álcool. Várias pesquisas indicam que estímulos ambientais associados aos efeitos do etanol podem adquirir função discriminativa ou reforçadora condicionada, em relação às respostas que precedem esses efeitos. O controle desses estímulos sobre o comportamento é mantido mesmo após períodos longos em situação de extinção, e é fator fundamental na persistência da dependência de álcool. Outro aspecto frequentemente associado ao abuso de drogas é a falta de controle sobre o consumo dessas substâncias, muitas vezes identificada como "impulsividade". Na Análise Experimental do Comportamento o autocontrole e a "impulsividade" são tipicamente estudados em situações em que o sujeito precisa escolher entre dois reforçadores, sendo um deles inferior em qualidade ou quantidade, porém mais imediato, do que o outro. O primeiro objetivo deste trabalho é estudar o controle que estímulos discriminativos e reforçadores condicionados exercem sobre respostas de auto-administração de etanol. O segundo objetivo é caracterizar o efeito do atraso do reforçador sobre a escolha de etanol sob esquema de reforço concorrente. Dois experimentos serão conduzidos. No primeiro, ratos previamente treinados a consumir etanol serão distribuídos em dois grupos e submetidos a treino discriminativo sob esquema CRF. Os animais passarão por sessões experimentais de condicionamento em que a resposta de pressão à barra terá como consequência etanol ou água (grupo ET) e sacarose ou água (grupo SAC). Um odor A (SD+) estará presente em sessões em que a resposta for reforçada com etanol ou sacarose, e cada pressão à barra acionará um estímulo reforçador condicionado positivo (Sr+) seguido de liberação do reforçador. Para ambos os grupos, um odor B (SD-) estará presente em sessões em que a resposta for reforçada por água e cada pressão à barra acionará um estímulo reforçador condicionado negativo (Sr-) seguido da liberação de á. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / Maria Teresa Araujo Silva - Integrante / Fábio Leyserg Gonçalves - Integrante / Fernanda Libardi Galesi - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
7.   2009-2013. Comportamentos perturbados de vinculação de tipo inibido e de tipo indiscriminado em crianças institucionalizadas:comparação multi-nível com perturbações do espectro do autismo e com o síndrome de Williams-PTDC/PSI-PCL/101506-2008
Descrição: Evidências acerca de interacções genes X ambiente (GXE) indicam que as crianças são diferencialmente susceptíveis a alterações ambientais positivas induzidas experimentalmente dependendo da sua ?configuração? genética (8-9). PTDC/PSI-PCL/101506-2008 Valor aprovado para Brasil :? 160.000,00 e ? 38.514,00 (Recursos Humanos) Nesta perspectiva, a nossa equipa multidisciplinar com trabalhos desenvolvidos nas neurociências clínicas e genética (10-12), pretende contribuir para um melhor conhecimento das origens dos comportamentos perturbados de vinculação do tipo inibido e tipo indiscriminado. Para tal, pretendemos usar a nossa experiência com 2 modelos genéticos que, em muitos aspectos, parecem mimetizar estas duas perturbações do comportamento de vinculação (10, 13) - Autismo (AD) e síndrome de Williams (WS) - e que nos permitem assumir uma abordagem integradora. Curiosamente, AD e WS, apesar de serem fenotipicamente, diferentes, partilham uma vulnerabilidade genética no cromossoma 7. Enquanto o genótipo WS é caracterizado por uma delecção no locus 7q11.23 (14), o do AD tem sido associado a uma duplicação da mesma região crítica do WS (15, 16). Isto sugere que diferentes rearranjos genéticos no cromossoma 7, especialmente neste locus, podem estar na base dos diferentes fenótipos sócio-emocionais. Além disso, alterações na actividade neural têm sido considerados importantes mediadores na interacção entre genes e ambiente (17), havendo evidências de diferenças no processamento neural de estímulos sócio-emocionais no AD (18-21) e no WS (18, 22), bem como escassas referências em crianças institucionalizadas (23). Adoptando a perspectiva da susceptibilidade diferencial de Belsky e beneficiando dos conhecimentos interdisciplinares da nossa equipa (psicologia clínica e do desenvolvimento, neurociências e genética), propomos uma abordagem multi-nível considerando a interacção GXE e o papel da actividade neural para compreender os comportamentos perturbados da vinculação em tr. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Integrante / Isabel Maria Costa Soares - Coordenador / Adriana Sampaio - Integrante / Elena Garayzábal Heinze - Integrante. Financiador(es): Fundação para a Ciência e a Tecnologia - Auxílio financeiro.
Membro: Célia Maria Giacheti.
8.   2009-Atual. Controle Metodológico da Observação em Tarefas Go/No Go
Descrição: Este projeto está inserido no conjunto de pesquisas desenvolvidas pelo Instituto de Estudos sobre comportamento, cognição e ensino com financiamento do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia, conforme o Edital 15/2008 MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP e tem por objetivo desenvolver e refinar procedimentos alternativos para investigação de processos atencionais necessários para o desenvolvimento de funcionamento simbólico.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Paula Debert - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Paula Debert.
9.   2009-2011. Estudo eletrofisiológico, psicofísico e neuropsicológicos das perdas visuais causadas por neurotóxicos: solventes orgânicos, álcool, cloroquina e mercúrio. CNPq 476744/2009-1.
Descrição: Introdução. O grande desenvolvimento do estudo do sistema visual reflete a explosão científica e tecnológica da informática, das neurociências comportamentais e da biologia molecular. É uma área de fronteira, com contribuições metodológicas e conceituais da última década, encaminhando-se rapidamente para a tão necessária pesquisa translacional, na qual conhecimentos da área básica são transferidos para a área clínica. Este projeto focaliza ambas as áreas de pesquisa: básica e clínica. A visão é uma das mais importantes funções para a vida, permitindo o contato com o meio externo para a interação com co-específicos, busca de alimentos, comportamentos reprodutivos, de defesa, de ataque, etc. As perdas visuais afetam a capacidade de executar esses comportamentos e podem ser reveladoras de outras perdas funcionais como memória, atenção e coordenação motora. Estas perdas são causadas por fatores genéticos (retinose pigmentar, doença de Stargardt, neuropatia óptica de Leber, degeneração de cones), por diferentes doenças crônico-degenerativas (glaucoma, hipertensão, diabetes), pelo efeito tóxico de drogas usadas medicamente (cloroquina, etambutol, vigabatrina, Viagra), ou ainda por contaminantes ambientais (mercúrio, zinco, agrotóxicos, solventes). Para a avaliação visual existem novas técnicas psicofísicas e novos métodos eletrofisiológicos não invasivos, possibilitados pelos avanços computacionais recentes, auxiliando a apresentação de estímulos visuais, programação experimental, análise on-line e off-line. Objetivo. Investigar as repercussões no sistema visual humano da exposição a neurotóxicos, como a exposição a solventes orgânicos que ocorre na cadeia produtora e consumidora do petróleo, com métodos não invasivos eletrofisiológicos, psicofísicos e neuropsicológicos. Método. Serão estudados quatro grupos de sujeitos: sujeitos expostos a compostos orgânicos na cadeia produtiva e consumidora do petróleo e seus derivados, incluindo trabalhadores de plataformas de. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Mestrado acadêmico: (13) / Doutorado: (12) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Marcelo Fernandes da Costa - Integrante / José Luiz Fernandes Vieira - Integrante / Maria Izabel Tentes Côrtes - Integrante / Ana Júlia de Aquino Silveira - Integrante / Eduardo Oliveira Braga - Integrante / Mirella Gualtieri - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Antônio José de Oliveira Castro - Integrante / Alexandre Antônio Marques Rosa - Integrante / Anderson Raiol Rodrigues - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 21 / Número de orientações: 28
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
10.   2009-2010. Identificação do risco educacional de alunos com deficiência auditiva
Descrição: O questionário Screening Instrument For Targeting Educational Risk in Secondary Students (S.I.F.T.E.R.), elaborado por Anderson (1989) é uma escala voltada para a identificação do risco educacional em alunos que apresentem perda auditiva. A monitoração regular do desempenho do aluno pode ajudar a determinar se ele está sendo bem sucedido no recebimento das instruções verbais em uma sala de aula típica. Com base nas observações e na sua familiaridade do professor com o aluno, é possível conhecer não só as dificuldades acadêmicas do aluno, como também as dificuldades inerentes às atividades do professor em sala de aula. Objetivo: Adaptação do questionário S.I.F.T.E.R. para posterior investigação das dificuldades de escolares com deficiência auditiva. Método: a adaptação cultural da S.I.F.T.E.R. seguiu as etapas indicadas por Guillemin et al. (1993), que incluem a tradução do idioma Inglês para o Português, adaptação lingüística e revisão das equivalências gramatical e idiomática. Após a adaptação cultural a escala S.I.F.T.E.R. foi aplicada em 20 professores de crianças com deficiência auditiva matriculadas no ensino fundamental. Resultados: A versão da S.I.F.T.E.R. na língua portuguesa foi denominada Instrumento de Identificação do Risco Educacional em Alunos do Ensino Fundamental e Médio (IIRE ? Alunos do Ensino Fundamental e Médio). Os termos utilizados e as questões elaboradas foram compreendidas pelo grupo de professores participantes, e não houve necessidade de revisão das questões, pois se atingiu 100% de compreensão das questões. Os itens que obtiveram piores resultados foram acadêmico, atenção e participação em sala de aula, o item comportamento na escola foi o item que obteve melhor resultado. Conclusão: O Instrumento de Identificação do Risco Educacional em Alunos do Ensino Médio (I.I.R.E. ? Alunos do Ensino Médio) foi considerado um importante instrumento de avaliação dos aspectos fragilizados no desempenho acadêmico de alunos da escola regular que apresent. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Adriane Lima Mortari Moret - Coordenador / Maria Cecília Bevilacqua - Integrante / Regina Tangerino de Souza Jacob - Integrante / Fernanda Soares Granço - Integrante. Número de orientações: 1
Membro: Adriane Lima Mortari Moret.
11.   2009-Atual. Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Comportamento, Cognição e Ensino, INCT-ECCE, Brasil
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA, UMMS (EUA), UNCISAL e UFMG e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público geral. O programa de pesquisa tem três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e apli. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (9) / Doutorado: (21) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Integrante / Denise Lima de Oliveira - Integrante / Tomanari, Gerson Yukio - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Paula Debert - Integrante / Saulo M Velasco - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / ANA LEDA DE FARIA BRINO - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / Maria Stella de Alcantara Gil - Integrante / William Dube - Integrante / William J Mcilvane - Integrante / Maria Cecília Bevilacqua - Integrante / Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Integrante / Camila Domeniconi - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Raquel Maria de Melo - Integrante / Maria Martha Hübner - Integrante / Jorge Mendes de Oliveira Castro Neto - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Júlio Cesar de Rose - Integrante / Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / Manoel Ribeiro Filho - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante / Celia Giacheto - Integrante / Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Patricia Schelini - Integrante / Richard Serna - Integrante / Leo H. Buchanan - Integrante / Luiz Carlos Silveira - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Renato Bortoloti - Integrante / Edson Massayuki Huziwara - Integrante / Viviane Verdu Rico - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Ministerio de Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
12.   2009-Atual. INSTITUTO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM COMPORTAMENTO, COGNIÇÃO E ENSINO APRENDIZAGEM RELACIONAL E FUNÇÃO SIMBÓLICA
Descrição: Projeto de criação de Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia((Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, conforme o Edital 15/2008 MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP). COORDENADORA: Deisy das Graças de Souza VICE-COORDENADOR: Olavo de Faria Galvão O Instituto Nacional de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INECCE), proposto no presente edital, é uma expansão do Núcleo de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino que vem, desde 1996, organizando os esforços de pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e University of Massachusetts Medical School (UMMS). Os projetos do Instituto focalizam ciência e tecnologia comportamental que trata do funcionamento simbólico e seus déficits funcionais, (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, deficiência mental, distúrbios adquiridos de linguagem, fracasso em alcançar competências acadêmicas elementares em leitura, escrita e matemática, etc.). O programa de pesquisa terá três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e Aplicada. O PROGRAMA DE CIÊNCIA TRANSLACIONAL DO INECCE: Coordenador: Julio César de Rose. SUB PROJETO 6A: A Metodologia neuropsicológica derivada do laboratório Metas do Subprojeto: 1- Montar uma bateria abrangente e automatizada de testes neuropsicológicos de processos sensoriais, atenção, memória e funcionamento executivo, que seja apropriada para indivíduos com prejuízos graves da comunicação oral; 2- Avaliar esta bateria em campo, com várias populações que o novo programa do Instituto focaliza em seus estudos, incluindo crianças pequenas com desenvolvimento típico, crianças com transtornos de desenvolvimento neurológico, com síndromes genéticas, crianças mais velhas com deficiências severas desta natureza e adultos com distúrbios neurológicos adquiridos. Também serão investigadas extensões para primatas não humanos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . Integrantes: Cristiana Ferrari - Integrante / Julio César Coelho de Rose - Integrante / William J McIlvane - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Integrante / Célia Maria Giacheti - Coordenador / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
Membro: Cristiana Ferrari.
13.   2009-Atual. INSTITUTO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA SOBRE COMPORTAMENTO, COGNIÇÃO E ENSINO
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UNESP, UnB, UFPA, UFMG, UNCISAL e UMMS (EUA) e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças com desenvovimento típico e diferentes transtornos e dificuldades. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: 1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; 2)desenvolvimento/refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar com déficits de função simbólica; 3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público em geral.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (35) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (30) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (40) . Integrantes: Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Maria Stella Coutinho de A Gil - Integrante / Julio Cesar Coelho de Rose - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / McIlvane, William J. - Integrante / Ana Claudia Moreira Almeida-Verdu - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Edson M. Huziwara - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / William Dube - Integrante / Camila Domeniconi - Integrante / Raquel Maria de Melo - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante / Maria Martha Hubner - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Paula Debert - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante. Número de produções C, T A: 7 / Número de orientações: 4
Membro: Thais Porlan de Oliveira.
Descrição: Descrição: O INCT-ECCE reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA, UMMS (EUA), UNCISAL e UFMG e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). O projeto impulsiona o desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público geral.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . Integrantes: Romariz da Silva Barros - Coordenador / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Júlio César Coelho de Rose - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante / Deisy das Graças Souza - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Richard Serna - Integrante / William Dube - Integrante / William McIlvane - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Maria Martha Costa Hübner - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Manoel Ribeiro Filho - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / Maria Stella de Alcantara Gil - Integrante / Maria Cecília Bevilacqua - Integrante / Ana Cláudia Moreira Almeida Verdu - Integrante / Camila Domeniconi - Integrante / Jorge Mendes de Oliveira Castro Neto - Integrante / Heloísa Helena Motta Bandini - Integrante / Dione Cavalcante Monteiro - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante / Célia Giacheto - Integrante / Thaís Porlan de Oliveira - Integrante / Patrícia Schelini - Integrante / Leo H. Buchanan - Integrante. Financiador(es): Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 1 / Número de orientações: 5
Membro: Romariz da Silva Barros.
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA, UMMS (EUA), UNCISAL e UFMG e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público geral. O programa de pesquisa terá três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e Apl. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa do Pará - Auxílio financeiro.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: Projeto de criação de Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia, submetido ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, conforme o Edital 15/2008 MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP. O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e UMMS (EUA) e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e dis. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (31) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (31) / Doutorado: (41) . Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Integrante / Heloísa Helena Motta Bandini - Integrante / Célia Maria Giacheti - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Ana Claudia Moreira AlmeidaVerdu - Integrante / Júlio César Coelho de Rose - Integrante / Camila Domeniconi - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Maria Stella Coutinho de Alcântara Gil - Integrante / Patrícia Waltz Schellini - Integrante / Gerson A. Y. Tomanari - Integrante / Maria Martha da Costa Hübner - Integrante / Paula Debert - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / Jorge Mendes de Oliveira Castro Neto - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / Manoel Ribeiro Filho - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / William J. McIlvane - Integrante / Leo H. Buchanan - Integrante / Richard SernaWilliam V. Dube - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e UMMS (EUA) , UNCISAL e UFMG e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público geral. O programa de pesquisa terá três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e Aplicada. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (8) . Integrantes: Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Julio Cesar Coelho de Rose - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / maria stella coutinho de alcantara Gil - Integrante / olavo de Faria Galvão - Integrante / thais porlan de oliveira - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / romariz da Silva barros - Integrante / carlos Barbosa alves de souza - Integrante / gerson aparecido yukio tomanari - Integrante / Maria Martha Hubner - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / Manoel Ribeiro Filho - Integrante / Paula Debert - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Raquel Maria de Melo - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante / Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Integrante / Camila Domeniconi - Integrante / Célia Maria Giacheti - Integrante / Luis Carlos de Lima Silveira - Integrante / Marcelo Frota Lobato Benvenuti - Integrante / Miriam Garcia Mijares - Integrante / Patrícia Waltz Schelini - Integrante / Andreia Scmidt - Integrante / Debora de Hollanda Souza - Integrante / Edson Massayuki Huziwara - Integrante / Paulo Roney Klipp Goulart - Integrante / Renato Bortoloti - Integrante.
Membro: Heloisa Helena Motta Bandini.
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e UMMS (EUA) e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público geral. O programa de pesquisa terá três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e Aplicada.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Andréia Schmidt - Integrante / Deisy G de Souza - Coordenador / Julio Cesar Coelho de Rose - Integrante / Maria Marta Hübner - Integrante / Maria Stella de Alcântara Gil - Integrante / CAMILA DOMENICONI - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / William J Mcilvane - Integrante / William Dube - Integrante / Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Paula Debert - Integrante / Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Richard Serna - Integrante / Miriam Mijares - Integrante / Edson Massayuki Huziwara - Integrante / Débora de Hollanda Souza - Integrante / Renato Bortoloti - Integrante / Paulo Roney Killp Goulart - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Andréia Schmidt.
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e UMMS (EUA) e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público geral. O programa de pesquisa terá três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e Aplicada.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (35) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (31) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (41) . Integrantes: Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Elenice Seixas Hanna - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Maria Stella de Alcantara Gil - Integrante / William Dube - Integrante / William J Mcilvane - Integrante / Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Integrante / Camila Domeniconi - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Raquel Maria de Melo - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante / Maria Martha Hübner - Integrante / Jorge MEndes de Oliveira Castro NEto - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Júlio Cesar de Rose - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / Manoel Ribeiro Filho - Integrante / PAULA DEBERT - Integrante / CRISTIANA FERRARI - Integrante / CELIA GIACHETO - Integrante / Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Patricia Schelini - Integrante / Richard Serna - Integrante / Leo H. Buchanan - Integrante / Miriam Mijares - Integrante / Luiz Carlos Silveira - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 30 / Número de orientações: 22
Membro: Deisy das Graças de Souza.
14.   2009-Atual. Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia: Comportamento, cognição, ensino, aprendizagem relacional e função simbólica-15/2008 MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP
Descrição: Projeto de criação de Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia((Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, conforme o Edital 15/2008 MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP). COORDENADORA: Deisy das Graças de Souza VICE-COORDENADOR: Olavo de Faria Galvão O Instituto Nacional de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INECCE), proposto no presente edital, é uma expansão do Núcleo de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino que vem, desde 1996, organizando os esforços de pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e University of Massachusetts Medical School (UMMS). Os projetos do Instituto focalizam ciência e tecnologia comportamental que trata do funcionamento simbólico e seus déficits funcionais, (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, deficiência mental, distúrbios adquiridos de linguagem, fracasso em alcançar competências acadêmicas elementares em leitura, escrita e matemática, etc.). O PROGRAMA DE CIÊNCIA TRANSLACIONAL DO INECCE: Coordenador: Julio César de Rose SUB PROJETO. A Metodologia neuropsicológica derivada do laboratório Metas 1. Montar uma bateria abrangente e automatizada de testes neuropsicológicos de processos sensoriais, atenção, memória e funcionamento executivo, que seja apropriada para indivíduos com prejuízos graves da comunicação oral. 2. Avaliar esta bateria em campo, com várias populações que o novo programa do Instituto focaliza em seus estudos, incluindo crianças pequenas com desenvolvimento típico, crianças com transtornos de desenvolvimento neurológico, com síndromes genéticas, crianças mais velhas com deficiências severas desta natureza e adultos com distúrbios neurológicos adquiridos. Também serão investigadas extensões para primatas não humanos. Responsáveis: William J. McIlvane, Célia Maria Giacheti (co-responsável) Participantes: Ana Leda de Faria Brino, Cristiana Ferrari. Valor integral do projeto: R$. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante / Julio cesar C de Rose - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Olavo de Faria Galvão - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 1
Membro: Célia Maria Giacheti.
15.   2009-Atual. Intituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino - INCT-ECCE
Descrição: reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e UMMS (EUA) e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças.O programa de pesquisa tem três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e Aplicada.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: -s: Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Elenice Seixas Hanna - Olavo de Faria Galvão Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil - William Dube - William J Mcilvane- Ana Claudia Moreira Almeida Verdu- Camila Domeniconi- João dos Santos Carmo- Raquel Maria de Melo- Gerson Aparecido Yukio Tomanari- Maria Martha Hübner- Jorge MEndes de Oliveira Castro NEto- Romariz da Silva Barros- Heloisa Helena Motta Bandini- Carlos Barbosa Alves de Souza- Júlio Cesar de Rose- Ana Leda de Faria Brino- Dionne Cavalcante Monteiro- Manoel Ribeiro Filho- Paula Debert- Cristiana Ferrari- Celia Giacheto Thais Porlan de Oliveira- Patricia Schelini- Richard Serna- Leo H. Buchanan- Miriam Mijares- Luiz Carlos Silveira . Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Projetos específicos como parte do INCT-ECCE : Aprendizagem rápida de relações nome referente por bebês e crianças pequenas. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Júlio César Coelho de Rose - Integrante / Maria Martha Hübner - Integrante / Oliveira, Thais Porlan - Integrante / Paula Debert - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / Andréia Schmidt - Integrante / Ana Claudia Moreira Almeira Verdu - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Gerson Aparecido Youko Tomanari - Integrante.
Membro: Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil.
16.   2009-Atual. Nomeação: independência funcional entre repertórios de falante e ouvinte
Descrição: A nomeação consiste na habilidade de descrever ou dar nome a objetos, eventos ou indivíduos presentes no cotidiano e sua importância reside na comunicação de tais eventos através da emissão de respostas verbais. Os resultados dos estudos sobre como a nomeação se desenvolve têm sido controversos, em particular em relação à questão da dependência ou independência funcional entre repertórios comportamentais. O objetivo deste estudo foi o de verificar se a partir de tarefas de seleção, respostas de nomeação são emitidas sem ensino direto.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Ana Carolina Sella - Integrante / Carmen Silvia Motta Bandini - Coordenador / Lidia Maria Marson Postalli - Integrante. Número de produções C, T A: 3
Membro: Heloisa Helena Motta Bandini.
Descrição: A nomeação consiste na habilidade de descrever ou dar nome a objetos, eventos ou indivíduos presentes no cotidiano e sua importância reside na comunicação de tais eventos através da emissão de respostas verbais. Os resultados dos estudos sobre como a nomeação se desenvolve têm sido controversos, em particular em relação à questão da dependência ou independência funcional entre repertórios comportamentais. O objetivo deste estudo foi o de verificar se a partir de tarefas de seleção, respostas de nomeação são emitidas sem ensino direto.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Carmen Silvia Motta Bandini - Coordenador / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Ana C. Sella - Integrante / Lidia Maria Marson Postalli - Integrante. Número de produções C, T A: 8 / Número de orientações: 1
Membro: Carmen Silvia Motta Bandini.
17.   2009-2013. Perdas sensoriais causadas pela intoxicação por solventes: estudos psicofísicos, neuropsicológicos e neurofisiológicos. CAPES-PROCAD 182/2007.
Descrição: O estudo psicofísico e neurofisiológico do sistema visual desenvolveu-se aceleradamente nas últimas duas décadas, refletindo avanços da informática, das neurociências comportamentais e da biologia molecular. É uma área de fronteira, em que contribuições metodológicas e conceituais muito recentes revolucionaram a própria concepção de vários fenômenos. Muito da pesquisa atual é de transferência de conhecimentos da área básica para a área clínica. A visão é uma das mais importantes funções para a vida, permitindo o contato com o meio externo para a interação com co-específicos, busca de alimentos, comportamentos reprodutivos, de defesa, de ataque, etc. Perdas visuais afetam a capacidade de executar esses comportamentos e podem ser reveladoras de outras perdas funcionais como memória, atenção, coordenação motora. A visão tem sido comumente usada como indicador de neurointoxicação e as alterações visuais, muitas vezes, terminam sendo um dos primeiros sinais de um efeito neurotoxicológico Vários estudos mostraram que a exposição prolongada a metais pesados tais como o mercúrio, drogas de uso médico como a cloroquina e agentes químicos como os solventes orgânicos presentes nos combustíveis apresentam um forte fator de contaminação no sistema nervoso e este tipo de contaminação pode ser primariamente inferido com a percepção de alterações da visão destes pacientes. A avaliação de funções visuais humanas é hoje feita com novas técnicas psicofísicas e com novos métodos eletrofisiológicos não invasivos, possibilitados pelos avanços computacionais recentes, auxiliando a apresentação de estímulos visuais, programação experimental, análise de dados on-line, etc. Além disso, para compreender os mecanismos responsáveis pelas perdas, ainda pouco conhecidos, são necessários estudos em modelos animais nos quais é possível estudar o comportamento frente aos mesmos estímulos visuais e também ter acesso direto à retina ou aos centros superiores. O presente projeto propõe o estudo do. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (13) / Mestrado acadêmico: (12) / Doutorado: (8) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Integrante / Mauro Nishi - Integrante / John Manuel de Souza - Integrante / Marcelo Fernandes da Costa - Integrante / Teiichi Oikawa - Integrante / Maria Izabel Tentes Côrtes - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Francisco Max Damico - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Fernando Allan de Farias Rocha - Integrante / Silene Maria Araújo de Lima - Integrante / Cézar Akiyoshi Saito - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Russell David Hamer - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Coordenador / Antônio José de Oliveira Castro - Integrante / Anderson Raiol Rodrigues - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa. Número de produções C, T A: 32 / Número de orientações: 28
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
18.   2009-Atual. Processos básicos envolvidos na aquisição de habilidades pré-matemáticas e matemáticas
Descrição: Projeto inserido no INSTITUTO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA SOBRE COMPORTAMENTO, COGNIÇÃO E ENSINO Objetiva Identificar e descrever os processos básicos presentes na aquisição de habilidades numéricas fundamentais, tais como: conceito de número (comportamento conceitual numérico); contagem; produção de seqüências numéricas; conservação de quantidades contínuas e discretas; Utilizar e discutir a aplicabilidade do paradigma de equivalência e da tecnologia de controle de estímulos ao ensino de habilidades numéricas fundamentais.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) . Integrantes: João dos Santos Carmo - Coordenador / Grauben José de Assis - Integrante / Paulo Sérgio Teixeira do Prado - Integrante. Número de produções C, T A: 55 / Número de orientações: 17
Membro: João dos Santos Carmo.
19.   2009-2011. Projeto de Pesquisa - Desenvolvimento de um procedimento de avaliação sistemática de habilidades de discriminação de sons de fala I: estudo piloto
Descrição: Habilidades de discriminação de sons de fala é um requisito crucial na aquisição de leitura e escrita. Crianças com transtornos de desenvolvimento da linguagem falada podem apresentar déficits em habilidades discriminativas de sons de fala. No presente projeto pretende-se propor e desenvolver procedimentos para descrição e avaliação de habilidades de discriminação relacional de sons de fala, baseado em tarefas de julgamento igual/diferente modificada para aplicação em sujeitos pré-escolares (a partir de quatro anos) que apresentam prejuízos no desenvolvimento da linguagem falada. O objetivo é propor e avaliar a exequibilidade de uma tarefa modificada de julgamento igual-diferente para avaliação de habilidades discriminativas auditivas de sons de fala.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Cristiana Ferrari - Coordenador / Célia Maria Giacheti - Integrante / Talita Laura Braz Capano Conrado - Integrante. Número de orientações: 1
Membro: Cristiana Ferrari.
20.   2009-2011. Projeto de Pesquisa - Nomeação de figuras por confrontação: análise comparativa de eventuais diferenças no desempenho de indivíduos em função de variáveis demográficas
Descrição: Estudo 1: "Análise de concordância de respostas de nomeação e do grau de familiaridade de figuras por adultos normais".Nomear objetos (reais ou representados por figuras) é uma das habilidades básicas de linguagem e freqüentemente é objeto de avaliação em indivíduos com sinais de distúrbio adquirido de linguagem ou atraso no desenvolvimento de linguagem. Representações bidimensionais de objetos são bastante empregadas em provas formais e/ou informais para avaliação de domínios relacionados à linguagem e também de ?componentes? da linguagem oral e escrita. A construção de tarefas de teste, nas quais figuras de objetos são empregadas, requer a seleção criteriosa dos materiais, uma vez que variáveis sociodemográficas podem explicar diferenças no padrão e/ou na acurácia de respostas de nomeação e reconhecimento de figuras bi-dimensionais em populações com desenvolvimento típico ou normal. Como não há normas brasileiras disponíveis para figuras (fotos coloridas) com indivíduos de diferentes níveis de instrução e faixa etária, o estudo tem a finalidade de fornecer alguns parâmetros que possam subsidiar a seleção de materiais que serão posteriormente usados na elaboração de instrumentos de avaliações clínicas fonoaudiológicas e psicopedagógicas. São objetivos do estudo: 1) avaliar a concordância nome-objeto para cerca de 400 figuras previamente preparadas (fotos coloridas de diferentes categorias de objetos); 2) identificar eventuais padrões de resposta de nomeação, em função do gênero e escolaridade. O estudo faz parte do Programa de Ciência Translacional, do Instituto de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INCT ECCE), criado pelo Edital 15/2008 MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Cristiana Ferrari - Coordenador / Célia Maria Giacheti - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 1
Membro: Cristiana Ferrari.
21.   2009-2014. Projeto Produtividade em Pesquisa/Trienal: Perfil Fonoaudiológico de individuos com displasia fronto-nasal com e sem anomalias estruturais do sistema nervoso central.
Descrição: A displasia fronto-nasal é uma anomalia congênita, com manifestações que se limitam à cabeça, caracterizada por quatro tipos de "facies", onde fissuras do lábio ou palato podem estar associadas em dois desses quatros tipos. A displasia fronto-nasal, ou síndrome da fissura mediana, descrita em 1967, por De Myer, é uma das condições que os indivíduos podem apresentar queixas fonoaudiológicas. Alterações do sistema nervoso são encontradas em 30% dos casos com espectro da displasia fronto-nasal, incluindo anomalias estruturais da linha média, principalmente agenesia/hiplosasia do corpo caloso. Diante da displasia fronto-nasal com a presença da anomalia estrutrural do corpo caloso, alterações cognitivas e de linguagem também podem fazer parte do espectro desta condição. Poucos estudos sobre o perfil fonoaudiológico foram realizados até esta data e muitos questionamentos ainda permanecem sem respostas, quando investigamos o impacto dessas anomalias estruturais, principalmente alterações do corpo caloso, na linguagem desses indivíduos. Portanto, o objetivo do presente estudo é caracterizar o perfil fonoaudiológico de pacientes com displasia fronto-nasal com e sem anomalias estruturais do sistema nervoso central e investigar possíveis correlações entre os eventuais comprometimentos de comunicação e os achados morfológicos do sistema nervoso central. Participarão deste estudo 30 indivíduos com diagnóstico de diplasia-fronto-nasal, com e sem anomalias estruturais do sistema nervoso central, ambos os gêneros e com idade variável, matriculados no Hospital de Anomalias Craniofaciais da USP-Bauru-SP ou no Centro de Educação e Saúde-UNESP-Marília-SP. Os pacientes serão subdivididos em grupos (I e II), segundo presença (GI) ou ausência de anomalias estruturais do sistema nervoso central (GII). (Processo: 307223/2009-4, Nível: PQ-2, vigência para o período de 01/03/2010 a 28/02/2013). Este projeto engloba o projeto trienal/UNESP: Perfil Fonoaudiológico em indivíduos com síndromes genéticas com agenesia de corpo caloso.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Antonio Richieri-Costa - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Célia Maria Giacheti.
22.   2009-Atual. Reabilitação em leitura e escrita
Descrição: Os comportamentos de ler e de escrever têm sido investigados por sua importância tanto na área de Educação, quanto na área de Saúde. Dentro da perspectiva da Saúde, as habilidades de leitura e escrita têm sido altamente relacionadas com a prevenção de distúrbios do comportamento, tal como a delinquência juvenil e o abuso de drogas. Indivíduos com limitações cognitivas ou em linguagem, de caráter inato ou adquirido, precisam (re)aprender a ler ou escrever para se inserirem de forma eficiente em ambientes sociais e, como consequência, para adicionarem fatores relacionados à resilência e qualidade de vida. Pesquisas na área têm identificado quais são os requisitos básicos para a aquisição e desenvolvimento destes comportamentos e tal identificação tem propiciado o planejamento e a implantação de procedimentos de ensino destas habilidades para diferentes populações. Levando-se em conta a necessidade de que pesquisas na área ampliem os conhecimentos previamente estabelecidos e que procedimentos de ensino destes repertórios sejam desenvolvidos e avaliados para populações com deficiência nestes repertórios, este projeto tem como objetivos: 1) ampliar o conhecimento dos requisitos básicos necessários para a aprendizagem dos comportamentos de ler e de escrever em populações com dificuldades nestas habilidades; 2) desenvolver e testar procedimentos de ensino de leitura e de escrita para indivíduos com limitações cognitivas ou de linguagem (indivíduos com autismo, surdos usuários de LIBRAS ou deficientes auditivos auditivos) e 3) desenvolver estratégias de ensino que permitam e facilitem o uso destes procedimentos com familiares e/ou cuidadores das populações em questão, de forma a otimizar a reabilitação destes indivíduos, favorecendo sua (re)inserção em contextos sociais.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (5) . Integrantes: Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Ana Carolina Sella - Integrante / Carmen Silvia Motta Bandini - Coordenador / Daniela Mendonça Ribeiro - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 18 / Número de orientações: 4
Membro: Heloisa Helena Motta Bandini.
Descrição: Os comportamentos de ler e de escrever têm sido investigados por sua importância tanto na área de Educação, quanto na área de Saúde. Dentro da perspectiva da Saúde, as habilidades de leitura e escrita têm sido altamente relacionadas com a prevenção de distúrbios do comportamento, tal como a delinquência juvenil e o abuso de drogas. Indivíduos com limitações cognitivas ou em linguagem, de caráter inato ou adquirido, precisam (re)aprender a ler ou escrever para se inserirem de forma eficiente em ambientes sociais e, como consequência, para adicionarem fatores relacionados à resilência e qualidade de vida. Pesquisas na área têm identificado quais são os requisitos básicos para a aquisição e desenvolvimento destes comportamentos e tal identificação tem propiciado o planejamento e a implantação de procedimentos de ensino destas habilidades para diferentes populações. Levando-se em conta a necessidade de que pesquisas na área ampliem os conhecimentos previamente estabelecidos e que procedimentos de ensino destes repertórios sejam desenvolvidos e avaliados para populações com deficiência nestes repertórios, este projeto tem como objetivos: 1) ampliar o conhecimento dos requisitos básicos necessários para a aprendizagem dos comportamentos de ler e de escrever em populações com dificuldades nestas habilidades; 2) desenvolver e testar procedimentos de ensino de leitura e de escrita para indivíduos com limitações cognitivas ou de linguagem (indivíduos com autismo, surdos usuários de LIBRAS ou deficientes auditivos auditivos) e 3) desenvolver estratégias de ensino que permitam e facilitem o uso destes procedimentos com familiares e/ou cuidadores das populações em questão, de forma a otimizar a reabilitação destes indivíduos, favorecendo sua (re)inserção em contextos sociais.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) . Integrantes: Carmen Silvia Motta Bandini - Coordenador / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Daniela Mendonça Ribeiro - Integrante / Ana Carolina Sella - Integrante. Número de produções C, T A: 25 / Número de orientações: 6
Membro: Carmen Silvia Motta Bandini.
23.   2009-Atual. Relações entre repertório expressivo e receptivo em deficientes auditivos implantados cocleares. Auxílio Pesquisa Fapesp Processo no. 2009/51798-7
Descrição: Pesquisas recentes demonstraram que crianças que receberam o implante respondem diferencialmente aos estímulos auditivos e estabelecem relações arbitrárias entre os estímulos auditivos e outros eventos do ambiente. Sob condições adequadas os resultatdos de pesquisas recentes demonstraram que, mesmo crianças que adquiriram a deficiência auditiva antes da aquisição da fala aprenderam relações auditivo-visuais entre uma palavra ditada e duas figuras distintas e demonstraram relações de equivalência entre os estímulos visuais. Contudo, o desempenho em nomeação de figuras, associadas à aprendizagem auditivo-visual, não foi típica se comparado aos seus coetâneos ouvintes. Outro estudo demonstrou que a precisão no falar somente foi observada após ensino da imitação vocal. Um estudo recente demosntrou que quando são utilizadas palavras impressas no ensino de relações auditivo-visuais, o desempenho nos pós-testes de leitura de palavras parece ter maior correspondência ponto a ponto com a palavra ditada do que no pós-teste de nomeação de figuras. O própósito desse trabalho é conduzir três estudos que avaliem as relações existentes entre os repertórios expressivos e receptivos e se e sob quais condições a nomeação de figuras emerge com maior correspondência pontual com a palavra ditada, após um programa de aprendizagem puramente auditivo. O trabalho será conduzido com 15 participantes (cinco em cada estudo) adotando delineamento semelhante ao dos estudos anteriores, porém monitorando a nomeação após cada passo de ensino e manipulando a seqüência de esnino das relações receptivas e verificar o efeito sobre a nomeação. O projeto recebeu auxílio financeiro da FAPESP no valor de R$ 31.240,55. O projeto também compõe parte das pesquisas do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia, sobre Comportamento, cognição e Ensino (INCT-ECCE) sob o edital INCT: FAPESP #2008/57705-8 e CNPq #573972/2008-7, sob a coordenação de Deisy das Graças de Souza (UFSCar). Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu.
24.   2009-2012. Sistema eletrofisiológico avançado para monitoramento de retinopatias. CNPq / BMBF / IB-DLR 490857/2008-6.
Descrição: O projeto visa o desenvolvimento de novos métodos eletrorretinográficos para estudo das vias paralelas de processamento visual em sujeitos humanos normais e pacientes portadores de retinopatias degenerativas, tóxicas ou infecciosas, assim como em camundongos transgênicos usados como modelos de retinopatias degenerativas. Pretende-se desenvolver / aperfeiçoar software e hardware de estimulação visual e registro do eletrorretinograma de campo total (ffERG) e disponibilizá-lo para a comunidade de oftalmologistas e neurocientistas visuais. O projeto alinha-se com os objetivos em ciências da saúde do BMBF da Alemanha e do MS do Brasil, e com a prioridade da Comunidade Européia para o estudo de tópicos de saúde especialmente relevantes em população idosas. Objetivo geral. Desenvolvimento de novos procedimentos de eletrorretinografia específicos para determinadas populações neuronais retinianas. Objetivos específicos. i) Estudar as respostas eletrorretinográficas em animais transgênicos com disfunções retinianas que são modelos para disfunções retinianas humanas. ii) Desenvolver procedimentos avançados de eletrorretinografia para separar o processamento retiniano de sinais perceptualmente relevantes. iii) Usar métodos e algorismos avançados para analisar os dados eletrorretinográficos registrados. iv) Melhorar as técnicas e os equipamentos de registro eletrorretinográfico para uso geral.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Marcelo Fernandes da Costa - Integrante / Edmundo Frota de Almeida Sobrinho - Integrante / Eduardo Oliveira Braga - Integrante / Joachim Finger - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Alexandre Antônio Marques Rosa - Integrante / Anderson Raiol Rodrigues - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa. Número de produções C, T A: 7 / Número de orientações: 9
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.

2008

1.   2008-2011. Análise Experimental de Relações entre Estímulos em Humanos e Animais: Procedimentos Alternativos para Formação de Classes Simbólicas
Descrição: Consolidar o grupo de pesquisa de controle de estímulos da UFPA e aumentar a produtividade do grupo do PSE-USP, bem como sua influência em outros laboratórios no país. Metas: 1. Desenvolver um laboratório de desenvolvimento de software para pesquisa e ensino; 2. Desenvolver um laboratório de digitalização de imagem e som e produzir material de apoio a laboratórios de ensino-aprendizagem e de divulgação científica, além de suprir as necessidades da pesquisa na UFPA e USP. 3. Ampliar e consolidar a publicação internacional em cooperação USP-UFPA. 4. Formar pesquisadores de alta qualidade nos três níveis: D, M e IC. 5. Fornecer infraestrutura para os demais grupos de pesquisa do PPGTPC-UFPA e PSE-USP. . Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Integrante / Maria Teresa Araujo Silva - Integrante / Tomanari, Gerson Yukio - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Paula Debert - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / ANA LEDA DE FARIA BRINO - Integrante / Maria Martha Hübner - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Grauben José Alves Assis - Integrante / Carla Cristina Paiva Paracampo - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
Descrição: Consolidar o grupo de pesquisa de controle de estímulos da UFPA e aumentar a produtividade do grupo do PSE-USP, bem como sua influência em outros laboratórios no país. Metas: 1. Desenvolver um laboratório de desenvolvimento de software para pesquisa e ensino; 2. Desenvolver um laboratório de digitalização de imagem e som e produzir material de apoio a laboratórios de ensino-aprendizagem e de divulgação científica, além de suprir as necessidades da pesquisa na UFPA e USP. 3. Ampliar e consolidar a publicação internacional em cooperação USP-UFPA. 4. Formar pesquisadores de alta qualidade nos três níveis: D, M e IC. 5. Fornecer infraestrutura para os demais grupos de pesquisa do PPGTPC-UFPA e PSE-USP.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Carlos B. A. de Souza - Integrante / Carla Cristina Paiva Paracampo - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Leda de Faria Brino.
Descrição: Objetivo: Consolidar o grupo de pesquisa de controle de estímulos da UFPA e aumentar a produtividade do grupo do PSE-USP, bem como sua influência em outros laboratórios no país. Metas: 1. Desenvolver um laboratório de desenvolvimento de software para pesquisa e ensino; 2. Desenvolver um laboratório de digitalização de imagem e som e produzir material de apoio a laboratórios de ensino-aprendizagem e de divulgação científica, além de suprir as necessidades da pesquisa na UFPA e USP. 3. Ampliar e consolidar a publicação internacional em cooperação USP-UFPA. 4. Formar pesquisadores de alta qualidade nos três níveis: D, M e IC. 5. Fornecer infraestrutura para os demais grupos de pesquisa do PPGTPC-UFPA e PSE-USP. Edital MCT / CNPq / CT-Infra / CT-Petro / Ação Transversal IV Nº 16/2008 ? Casadinho - Análise Experimental de Relações entre Estímulos em Humanos e Animais: Procedimentos Alternativos para Formação de Classes Simbólicas - Projeto integrado dos grupos de pesquisa dos Programas de Pós-Graduação em Teoria Pesquisa do Comportamento da UFPA e de Psicologia Experimental da USP para consolidação dos laboratórios de pesquisa sobre Controle de Estímulos e Comportamento Cognitivo. 2009-2010. Coordenador: O. F. Galvão. R$ 303.300,00. Concluído.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Mestrado acadêmico: (19) / Doutorado: (8) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Grauben José Alves Assis - Integrante / Carla Cristina Paiva Paracampo - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Maria Martha da Costa Hübner - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante / Maria Teresa de Araújo Silva - Integrante / Paula Debert - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 1 / Número de orientações: 2
Membro: Olavo de Faria Galvão.
2.   2008-Atual. APLICAÇÃO DO PROGRAMA DE LEITURA POR PAIS DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA MENTAL: PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO ACESSO DE UMA METODOLOGIA DE ENSINO BEM SUCEDIDA
Descrição: O crescente contingente de crianças com dificuldades em aprender a ler e a escrever no Brasil é uma realidade com a qual convivemos há alguns anos. Apesar da tendência em atribuir as causas para o fracasso escolar ao próprio aluno, alguns pesquisadores tem empreendido esforços para construção de metodologias diferenciadas de ensino que atendam às necessidades de aprendizes com repertórios e histórias de vida diferenciados. Nessa direção um grupo de analistas do comportamento desenvolveu um software que vem sendo largamente utilizado, em ambiente controlado de laboratório, com resultados comprovadamente positivos na direção de ensinar habilidades básicas de leitura e escrita. O software possui algumas das características consagradas como favoráveis para aprendizagem de quaisquer conteúdos por qualquer pessoa, a saber, velocidade e grau de dificuldade programadas de forma gradual e individualizada e fornecimento de feedback constante para o desempenho do aprendiz. Devido aos resultados positivos algumas tentativas de ampliar o acesso de diferentes populações a este software de ensino vem sendo implementadas e bem vindas também pela comunidade científica. Sendo assim o presente projeto propõe uma possibilidade de ampliação do acesso do programa de leitura para pessoas com deficiência mental. O projeto propõe que seus pais ou responsáveis sejam treinados para atuarem como monitores do programa de leitura, aplicando as sessões junto aos seus filhos e atuando como fonte extra de motivação e reforço social para estes.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Camila Domeniconi - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Camila Domeniconi.
3.   2008-2010. Comportamento simbólico e função auditiva
Descrição: Relações simbólicas são gerativas, permitindo a extrapolação do que é diretamente ensinado para novas instâncias, englobando outras relações em uma rede conceitual e simbólica. O modelo de equivalência de estímulos oferece uma especificação operacional do comportamento simbólico. A presente proposta tomou o modelo de equivalência como instrumento metodológico para o estudo de questões teóricas sobre relações simbólicas e questões práticas envolvidas na comunicação humana. A proposta inclui dois programas de investigação, que envolvem extensões do paradigma de equivalência: Programa 1 - Aprendendo a ouvir: comportamento simbólico e função auditiva em usuários de implante coclear com surdez pré-lingual; Programa 2 ? Compreendendo instruções: Equivalência de estímulos e transferência de função.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . Integrantes: Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Andréia Schmidt - Integrante / Maria Cecília Bevilacqua - Integrante / Raquel de Melo Golfeto - Integrante / Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Integrante / Lídia Maria Marson Postalli - Integrante. Número de produções C, T A: 1 / Número de orientações: 2
Membro: Deisy das Graças de Souza.
4.   2008-2011. Consolidação de Grupo de Pesquisa e Pós-graduação em Neurociências e Doenças Tropicais. CNPq 620037/2008-3.
Descrição: A proposta contém um projeto integrado de um grupo de pesquisa de curso não consolidado, o qual está ligado ao Programa de Pós-graduação em Doenças Tropicais do Núcleo de Medicina Tropical (NMT) da Universidade Federal do Pará (UFPA) (CAPES nota três), e um grupo de pesquisa de curso consolidado, o qual está ligado ao Programa de Pós-graduação em Psicologia (Área de Concentração Psicologia Experimental) (CAPES nota sete) e ao Programa de Pós-graduação em Psicologia (Área de Concentração Neurociências e Comportamento) (CAPES nota cinco), o primeiro do Instituto de Psicologia e o segundo do Instituto de Psicologia e do Núcleo de Neurociências e Comportamento, unidades da Universidade de São Paulo (USP). O projeto é coordenado por Luiz Carlos de Lima Silveira (Doenças Tropicais, UFPA) e tem como vice-coordenadora Edna Aoba Yasui Ishikawa (Doenças tropicais, UFPA). A coordenadora da equipe consolidada é Dora Selma Fix Ventura (Psicologia, USP). Participam do grupo consolidado professores de outros programas de pós-graduação da USP na qualidade de pesquisadores, entre eles Carlos Eduardo Pereira Corbett (Patologia, USP). A proposta está dividida nos seguintes tópicos: a) informações sobre os programas de pós-graduação participantes; b) planilha contendo informações dos componentes dos grupos de pesquisa participantes; c) caracterização do problema, justificando a necessidade do apoio financeiro e da parceria; d) infra-estrutura das instituições participantes (existente e a necessária para dar suporte à interação entre os grupos); e) objetivos e metas, incluindo o plano de incremento da produção científica e tecnológica com o envolvimento dos alunos; f) metodologia explicitando o estado-da-arte e as técnicas que serão usadas no desenvolvimento do projeto de pesquisa; g) cronograma de execução das atividades; h) orçamento global e detalhado, contendo os itens solicitados e a indicação do programa de pós-graduação ao qual serão alocados; i) outras fontes de financiamento. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (17) / Mestrado acadêmico: (16) / Doutorado: (14) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Marcelo Fernandes da Costa - Integrante / Teiichi Oikawa - Integrante / José Luiz Fernandes Vieira - Integrante / Maria Izabel Tentes Côrtes - Integrante / Walter Wanderley Amoras - Integrante / Edmundo Frota de Almeida Sobrinho - Integrante / Marília Brasil Xavier - Integrante / Fernando Tobias Silveira - Integrante / Cláudia Feitosa Santana - Integrante / Nestor Noria Oiwa - Integrante / Arival Cardoso de Brito - Integrante / Juarez Antônio Simões Quaresma - Integrante / Carlos Eduardo Pereira Corbett - Integrante / Ana Júlia de Aquino Silveira - Integrante / Eduardo Oliveira Braga - Integrante / Ângela Vilhena Dias - Integrante / Hellen Thaís Fuzii - Integrante / Luisa Carício Martins - Integrante / Dirce Nascimento Pinheiro - Integrante / Cristina Mitiko Maruoka - Integrante / Delbanor de Souza Campos - Integrante / José Jesu Sisnando D'Araújo Filho - Integrante / Paula Renata Tavares Caluff - Integrante / Paula Teixeira de Mendonça - Integrante / Francisco Max Damico - Integrante / Maria Teresa Araújo Silva - Integrante / Fernando Allan de Farias Rocha - Integrante / Silene Maria Araújo de Lima - Integrante / Cézar Akiyoshi Saito - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Edna Aoba Yassui Ishikawa - Integrante / Russell David Hamer - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Rita Catarina Medeiros Sousa - Integrante / Antônio José de Oliveira Castro - Integrante / Alexandre Antônio Marques Rosa - Integrante / Anderson Raiol Rodrigues - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Carlos Araújo da Costa - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa. Número de produções C, T A: 139 / Número de orientações: 42
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
5.   2008-Atual. Controle de estímulos olfativos sobre o comportamento de ratos
Descrição: Ratos albinos, amplamente utilizados como sujeitos experimentais em pesquisas comportamentais e biomédicas, apresentam olfato e distinção de odores bem apurados, o que está relacionado ao bulbo olfativo particularmente desenvolvido. Entretanto, a visão desses ratos esta seriamente comprometida. Pesquisas comportamentais recentes com estímulos discriminativos olfativos vêm corroborar tal especialização, mostrando que ratos têm ótimo desempenho na aprendizagem de tarefas complexas, como por exemplo, learning‐set e discriminações condicionais . Essa observação é também sustentada por experimentos que mostram que quando outras modalidades sensoriais são usadas como estímulos discriminativos, como som ou luz, ratos apresentam desempenho medíocre em tarefas de discriminação simples, reversão e learning set, quando comparados com pombos e primatas. Os dados dessas pesquisas abrem novas possibilidades de pesquisas sobre controle de estímulo complexo com ratos. Nessa linha, o presente projeto pretende testar e calibrar um novo equipamento de treino e medição de comportamentos operantes de ratos em que estímulos olfativos podem ser usados como estímulos ambientais. Especificamente, O objetivo é submeter ratos a treino de reversões de discriminações simples com a finalidade de verificar o estabelecimento de um responder condizente com a formação de classes funcionais com estímulos olfativos, assim como determinar as variáveis determinantes da formação dessas classes. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / Pedro Lagatta - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Liane Dahás Jorge de Souza - Integrante / Francisco Andeson Gonçalves Carneiro - Integrante / Gabriela Milaré Camargo - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 1
Membro: Miriam Garcia Mijares.
6.   2008-2010. Customizar a modernização de instruções técnicas de operação e manutenção virtuais na UHE Tucuruí, como unidade piloto, utilizando práticas da engenharia de produção com enfase em produto e processos
Descrição: 1- Planejar a customização de um projeto PD piloto para operacionalizar 01 instrução técnica de operação e/ou manutenção virtual que permita desmontar e montar equipamentos eletromecânicos e simulações operacionais de uma turbina-geradora para confirmar a facilidade dessa nova tecnologia, Realidade Virtual, na UHE Tucuruí, verificando e analisando qual a melhor forma para a implantação definitiva nas usinas de geração, utilizando as praticas da engenharia de produção com ênfase em produto e processos; 2- Implantar e monitorar a operacionalização do projeto piloto de forma a obter retorno prático dos mantenedores e operadores da instalação quanto a facilidade e didática dos usuários no espaço virtual, através de treinamento da sua aplicação, visualização, manipulação e exploração dos objetos e dados virtuais (com interações em tempo real), que representam objetos e dados reais manipulados pelos técnicos em seu dia-a-dia, conseguindo assim promover ações e soluções de melhorias, capazes de aumentar a disponibilidade de geração e maximinizar os resultados definidos em conformidade com às práticas e padrões de trabalho; 3- Operacionalizar mais 09 instruções técnicas de operação e/ou manutenção complementares para melhoria do padrão e validação do programa virtual,. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . Integrantes: Manoel Ribeiro Filho - Coordenador / Alcides Renato da Silva Pamplona Junior - Integrante / Marcus Vinicius Alves Nunes - Integrante / Perbletli Nils Alho Barata - Integrante / Messias José Amador do Nascimento - Integrante. Financiador(es): Centrais Elétricas do Norte do Brasil - Auxílio financeiro.
Membro: Manoel Ribeiro Filho.
7.   2008-2010. Estudo comparativo do modelo SUS com um modelo STREAMLINE: uma análise do custo-benefício e medidas de resultados (Processo Nº 476233/2008-9, valor R$ 18.575,00)
Descrição: Comparar o modelo de serviço de saúde auditiva do SUS e um modelo mais enxuto (streamline), o qual otimiza o tempo do profissional especializado, o tempo dispensado ao atendimento e amplia o número de pacientes que serão atendidos; Comparar o benefício e a satisfação do paciente e a relação custo-efetividade destes dois modelos de serviços; Informar as entidades governamentais do Brasil sobre os resultados obtidos neste estudo e fornecer dados para as tomadas de decisões baseada em evidências. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Orozimbo Alves Costa - Integrante / Adriane Lima Mortari Moret - Integrante / Eliane Aparecida Tech Castiquini - Integrante / Regina Célia Bortoleto Amantini - Integrante / Ticiana Cristina de Freitas Zambonato - Integrante / Marina Morettin - Integrante / Tatiana Mendes de Melo - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
8.   2008-Atual. Estudo comparativo do modelo SUS com um modelo STREAMLINE: uma análise do custo-benefício e medidas de resultados.
Descrição: Comparar o modelo de serviço de saúde auditiva do SUS e um modelo mais enxuto (streamline), o qual otimiza o tempo do profissional especializado, o tempo dispensado ao atendimento e amplia o número de pacientes que serão atendidos; Comparar o benefício e a satisfação do paciente e a relação custo-efetividade destes dois modelos de serviços; Informar as entidades governamentais do Brasil sobre os resultados obtidos neste estudo e fornecer dados para as tomadas de decisões baseada em evidências. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. (Processo Nº 476233/2008-9, valor R$ 18.575,00). Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Adriane Lima Mortari Moret - Integrante / Regina Célia B Amantini - Integrante / Orozimbo Alves Costa Filho - Integrante / Tatiana Mendes de Melo - Integrante / Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Eliane Aparecida Tech Castiquini - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Adriane Lima Mortari Moret.
9.   2008-2010. Estudos sobre padrões comportamentais complexos (CNPq485040/2007-7)
Descrição: Ainda é limitado o conhecimento sobre as variáveis envolvidas na produção de 1) padrões complexos de respostas (e.g. insight); 2) padrões complexos de controle discriminativo de respostas, em especial os que envolvem o controle por classes de eventos ao invés de por eventos individuais ou o controle por eventos arbitrariamente relacionados (como no caso do comportamento simbólico); e 3) na integração destes padrões no processo de aquisição de comportamento lingüístico e de seus pré-requisitos. Este projeto consiste em uma proposta de abordagem integrada de parte do que se está chamando aqui de processos comportamentais complexos. Três subprojetos investigarão diferentes aspectos de processos comportamentais complexos: - -SUBPROJETO 1: Comparação de aquisição de relações condicionais simétricas e não simétricas como forma de avaliação de indícios de formação de classes em macacos-prego (Cebus apella). -- SUBPROJETO 2: Estudos sobre comportamentos pré-simbólicos em primatas humanos e não-humanos. Este subprojeto se desenvolverá em dois experimentos: -EXPERIMENTO 1: Discriminação condicional auditiva e auditiva-visual em Cebus apella. -EXPERIMENTO 2: Discriminação simples e condicional por identidade em bebês --SUBPROJETO 3: Determinantes históricos do ?insight? em animais não-humanos. Este subprojeto também se desenvolverá em dois experimentos -EXPERIMENTO 1: Determinantes Históricos do ?Insight? em Cebus apella. -EXPERIMENTO 2: Determinantes Históricos do ?Insight? em Rattus norvegicus.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (2) . Integrantes: Carlos Barbosa Alves de Souza - Coordenador / Romariz da Silva Barrros - Integrante / M B Carvalho Neto - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Carlos Barbosa Alves de Souza.
10.   2008-Atual. Estudos Transposicionais dos Efeitos Neurocomportamentais da Exposição ao Mercúrio
Descrição: Projeto financiado conjuntamente pelo Fogarty Institute e outros institutos do NIH, incluindo o Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano e o Instituto Nacional de Ciências Ambientais da Saúde. Pesquisadores básicos e clínicos da University of Massachusetts Medical School (UMMS), Auburn University (AU), Harvard University, e da Universidade Federal do Pará (UFPA) (Brasil) solicitaram financiamento para desenvolver um programa translacional e interdisciplinar de pesquisa biocomportamental e treinamento em pesquisa com foco nos efeitos neurotóxicos da exposição a metais pesados em humanos e em modelos animais. Neste primeiro projeto colaborativo, o foco primário será acerca dos efeitos da exposição ao mercúrio (focando inicialmente o metilmercúrio). Os pesquisadores irão (a) validar novas metodologias para avaliar o funcionamento neurocomportamental em primatas não-humanos, (b) aplicar essas metodologias para estudar os efeitos da exposição ao mercúrio sobre o comportamento, e (c) estender essa metodologia para avaliar o funcionamento sensorial e neurocognitivo da exposição ao mercúrio em crianças que morem próximas à jazidas de mineração de ouro no norte do Brasil.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Willian J. McIlvane - Coordenador / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Luis Carlos de Lima Silveira - Integrante / Maria Elena Crespo Lopez - Integrante / Leo Buchanan - Integrante / S. Allen Counter - Integrante / M. Christopher Newland - Integrante. Financiador(es): National Institutes of Health - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Leda de Faria Brino.
11.   2008-2009. Expansão dos repertórios de ouvir e falar em surdos pré-linguais que receberam o implante coclear
Descrição: Recebeu auxíliio financeiro da FUNDUNESP no valor de R$ 1.420,00. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Coordenador. Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu.
12.   2008-2009. III Seminário Científico - Politicas Públicas, Serviços e Sistemas em Saúde Auditiva - CNPq 454296/2008-8
Descrição: Processo CNPq 454296/2008-8 - Apoio Financeiro a Promoção de Eventos Científicos - ARC O III Seminário Científico Políticas Públicas, serviços e sistemas em Saúde Auditiva , apresenta a proposta de discutir as ações voltadas à saúde auditiva dos serviços credenciados ao Ministério da Saúde nas regiões Norte, Sul, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. A primeira edição deste Evento ocorreu entre 16 e 18 de março de 2006, e teve como objetivo de discutir ações voltadas à saúde auditiva, propondo modelos de intervenção a fim de consolidar uma política nacional de atenção ao tema. Nos dias 8 e 9 de maio de 2008 (Bauru/SP) foi realizada a segunda edição do Seminário, com o tema Indicadores de qualidade nos serviços de saúde auditiva do Sistema Único de Saúde . Nesta edição, a proposta foi a de discutir a necessidade de se constituir serviços públicos de saúde auditiva com qualidade, para nortear a definição das metas do serviço, o que, por sua vez, pode levar ao desenvolvimento e organização de programas de diagnóstico e intervenção favoráveis para que tais metas sejam atingidas. Engajado nas propostas discutidas nas edições anteriores, o III Seminário Políticas Públicas, serviços e sistema em Saúde Auditiva , que ocorrerá entre os dias 21 e 22 de maio de 2009, em Bauru/SP, tem como tema Política de Atenção à Saúde Auditiva na Atenção Básica . A problemática é de fundamental importância para o panorama atual desta Política, pois apesar dos avanços alcançados em um curto período de tempo, ainda tem suas insuficiências.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Tatiana Mendes de Melo - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
13.   2008-Atual. INCT sobre Comportamento, Cognição e Ensino
Descrição: Organizado em uma rede multiinstitucional e multiregional, este Instituto focaliza ciência e tecnologia comportamental que trata do funcionamento simbólico e seus déficits funcionais, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em alcançar competências básicas em leitura e matemática etc.).. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) . Integrantes: Dionne Cavalcante Monteiro - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 16 / Número de orientações: 1
Membro: Dionne Cavalcante Monteiro.
14.   2008-Atual. Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e UMMS (EUA) e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público geral. O programa de pesquisa terá três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e Aplicada.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (22) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (35) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (42) . Integrantes: Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Júlio Cesar Coelho de Rose - Integrante / Gerson Tomanari - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Maria Stella Coutinho de Alcântara Gil - Integrante / Jorge Mendes de Oliveira-Castro - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Camila Domeniconi - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Carlos Barbosa Alves de Souza.
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e UMMS (EUA) e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Camila Domeniconi - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Julio Cesar Coelho de Rose - Integrante / Ana Karina Arantes - Integrante / Paulo Ferreira - Integrante / Romariz Barros - Integrante / William McIlvane - Integrante / William Dube - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante / Olavo Galvão - Integrante / Martha Hubner - Integrante / Paula Debert - Integrante.
Membro: Camila Domeniconi.
Descrição: O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino, é uma expansão do Núcleo de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino que vem, desde 1996, organizando os esforços de pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e University of Massachusetts Medical School (UMMS). O grupo obteve apoio do PRONEX em 1997, renovado em 2003 na nova edição do PRONEX (MCT/CNPQ/FAPESP). Na presente proposta o Instituto planeja um maior desenvolvimento, integração e expansão da rede de laboratórios existente. Esta rede multi-institucional e multi-regional focaliza ciência e tecnologia comportamental que trata do funcionamento simbólico e seus déficits funcionais, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em alcançar competências básicas em leitura e matemática, etc.). Déficits de funcionamento simbólico representam um desafio substancial para os indivíduos afetados, para suas famílias e para suas comunidades mais amplas. Tais déficits podem resultar de distúrbios neurológicos, de ambientes empobrecidos e/ou de suas interações entre si e com outras variáveis. Qualquer que seja a etiologia, contudo, a abordagem primária à prevenção ou remediação de déficits no funcionamento simbólico é o fornecimento de intervenção comportamental e o fortalecimento do suporte educacional, aliados a outras intervenções que reduzam seu impacto.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Julio Cesar Coelho de Rose - Integrante / Romariz da Silva Barros - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Carlos B. A. de Souza - Integrante / Maria Martha Costa Hubner - Integrante / Paula Debert - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Maria Stella Coutinho de Alcântara Gil - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / Gerson Aparecido Yukio Tomanari - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Ana Leda de Faria Brino.
Descrição: O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino, é uma expansão do Núcleo de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino que vem, desde 1996, organizando os esforços de pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e University of Massachusetts Medical School (UMMS). O grupo obteve apoio do PRONEX em 1997, renovado em 2003 na nova edição do PRONEX (MCT/CNPQ/FAPESP). Na presente proposta o Instituto planeja um maior desenvolvimento, integração e expansão da rede de laboratórios existente. Esta rede multi-institucional e multi-regional focaliza ciência e tecnologia comportamental que trata do funcionamento simbólico e seus déficits funcionais, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em alcançar competências básicas em leitura e matemática, etc.). Déficits de funcionamento simbólico representam um desafio substancial para os indivíduos afetados, para suas famílias e para suas comunidades mais amplas. Tais déficits podem resultar de distúrbios neurológicos, de ambientes empobrecidos e/ou de suas interações entre si e com outras variáveis. Qualquer que seja a etiologia, contudo, a abordagem primária à prevenção ou remediação de déficits no funcionamento simbólico é o fornecimento de intervenção comportamental e o fortalecimento do suporte educacional, aliados a outras intervenções que reduzam seu impacto. CNPq / FAPESP - INCT ECCE - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino: APRENDIZAGEM RELACIONAL E FUNÇÃO SIMBÓLICA: PESQUISA BÁSICA E APLICADA Edital 15/2008 MCT / CNPq / FNDCT / CAPES / FAPEMIG / FAPERJ / FAPESP. 2009-2012. Nº do Processo: 2008/57705-5 Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Nº do Processo: 573972/2008-7 Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Coordenação: Deisy de Souza, UFSCar, Vice-Coordenador: Olavo Galvão, UFPA. R$ 2.316.350,11. Em andamento, prorrogado até 03/2015.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (3) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador / William V. Dube - Integrante / João dos Santos Carmo - Integrante / Ana Leda de Faria Brino - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Integrante / Elenice Seixas Hanna - Integrante / Renato Bortoloti - Integrante / Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / Leo H. Buchanan - Integrante / Camila Domeniconi - Integrante / William Jay McIlvane - Integrante / Paula Debert - Integrante / Ana Claudia Almeida Verdu - Integrante / Richard Serna - Integrante / Miriam Garcia Mijares - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Luiz Carlos de Lima Silveira - Integrante / Julio Cesar Coelho de Rose - Integrante / Gerson Yukio Tomanari - Integrante / Maria Stella de Alcantara Gil - Integrante / Celia Giacheti - Integrante / Heloisa Bandini - Integrante / Carmen Bandini - Integrante / Maria Martha Costa Hubner - Integrante / Thais Porlan Oliveira - Integrante / Andréia Schmidt - Integrante / Marcelo Frota Lobato Benvenuti - Integrante / Edson Massayuki Huziwara - Integrante / Raquel Maria de Melo - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Olavo de Faria Galvão.
15.   2008-Atual. Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Estudos do Comportamento, Cognição e Ensino
Descrição: O INCT reúne pesquisadores da UFSCar, USP, UnB, UNESP, UFPA e UMMS (EUA) e focaliza ciência e tecnologia comportamental sobre o funcionamento simbólico e seus déficits, particularmente em crianças (e.g. habilidades disfuncionais de comunicação, desenvolvimento atrasado de linguagem devido a surdez congênita, fracasso em leitura e matemática, etc). Progresso substancial foi feito no desenvolvimento de modelos de laboratório de funcionamento simbólico e seus precursores (incluindo modelos animais) e no desenvolvimento de metodologia para 1) avaliação e remediação de déficits de comunicação simbólica em crianças com surdez congênita ou adquirida, 2) aplicação em intervenções precoces com bebês e crianças pequenas (com ou sem distúrbios neuro-desenvolvimentais), 3) prevenção e remediação de déficits em leitura, escrita e matemática. Expandindo a abrangência de investigações sobre dimensões do funcionamento simbólico (com uma população mais ampla e diversificada de crianças com déficits em funcionamento simbólico) o principal objetivo de pesquisa é a análise científica do funcionamento simbólico e seus determinantes, incluindo, mas não se limitando a: (1) identificação das condições necessárias e suficientes para o desenvolvimento de funcionamento simbólico apropriado à idade; (2) desenvolvimento / refinamento de procedimentos para lidar com a variabilidade inter-individual em procedimentos educacionais ou terapêuticos para melhorar o funcionamento simbólico e lidar prosteticamente com déficits de função simbólica; (3) investigação e desenvolvimento de metodologia para estabelecer o funcionamento simbólico. Outros objetivos incluem suporte para acelerar o desenvolvimento profissional de jovens cientistas do grupo, formar novos mestres e doutores na área e disseminar resultados para cientistas de áreas afins, profissionais em saúde e educação e para o público geral. O programa de pesquisa terá três componentes principais: Ciência Básica, Translacional e Aplicada.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (22) / Mestrado acadêmico: (35) / Doutorado: (42) . Integrantes: Elenice Seixas Hanna - Integrante / Julio Cesar Coelho de Rose - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Coordenador / Maria Martha Costa Hübner - Integrante / Gerson A. Y. Tomanari - Integrante. Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 6 / Número de orientações: 9
Membro: Elenice Seixas Hanna.
16.   2008-2010. Investigação de propriedades quantitativas de relações simbólicas
Descrição: O modelo de equivalência de estímulos definiu comportamentos simbólicos oferecendo critérios operacionais que permitiram simulações experimentais da aquisição e manipulação de símbolos. Bortoloti e de Rose têm conduzido investigações para validar a equivalência como modelo do significado e avaliar propriedades quantitativas de relações simbólicas simuladas experimentalmente. Resultados obtidos em trabalhos que utilizaram um instrumento de diferencial semântico na avaliação de estímulos equivalentes são fornecidos pelos autores como evidências empíricas de que relações de equivalência podem conferir significado a estímulos inicialmente desprovidos desta função. Além disso, o diferencial semântico tem permitido avaliar propriedades quantitativas de relações de equivalência a partir da mensuração do nível de transferência de significados ocorrido nas classes estabelecidas. Nos trabalhos já desenvolvidos, o nível de transferência de significados pareceu variar sistematicamente de acordo com os parâmetros experimentais envolvidos. Variações na transferência de funções indicam variações no grau de relacionamento de estímulos equivalentes. O presente projeto explora esta linha de investigação, dando continuidade a estudos de Bortoloti e de Rose. Serão conduzidos estudos para avaliar os efeitos de diferentes parâmetros de procedimento sobre a transferência de funções entre estímulos equivalentes e estão previstas comparações das medidas obtidas com as escalas de diferencial semântico com outras medidas de transferência de funções entre estímulos.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Renato Bortoloti - Coordenador / Júlio César Coelho de Rose - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Renato Bortoloti.
17.   2008-Atual. Investigação de variáveis metodológicas que afetam o controle restrito de estímulos
Descrição: Investigação integrante do sub-projeto Atenção Seletiva e Observação em Tarefas Simbólicas do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Estudos do Comportamento, Cognição e Ensino (INCT). Coordenadora Geral: Profa. Deisy das Graças de Souza (UFSCar) e Coodenadora Local: Profa. Elenice S. Hanna (UnB).. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Raquel Maria de Melo - Coordenador / Elenice Seixas Hanna - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Integrante.
Membro: Raquel Maria de Melo.
18.   2008-2012. Núcleo de excelência em neuropatologias emergentes ? Desenvolvimento de tecnologia para monitoramento neurofisiológico da saúde de populações amazônicas. CNPq-PRONEX/FAPESPA 2268.
Descrição: A presente proposta contempla a criação do ?Núcleo de Excelência em Neuropatologias Emergentes ? Desenvolvimento de Tecnologia e Monitoramento Neurofisiológico da Saúde de Populações Amazônicas?, tendo como instituição-sede o Núcleo de Medicina Tropical da UFPA, e apoio financiero do MCT, através do CNPq, e do Governo do Estado do Pará, através da FAPESPA, objetivando o desenvolvimento de tecnologia utilizável em problemas de interesse regional, tendo uma estrutura baseada na interação entre grupos de pesquisa da UFPA, USP, UFRGS e UEPA.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (15) / Mestrado acadêmico: (16) / Doutorado: (15) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Antônio Tobias Silveira - Integrante / Setsuko Noro dos Santos - Integrante / Marcelo Fernandes da Costa - Integrante / Teiichi Oikawa - Integrante / Dânia Emi Hamassaki - Integrante / Cléa Nazaré Carneiro Bichara - Integrante / Walter Wanderley Amoras - Integrante / Edmundo Frota de Almeida Sobrinho - Integrante / Maria Elena Crespo López - Integrante / Marília Brasil Xavier - Integrante / Amauri Gouveia Júnior - Integrante / Klaus Bruno Tiedermann - Integrante / Juarez Antônio Simões Quaresma - Integrante / Ana Júlia de Aquino Silveira - Integrante / Eduardo Oliveira Braga - Integrante / Nielsy Helena M. Puglia - Integrante / Fernando Allan de Farias Rocha - Integrante / Silene Maria Araújo de Lima - Integrante / Cézar Akiyoshi Saito - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Russell David Hamer - Integrante / Anderson Manoel Herculano Oliveira da Silva - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Antônio José de Oliveira Castro - Integrante / Alexandre Antônio Marques Rosa - Integrante / Anderson Raiol Rodrigues - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Carlos Araújo da Costa - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro / Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 47 / Número de orientações: 41
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
19.   2008-Atual. Perdas Sensoriais Causadas Pela Intoxicação por Solventes: Estudos psicofísicos, neuropsicológicos e neurofisiológicos. Subprojeto UFPA ? Faculdade de Psicologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Descrição: Coordenado plela Prof. Dra. Dora Fix Ventura, o presente projeto propõe o estudo dos efeitos da intoxicação por solventes no sistema visual humano e em modelos animais, bem como em funções neuropsicológicas, com a finalidade de conhecer os mecanismos responsáveis pelas perdas e compará-los com efeitos causados por outras doenças neurodegenerativas, além de introduzir novos métodos de diagnóstico precoce. Este projeto enfoca um novo problema da toxicologia, de grande importância para a área de saúde ? a intoxicação humana por solventes - e amplia a linha de trabalho em duas frentes: experimentação simultânea em psicofísica e eletrofisiologia cortical em humanos no mesmo indivíduo e estudos comportamentais em primatas não humanos. A primeira é possibilitada pela associação ao grupo do Professor Russell D. Hamer do Smith Kettlewell Institute , a segunda pelo ingresso do Professor Olavo F. Galvão da UFPA. A proposta integra os setores de pesquisa básica e clínica dos grupos de Psicofisiologia Sensorial do Instituto de Psicologia da USP e de Neurobiologia do Centro de Ciências Biológicas e do Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará, assim como da Escola de Primatas do Departamento de Psicologia da UFPA, reunindo ainda pesquisadores do Depto de Histologia da Universidade Federal do Paraná.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Sheila T. Makiama - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: Coordenado plela Prof. Dra. Dora Fix Ventura, o presente projeto propõe o estudo dos efeitos da intoxicação por solventes no sistema visual humano e em modelos animais, bem como em funções neuropsicológicas, com a finalidade de conhecer os mecanismos responsáveis pelas perdas e compará-los com efeitos causados por outras doenças neurodegenerativas, além de introduzir novos métodos de diagnóstico precoce. Este projeto enfoca um novo problema da toxicologia, de grande importância para a área de saúde a intoxicação humana por solventes - e amplia a linha de trabalho em duas frentes: experimentação simultânea em psicofísica e eletrofisiologia cortical em humanos no mesmo indivíduo e estudos comportamentais em primatas não humanos. A primeira é possibilitada pela associação ao grupo do Professor Russell D. Hamer do Smith Kettlewell Institute , a segunda pelo ingresso do Professor Olavo F. Galvão da UFPA. A proposta integra os setores de pesquisa básica e clínica dos grupos de Psicofisiologia Sensorial do Instituto de Psicologia da USP e de Neurobiologia do Centro de Ciências Biológicas e do Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará, assim como da Escola de Primatas do Departamento de Psicologia da UFPA, reunindo ainda pesquisadores do Depto de Histologia da Universidade Federal do Paraná.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Sheila Tetsuo Makiama - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante. Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Membro: Olavo de Faria Galvão.
20.   2008-Atual. Respostas emocionais à matemática: estudo de variáveis relevantes e medidas de ansiedade
Descrição: O projeto envolve uma série de estudos acerca de ansiedade à matemática e outras respostas emocionais relacionadas à matemática.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . Integrantes: João dos Santos Carmo - Coordenador / Paulo Estêvão Andrade - Integrante / Marcos Cupani - Integrante. Número de produções C, T A: 34 / Número de orientações: 14
Membro: João dos Santos Carmo.

2007

1.   2007-Atual. Análise e avaliação de Modelos de Depêndia e recaída a drogas
Descrição: O projeto tem como objetivo principal determinar as variáveis relevantes que controlam o comportamento de ratos nos modelos animais atualmente usados para se estudar dependência e recaída a drogas. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / Maria Teresa Araujo Silva - Integrante / Fernanda Libardi Galesi - Integrante / Marina Bárbara Bastos Araújo - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
2.   2007-2013. Aquisição de relações condicionais em humanos e animais
Descrição: Este projeto tem por objetivo investigar em diferentes espécies o estabelecimento de comportamentos simbólicos a partir do procedimento go/no-go com estímulos compostos. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . Integrantes: Paula Debert - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Paula Debert.
3.   2007-Atual. Associações entre habilidades de leitura, consciência fonológica, memória operacional fonológica e linguagem
Descrição: A política de atenção a pessoa com deficiência do Ministério da Saúde, propõe uma rede de cuidados integrais que considerem o sujeito como um todo. Os processos terapêuticos singulares devem atender às diversas necessidades da pessoa com deficiência para que a reabilitação possa ser considerada completa. O processo de reabilitação de crianças deficientes, em especial crianças com deficiência auditiva, intelectual e visual, perpassa pela aquisição de habilidades de linguagem tanto na forma oral como na forma escrita. Nestes casos, a aquisição de linguagem, torna-se uma forma de acesso a direitos comuns a todo cidadão, tais como a individualidade e a independência funcional da pessoa com deficiência e portanto amplia a qualidade de vida do reabilitando. Nesse contexto o estudo de habilidades consideradas pré-requisitos para a aquisição de linguagem oral e escrita, são extremamente importantes pois podem estabelecer formas de reabilitação eficazes para pacientes com graves deficiências. No entanto, as correlações entre os diferentes níveis de habilidades de consciência fonológica, bem como dos diferentes tipos funções da memória de curto prazo não estão bem estabelecidos. Este conjunto de estudos sobre o tema busca investigar: a) as possíveis correlações entre as habilidades de consciência fonológica em seus diferentes níveis, habilidades de memória operacional fonológica e linguagem na forma oral e escrita; b) a influência de outras habilidades cognitivas neste processo, tais como, a inteligência verbal e não verbal; c) as possibilidades de uso de um programa de treinamento das habilidades estudadas na criação de um programa de instrução das mesmas como forma de minimizar as dificuldades de aquisição de linguagem em especial em sua modalidade escrita. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) . Integrantes: Heloisa Helena Motta Bandini - Coordenador / Ana Carolina Sella - Integrante / Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / Daniela Mendonça Ribeiro - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T A: 4 / Número de orientações: 3
Membro: Heloisa Helena Motta Bandini.
4.   2007-2009. Avaliação da propriedade transitiva ao longo do treino de diferentes conjuntos de relações condicionais em pombos
Descrição: Um organismo treinado a relacionar condicionalmente estímulos pertencentes a diferentes conjuntos pode passar a estabelecer novas relações condicionais, de acordo com as propriedades reflexivas, simétricas e transitivas entre estes estímulos, sem qualquer treino adicional O modelo de equivalência de estímulos tem demonstrado a formação de classes de equivalência em humanos, mas em infra‐humanos, bem como em humanos com repertórios pré‐verbais, a formação de classes de equivalência não tem sido facilmente demonstrada. As dificuldades em se demonstrar a formação de classes de equivalência em infra‐humanos ou humanos pré‐verbais podem ter origem metodológica, ou seja, na adequação dos procedimentos empregados às especificidades destas populações. É assim o primeiro objetivo desse propor e avaliar um procedimento intrasujeito em que as relações de equivalência são avaliadas em situação permanente de treino. Para tal finalidade 6 pombos são submetidos a treino em duas fases experimentais. Na primeira fase, chamada de treino basal (T), seis discriminações condicionais arbitrárias são ensinadas, divididas em três grupos (por exemplo AB, BC e DE), sendo dois grupos relacionados (por exemplo, AB e BC) e um não relacionado (por exemplo, DE). Na segunda fase, chamada de treino de transitividade (TT), são treinadas quatro discriminações condicionais, divididas em dois grupos (por exemplo, AC e AE). Um dos grupos é composto por relações de transitividade derivadas do treino em T (por exemplo, AC) e o outro grupo é composto por relações entre o grupo não relacionado e um grupo relacionado de T (por exemplo, AE). Em ambas as fases, as discriminações condicionais são treinadas por meio do procedimento de MTS arbitrário simultâneo. Evidência indireta de formação de classes de equivalência de estímulos é obtida se na fase T o treino necessário para verificar aquisição das discriminações condicionais transitivas do conjunto relacionado (po.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / Maria Teresa Araujo Silva - Integrante / Tomanari, Gerson Yukio - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
5.   2007-2010. Desenvolvimento de Modelos Matemáticos de Hidrogeradores para Caracterização do Comportamento
Descrição: A existência de um componente rotativo apoiado em mancais e transmitindo potência cria uma família de problemas que são encontrados nas mais diversas máquinas, destacando-se aqui os Hidrogeradores utilizados em usinas hidroelétricas. Por outro lado, referidas unidades são alvo de sistemas comerciais de monitoramento contínuo que, em geral, trazem incorporados diversos sensores, objetivando, por exemplo, a medição de temperatura, de corrente elétrica, de vibração, etc, os quais em muitos casos são em número excessivo e em locais de difícil acesso. Apesar da importância evidente destes procedimentos de detecção de falhas já existentes, é possível obter informações ainda mais completas sobre o real estado de funcionamento da máquina através da elaboração de modelos matemáticos do Hidrogerador, incorporando, neste processo de identificação de danos, informações confiáveis a respeito do comportamento dinâmico esperado do equipamento em questão. Assim, pode-se destacar como objetivo principal deste projeto o desenvolvimento de modelos matemáticos que permitam inferir alterações de comportamento operacional da máquina com o objetivo de estender o potencial dos procedimentos tradicionais de detecção e caracterização de falhas em equipamentos rotativos e, ainda, possibilitar uma nova distribuição dos sensores e, em alguns casos, a redução do número destes. Para atingir este objetivo mais geral é necessário que se cumpram etapas cujos objetivos específicos e resultados esperados são descritos a seguir: 1. Desenvolver uma auditoria operacional de um Hidrogerador, identificando as características e os dados relevantes, com intuito de subsidiar a concepção dos modelos; 2. Desenvolver modelos eletromagnéticos bi e tridimensionais do gerador para obtenção das excitações eletromagnéticas; Objetivos (Descrição dos objetivos mensuráveis do projeto) 1. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Manoel Ribeiro Filho - Integrante / Marcus Vinicius Alves Nunes - Integrante / Newton Sure Soeiro - Coordenador. Financiador(es): Centrais Elétricas do Norte do Brasil - Auxílio financeiro.
Membro: Manoel Ribeiro Filho.
6.   2007-Atual. Efeito das condições de alojamento (enriquecimento, grupo e isolamento) a respostas por etanol
Descrição: Usualmente, a pesquisa comportamental com animais em laboratório utiliza sujeitos mantidos isolados em caixas (I). Uma das espécies mais usadas é o rato, um animal social que em habitat natural vive em colônias. Tem sido proposto que a baixa disponibilidade de reforçadores alternativos seja um dos fatores determinantes no abuso de drogas. Experimentos anteriores realizados em nosso laboratório demonstraram que a criação de animais em diferentes ambientes, com diferente disponibilidade de reforçadores, altera o comportamento relativo ao álcool. Ratos criados em isolamento consomem mais álcool e este apresenta um maior valor reforçador para esses animais quando comparados a animais criando em ambiente enriquecido (AE).Este projeto visa estudar a relação entre o ambiente em que ratos se desenvolvem e a auto-administração de etanol (ET) na idade adulta.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) . Integrantes: Miriam Garcia Mijares - Coordenador / Maria Teresa Araujo Silva - Integrante / Ana Martins Torres Bernardes - Integrante / Diana Milena Cortés - Integrante / Rafael Medeiros de França - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Miriam Garcia Mijares.
7.   2007-2009. Estudo de validação e normatização da Bateria Multidimensional de Inteligência Infantil
Descrição: A Bateria Multidimensional de Inteligência Infantil, BMI, é composta por nove testes elaborados para avaliar crianças de sete a 12 anos, por meio das seguintes capacidades incluídas no Modelo Cattell-Horn-Carroll: Inteligência Cristalizada, Inteligência Fluida, Velocidade de Processamento, Memória de Curto Prazo, Armazenamento e Recuperação Associativa de Longo Prazo e Conhecimento Quantitativo. O presente estudo teve o objetivo de verificar a validade concorrente da BMI por meio da correlação com o teste Matrizes Progressivas Coloridas de Raven ? Escala Especial. O estudo também estabeleceu a normatização da Bateria. A amostra foi constituída por 549 participantes de sete a 12 anos de idade, estudantes de escolas públicas e particulares. Dentre os participantes, 100 foram submetidos à aplicação da BMI e do Raven. A amostra completa foi utilizada na normatização do conjunto de nove testes. No que se refere à análise das evidências de validade concorrente foram obtidas correlações significativas (p 0,01) entre os escores dos nove testes da BMI e o do Raven. Correlações positivas fortes foram encontradas nos testes Vocabulário Geral (0,79), Desempenho em Matemática (0,77), Vocabulário Ilustrado (0,76) e Informação Geral (0,75). Apenas no teste Memória Associativa foi observada correlação negativa. Em relação ao escore total da BMI, foi observada correlação altamente significativa (0,83) com o escore total do Raven, evidenciando a validade de critério. Foram feitas comparações das medidas dos nove testes, de modo a analisar a viabilidade de se estabelecer dados normativos separadamente em razão das faixas etárias. Para isso, empregou-se a prova Anova e a post-hoc de Tukey para identificar diferenças significativas por idade, assim como as faixas etárias que justificaram as mesmas, estabelecendo-se o nível de significância de 0,05. Somente o subteste Memória Associativa não diferenciou significativamente as idades, sendo que para o restante dos testes foram estabelecid. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) . Integrantes: Patrícia Waltz Schelini - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Patrícia Waltz Schelini.
8.   2007-2010. Indicadores e proposta de avaliação da qualidade dos serviços de audiologia do Sistema Único de Saúde (CNPq Nº 409613/2006-1)
Descrição: No Brasil, muitos portadores de deficiência auditiva dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) para adquirir o aparelho de amplificação sonora individual (AASI). O país tem sido citado como modelo no que se refere ao programa de Saúde Auditiva, implementado na década de 90 pelo Ministério da Saúde. Analisar a qualidade destes serviços, a satisfação dos usuários, os resultados da indicação e adaptação do AASI, bem como da terapia fonoaudiológica pode repercutir positivamente no aprimoramento do processo de atendimento e essencialmente na otimização da verba pública. O objetivo deste estudo é investigar os principais indicadores de qualidade do processo de seleção, de indicação e de adaptação dos aparelhos, no que se referem à satisfação, benefícios do usuário e os indicadores de qualidade da terapia fonoaudiológica, obtidos nos Serviços de Saúde Auditiva de alta e média complexidade credenciados pelo Ministério da Saúde. Trata-se de estudo multicêntrico para a formação de rede institucional de serviços de saúde auditiva inter-regiões, com a participação de grupos de pesquisa nas regiões Sul, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. Será avaliado o total de 300 usuários de cada serviço de Saúde Auditiva participantes desta pesquisa, entre adultos (sexo masculino e feminino, com perda auditiva neurossensorial uni ou bilateral) e pais ou responsáveis por crianças, dos sexos masculino e feminino, com perda auditiva neurossensorial uni ou bilateral, totalizando 2.700 usuários. . Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Nadja Braite - Integrante / Adriane Lima Mortari Moret - Integrante / Mirela Gardenal - Integrante / Clay Rienzo Balieiro - Integrante / Luisa Barzaghi Ficker - Integrante / Regina Célia Bortoleto Amantini - Integrante / Andréa Cintra Lopes - Integrante / Beatriz Cavalcante A Caiuby Novaes - Integrante / Edilene Boechat - Integrante / Ana Cláudia Fiorini - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Mariza Ribeiro Feniman - Integrante / Maria Angelina Nardi Sousa Martinez - Integrante / Thelma Regina da Silva Costa - Integrante / Patrícia Daniele Campos - Integrante / Beatriz Warth Raymann - Integrante / Eliane Aparecida Techi Castiquini - Integrante / Alfredo Tabith Júnior - Integrante / Altair Cadrobbi Pupo - Integrante / Beatriz Castro Andrade Mendes - Integrante / Maria Lopes Fávero - Integrante / Kathryn Marie Pacheco Harrison - Integrante / Teresa Loffredo Bilton - Integrante / Carla Marcondes César Affonso Padovani - Integrante / Mara Renata Rissatto - Integrante / Rodrigo Brayner - Integrante / Telma Ferraz da Silva - Integrante / Débora Patricia Medeiros Santos - Integrante / Kelly Cristina Souza Fernandes - Integrante / Perla Mendoza Villaverde - Integrante / Rafaella Bastos S. Figueredo - Integrante / Rosemary Cruz Santos - Integrante / Alice Saideles Genro - Integrante / Cristiani Menegatti Baraldi - Integrante / Lilian Ferro - Integrante / Geraldo Pereira Jotz - Integrante / Jorge Umberto Béria - Integrante / Luciana Gigante - Integrante / Andréia Figueiredo - Integrante / Gabriele R. Mota - Integrante / Marion Cristine de Barba - Integrante / Costa Orozimbo Alves - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
9.   2007-2009. Indicadores e proposta de avaliação da qualidade dos serviços de audiologia do Sistema Único de Saúde (USP PROCONTES 2007.1.1439.25.0 )
Descrição: O objetivo é a produção do conhecimento científico sistematizado destinado à avaliação da atenção à saúde prestada à pessoa com deficiência, nos diversos níveis de cuidado, a fim de contribuir para o aperfeiçoamento da política e das ações de saúde, o presente projeto de pesquisa, denominado Indicadores e padrões de qualidade dos serviços de saúde auditiva do Sistema Único de Saúde apresenta a proposta de formação de rede institucional com a participação de grupos de pesquisa nas regiões Sul, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. Com o objetivo de investigar quais os principais indicadores de qualidade do processo de seleção, de indicação e de adaptação dos aparelhos de amplificação sonora individuais (AASIs), no que se refere à satisfação e aos benefícios do usuário, e os indicadores de qualidade da terapia fonoaudiológica, obtidos nos Serviços de Saúde Auditiva de média e de alta complexidade credenciados pelo Ministério da Saúde, este projeto prioriza os serviços de saúde auditiva filantrópicos, públicos e universitários para a constituição da rede institucional nacional.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador. Financiador(es): Universidade de São Paulo - Bolsa.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
10.   2007-2009. Indicadores e proposta de avaliação da qualidade dos serviços de audiologia do Sistema Único de Saúde Processo CNPq 502837/2007-1
Descrição: O Projeto Indicadores e Proposta de Avaliação da Qualidade dos Serviços de Saúde Auditiva do Sistema Único de Saúde . Este projeto teve inicio no dia 16 de Novembro de 2006 tendo a vigência até dia 15/06/2009. Foi solicitada prorrogação de um mês para finalização de todos os detalhes da pesquisa, tendo sido aprovado para encerramento no dia 15/07/09 e relatórios a serem enviados em dois meses. Atualmente, a avaliação da qualidade dos serviços de saúde auditiva está pautada na infra-estrutura (instalações físicas, número de profissionais, equipamentos) e no quantitativo da produtividade de procedimentos e adaptações de AASI realizados mensalmente, o que, não garante a qualidade dos serviços de saúde auditiva. Um ponto de extrema importância, considerado como um dos principais resultados deste estudo, é que os serviços de saúde auditiva, mesmo com as Portarias 587/2004 e 589/2004 do Ministério da Saúde que determinam as diretrizes nacionais para Políticas Públicas da Saúde Auditiva no atendimento na Média e Alta Complexidade, estabelecidas em nível nacional, apresentam diferenças intrínsecas devido ao aspecto geográfico do Brasil. Tais aspectos devem ser levados em consideração na avaliação da qualidade dos serviços de saúde auditiva e por isto, a definição de indicadores de qualidade foi um grande desafio. Neste momento o caminho é definir um nível básico de qualidade, para um bom atendimento ao paciente e a otimização da verba pública aplicada nestes serviços. Com a realização desta pesquisa foi possível investigar quais os principais indicadores de qualidade do processo de seleção, indicação e adaptação aparelhos de amplificação sonora individuais e da terapia fonoaudiológica em adultos e crianças deficientes auditivas nos Serviços de Saúde Auditiva de Média e Alta complexidade credenciados pelo Ministério da Saúde.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
11.   2007-2009. Indicadores e Proposta de Avaliação da Qualidade dos Serviços de Saúde Auditiva do Sistema Único de Saúde
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Adriane Lima Mortari Moret - Integrante / Andréia Cintra Lopes - Integrante / Kátia de Freitas Alvarenga - Integrante / Deborah Viviane Ferrari - Integrante / Wanderléia Quinhoneiro Blasca - Integrante / Regina Tangerino de Souza Jacob - Integrante / Maria Fernanda Capoani Garcia Mondelli - Integrante / Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Adriane Lima Mortari Moret.
12.   2007-2012. Integrando processos simbólicos e desenvolvendo tecnologia de ensino de leitura musical
Descrição: Os objetivos gerais do presente projeto são de identificar variáveis relacionadas com o desenvolvimento de leitura musical e comparar com estudos de leitura textual para ampliar a generalidade do conhecimento sobre aprendizagem simbólica. Os primeiros estudos (Estudos 1 e 2) terão como objetivos específicos avaliar o efeito de variáveis já estudadas no contexto de leitura textual, como quantidade de relações treinadas e tamanho da unidade de ensino sobre o desenvolvimento de leitura musical recombinativa. Outros dois estudos avaliarão variáveis específicas do contexto da notação musical que podem ser relevantes para o planejamento das tecnologias de ensino musical (Estudos 3 e 4). O diferencial dos estudos propostos neste projeto quando comparados aos relatados na literatura é a utilização de unidades de ensino maiores que a nota e a preocupação com o monitoramento do desenvolvimento de leitura recombinativa. Nos estudos anteriores, apenas notas foram utilizadas, não sendo avaliada a leitura recombinativa.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Elenice Seixas Hanna - Coordenador / Jassanã da Silva Lacerda Batitucci - Integrante / Henrique Lobo S. Pinheiro - Integrante / Ana Aparecida Vilela Miranda - Integrante / Tatiane Santana Pereira - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T A: 2 / Número de orientações: 1
Membro: Elenice Seixas Hanna.
13.   2007-2011. Investigação de aspectos quantitativos de relações simbólicas e da aplicação de programas educacionais em larga escala
Descrição: Este projeto compreende duas linhas de investigação articuladas em torno de pesquisas básicas e aplicadas envolvendo o paradigma de equivalência de estímulos. A primeira delas pretende dar continuidade ao estudo de propriedades quantitativas de relações simbólicas utilizando uma metodologia que permite quantificar a transferência de funções entre estímulos. O grau de transferência de funções estabelecido a partir de manipulações experimentais distintas será medido e comparado. A segunda linha de investigação tem por objetivo a busca de elementos que permitam consolidar a aplicação em larga escala, diretamente em escolas da rede pública, de programas individualizados para o ensino de leitura e escrita baseados no modelo de equivalência. Pretende-se investigar as condições e resultados da aplicação remota de um programa em operação e, eventualmente, propor adaptações para que seu uso possa ser estendido a outras escolas ou municípios interessados.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Renato Bortoloti - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Membro: Renato Bortoloti.
14.   2007-2011. Leitura com base na recombinação de palavras de treino: o papel da resposta de observação
Descrição: O objetivo deste projeto é avaliar o papel da resposta de observação para gerar leitura com base em componentes de palavras impressas previamente treinadas. Com a leitura de todos os componentes, espera-se a emergência de leitura de palavras novas, sem treino específico, compostas da recombinação das sílabas das palavras treinadas.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Marcelo Frota Lobato Benvenuti - Coordenador / Elenice Hanna - Integrante / Thiago de Barros - Integrante / Erica Pacheco - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa. Número de produções C, T A: 1 / Número de orientações: 1
Membro: Marcelo Frota Lobato Benvenuti.
15.   2007-2009. Perdas sensoriais causadas pela intoxicação por solventes: estudos psicofísicos, neuropsicológicos e neurofisiológicos. CNPq 486351/2006-8.
Descrição: O grande desenvolvimento do estudo do sistema visual reflete a explosão científica e tecnológica da informática, das neurociências comportamentais e da biologia molecular. É uma área de fronteira, com contribuições metodológicas e conceituais da última década, encaminhando-se rapidamente para a tão necessária pesquisa translacional, na qual conhecimentos da área básica são transferidos para a área clínica. Este projeto focaliza ambas as áreas de pesquisa: básica e clínica. A visão é uma das mais importantes funções para a vida, permitindo o contato com o meio externo para a interação com co-especiíficos, busca de alimentos, comportamentos reprodutivos, de defesa, de ataque, etc. Perdas visuais afetam a capacidade de executar esses comportamentos e podem ser reveladoras de outras perdas funcionais como memória, atenção, coordenação motora. Estas perdas são causadas por fatores genéticos (retinose pigmentar, doença de Stargardt, degeneração de cones), por diferentes patologias crônico-degenerativas (diabetes, glaucoma, hipertensão), pelo efeito tóxico de drogas (cloroquina, vigabatrina, Viagra, e muitas outras), ou ainda por contaminantes ambientais (mercúrio, zinco, agrotóxicos, solventes, etc.). Para a avaliação visual existem novas técnicas psicofísicas e novos métodos eletrofisiológicos não invasivos, possibilitados pelos avanços computacionais recentes, auxiliando a apresentação de estímulos visuais, programação experimental, análise on-line, etc. Objetivo. Investigar as repercussões causadas por patologias neurodegenerativas no sistema visual humano, com métodos não invasivos comportamentais e eletrofisiológicos, e em modelos animais. Método. Serão avaliados sujeitos expostos a compostos orgânicos em toda a cadeia produtiva do petróleo, incluindo trabalhadores de plataformas de extração de petróleo e gás natural, trabalhadores da indústria petroquímica e frentistas de postos de distribuição. Os resultados serão comparados com aqueles obtidos noutras condições. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (14) / Mestrado acadêmico: (11) / Doutorado: (7) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Mauro Nishi - Integrante / John Manuel de Souza - Integrante / Marcelo Fernandes da Costa - Integrante / José Luiz Fernandes Vieira - Integrante / Anita Taub - Integrante / Nestor Noria Oiwa - Integrante / Ana Júlia de Aquino Silveira - Integrante / Cézar Akiyoshi Saito - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Deutscher Akademischer Austauschdienst - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 21 / Número de orientações: 31
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
16.   2007-2010. Procedimentos alternativos para acessar a formação de classes de equivalência em macacos-prego Cebus apella
Descrição: O desenvolvimento do conhecimento sobre a natureza, a evolução e os determinantes do comportamento simbólico depende do avanço no conhecimento sobre a sua (in)dependência em relação a repertório verbal e do desenvolvimento de modelos animais para seu estudo. O presente projeto de pesquisa visa a explorar problemas de procedimento que usualmente contribuem para a dificuldade de obtenção de formação de classes de equivalência em sujeitos não-humanos. Um conjunto vasto de estudos está em andamento em nosso laboratório no sentido de desenvolver procedimentos efetivos para a produção de repertórios discriminativos nos sujeitos que sejam coerentes com o planejamento experimental. São utilizados macacos-prego como sujeitos. Os animais são submetidos a sessões experimentais diárias onde são apresentados a tarefas discriminativas a serem desempenhadas na tela sensível de um computador ou através da manipulação de objetos. Estão previstos dois estudos. O primeiro avaliará a possibilidade de estudo da formação de classes de equivalência em animais através do pareamento ao modelo por identidade com reforçamento específico. O segundo avaliará a possibilidade de obtenção de evidências de simetria com macacos-prego através do procedimento de go/no-go. Pesquisa dessa natureza tem impacto tanto sobre o conhecimento teórico relativo ao comportamento simbólico quanto sobre o desenvolvimento de tecnologia para a construção de repertório simbólico em crianças com desenvolvimento atípico e severamente atrasado. Os resultados da presente pesquisa podem também representar avanços no sentido do estabelecimento de um modelo animal para comportamento simbólico.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) . Integrantes: Romariz da Silva Barros - Coordenador / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Débora da Silva Bezerra - Integrante / Ilara Reis Nogueira da Cruz - Integrante / Thiago Dias Costa - Integrante / Abraão Roberto Fonseca - Integrante / Carlos Barbosa Alves de Souza - Integrante / Carlos Rafael Fernandes Picanço - Integrante / Lilian dos Reis Seabra - Integrante / Paulo Dillon Soares Filho - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T A: 6 / Número de orientações: 8
Membro: Romariz da Silva Barros.
17.   2007-Atual. Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net). FINEP/FADESP Ref 4191/05 (Encomenda Ação Transversal), Proc. no 01.06.0842-00, Convênio 1723. Subprojeto UFPA
Descrição: A Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net), Coordenada por Luiz Carlos de Lima Silveira, funciona em dois domínios de abordagem teórico-experimental: 1) Estudos de processos fisiológicos do sistema nervoso central; 2) Estudos de disfunção e proteção do sistema nervoso central. Esses domínios contemplam-se em projetos multi e interdisciplinares através de um eixo temático central representado pela neuroplasticidade. Os fenômenos plásticos que governam o desenvolvimento do sistema nervoso encontram-se representados nas respostas adaptativas do tecido a pressões ambientais e nas reações à injúria neural. As propriedades neuroplásticas encontram-se no comando de respostas neuroprotetoras intrínsecas ou que possam definir estratégias clínico-experimentais de proteção induzida. O IBN Net nasce com 30 grupos de pesquisa formados por 121 docentes-pesquisadores de 10 IES públicas e 1 IES privada, sediados em todas as regiões do país, alguns atuando em Neurociência há mais de quarenta anos. O embrião da integração temático-experimental proposta para o IBN Net pode ser visualizado nas colaborações existentes entre os vários grupos de pesquisa, atestadas em cerca da metade das publicações do grupo dos últimos cinco anos. A criação do IBN Net dá corpo ao foco temático de pesquisa em questões comuns e faz crescer a malha de integração dos grupos de pesquisa em Neurociência do país. O IBN Net estuda a injúria cerebral e a neuroproteção. São investigadas várias condições de agravo ao sistema nervoso, tanto em sujeitos expostos como em modelos in vivo e in vitro, incluindo: toxicidade do mercúrio e de outros contaminantes ambientais, importante inclusive para a Amazônia; isquemia cerebral e excitotoxicidade; doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer; doenças metabólicas; desnutrição; inflamação do sistema nervoso; e transtorno bipolar. São investigados os mecanismos moleculares envolvidos na neuroproteção induzida por substâncias endógenas, extratos de plantas. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Sheila T. Makiama - Integrante / Karoline Luiza Sarges Marques - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: A Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net), Coordenada por Luiz Carlos de Lima Silveira, funciona em dois domínios de abordagem teórico-experimental: 1) Estudos de processos fisiológicos do sistema nervoso central; 2) Estudos de disfunção e proteção do sistema nervoso central. Esses domínios contemplam-se em projetos multi e interdisciplinares através de um eixo temático central representado pela neuroplasticidade. Os fenômenos plásticos que governam o desenvolvimento do sistema nervoso encontram-se representados nas respostas adaptativas do tecido a pressões ambientais e nas reações à injúria neural. As propriedades neuroplásticas encontram-se no comando de respostas neuroprotetoras intrínsecas ou que possam definir estratégias clínico-experimentais de proteção induzida. O IBN Net nasce com 30 grupos de pesquisa formados por 121 docentes-pesquisadores de 10 IES públicas e 1 IES privada, sediados em todas as regiões do país, alguns atuando em Neurociência há mais de quarenta anos. O embrião da integração temático-experimental proposta para o IBN Net pode ser visualizado nas colaborações existentes entre os vários grupos de pesquisa, atestadas em cerca da metade das publicações do grupo dos últimos cinco anos. A criação do IBN Net dá corpo ao foco temático de pesquisa em questões comuns e faz crescer a malha de integração dos grupos de pesquisa em Neurociência do país. O IBN Net estuda a injúria cerebral e a neuroproteção. São investigadas várias condições de agravo ao sistema nervoso, tanto em sujeitos expostos como em modelos in vivo e in vitro, incluindo: toxicidade do mercúrio e de outros contaminantes ambientais, importante inclusive para a Amazônia; isquemia cerebral e excitotoxicidade; doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer; doenças metabólicas; desnutrição; inflamação do sistema nervoso; e transtorno bipolar. São investigados os mecanismos moleculares envolvidos na neuroproteção induzida por substâncias endógenas, extratos de plantas. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador. Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 4 / Número de orientações: 2
Membro: Olavo de Faria Galvão.
18.   2007-Atual. Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net). FINEP/FADESP Ref 4191/05 (Encomenda Ação Transversal), Proc. no 01.06.0842-00, Convênio 1723. Subprojeto USP
Descrição: A Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net), Coordenada por Luiz Carlos de Lima Silveira, funciona em dois domínios de abordagem teórico-experimental: 1) Estudos de processos fisiológicos do sistema nervoso central; 2) Estudos de disfunção e proteção do sistema nervoso central. Esses domínios contemplam-se em projetos multi e interdisciplinares através de um eixo temático central representado pela neuroplasticidade. Os fenômenos plásticos que governam o desenvolvimento do sistema nervoso encontram-se representados nas respostas adaptativas do tecido a pressões ambientais e nas reações à injúria neural. As propriedades neuroplásticas encontram-se no comando de respostas neuroprotetoras intrínsecas ou que possam definir estratégias clínico-experimentais de proteção induzida. O IBN Net nasce com 30 grupos de pesquisa formados por 121 docentes-pesquisadores de 10 IES públicas e 1 IES privada, sediados em todas as regiões do país, alguns atuando em Neurociência há mais de quarenta anos. O embrião da integração temático-experimental proposta para o IBN Net pode ser visualizado nas colaborações existentes entre os vários grupos de pesquisa, atestadas em cerca da metade das publicações do grupo dos últimos cinco anos. A criação do IBN Net dá corpo ao foco temático de pesquisa em questões comuns e faz crescer a malha de integração dos grupos de pesquisa em Neurociência do país. O IBN Net estuda a injúria cerebral e a neuroproteção. São investigadas várias condições de agravo ao sistema nervoso, tanto em sujeitos expostos como em modelos in vivo e in vitro, incluindo: toxicidade do mercúrio e de outros contaminantes ambientais, importante inclusive para a Amazônia; isquemia cerebral e excitotoxicidade; doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer; doenças metabólicas; desnutrição; inflamação do sistema nervoso; e transtorno bipolar. São investigados os mecanismos moleculares envolvidos na neuroproteção induzida por substâncias endógenas, extratos de plantas. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / VENTURA, DORA F. - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
19.   2007-2010. Respostas das células ganglionares na retina normal e glaucomatosa de primatas. CAPES / Deutscher Akademischer Austauschdientst. PROBRAL Proc. no 263/07.
Descrição: O presente projeto de colaboração entre a UFPA e a Universidade de Erlangen (Friedrich-Alexander-Universität Erlangen-Nürnberg) está sendo desenvolvido por grupos de pesquisa de ambas as universidades com competência reconhecida em Neurociência, com interesse na colaboração em temas como as patologias emergentes e re-emergentes da Amazônia e no desenvolvimento da vertente acadêmica da Oftalmologia em Belém; ressalte-se que o grupo da Universidade de Erlangen é um dos grupos de referência em Oftalmologia da Alemanha. Objetivo 1. Nesta linha de trabalho, conduzida na UFPA, o objetivo do presente projeto é o de estudar as respostas das células ganglionares retinianas do Alouatta caraya para uma série de estímulos que têm sido empregados para caracterizar as propriedades das células ganglionares retinianas em outros platirríneos (Cebus, Callithrix) e catarríneos (Macaca). Pretende-se investigar possíveis diferenças no processamento pós-receptoral no nível das células ganglionares retinianas entre platirríneos e catarríneos que possuem tricromacia completa (comparando portanto os resultados obtidos no Alouatta com aqueles disponíveis na literatura para Macaca (catarríneo tricromata pleno) e Cebus, Callithrix (platirríneos polimórficos com populações constituídas por indivíduos di e tricromatas). Ainda nesta linha de trabalho será finalizado o estudo das respostas das céluas ganglionares do Aotus trivirgatus, platirríneo noturno (com efeito o único gênero de antropóidea noturnos existente), terminando-se as análises de experimentos realizados anteriormente à presente colaboração. Os resultados obtidos com esse primata serão comparados com aqueles de primatas diurnos. Objetivo 2. Nesta linha de trabalho, conduzida na UFPA e na Universidade de Erlangen, o objetivo é o desenvolvimento de um sistema de estimulação e registro eletrorretinográfico para uso em serviços de oftalmologia hospitalares, laboratórios de exames oftalmológicos especializados e laboratórios de pesquis. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (6) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Manoel da Silva Filho - Integrante / Jan Kremers - Integrante / Alexandre Antônio Marques Rosa - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Deutscher Akademischer Austauschdientst - Bolsa / Deutscher Akademischer Austauschdientst - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa. Número de produções C, T A: 16 / Número de orientações: 20
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
20.   2007-Atual. Treino Discriminativo e Teste de Transferência de Função em Cães: Uma Proposta de Análise do Potencial Simbólico de Infra-Humanos.
Descrição: O presente estudo propõe uma continuidade às investigações sobre comportamento simbólico em espécies infra-humanas. Tendo em vista a proposta da Análise do Comportamento de trabalhar com a formação de relações simbólicas utilizando o paradigma de Equivalência de Estímulos e adicionando as ampliações metodológicas propostas posteriormente, pretende-se realizar dois estudos com cães. No primeiro deles os animais serão treinados a responderem a estímulos definidos experimentalmente como positivos em um esquema de discriminações simples simultâneas entre três pares de estímulos. No estudo 2 pretende-se ensinar uma discriminação condicional entre um estímulo novo e um estímulo positivo de um dos pares treinados anteriormente e um outro condicional novo ao estímulo negativo do par treinado anteriormente. Após os treinos serão realizados testes para verificação da transferência de função dos estímulos novos treinados com um dos pares para outros pares de estímulos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) . Integrantes: Camila Domeniconi - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Membro: Camila Domeniconi.
21.   2007-Atual. Visão de cores em platirrinos
Descrição: Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net). FINEP/FADESP Ref 4191/05 (Encomenda Ação Transversal), Proc. no 01.06.0842-00, Convênio 1723. A Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net), Coordenada por Luiz Carlos de Lima Silveira, funciona em dois domínios de abordagem teórico-experimental: 1) Estudos de processos fisiológicos do sistema nervoso central; 2) Estudos de disfunção e proteção do sistema nervoso central. Esses domínios contemplam-se em projetos multi e interdisciplinares através de um eixo temático central representado pela neuroplasticidade. Os fenômenos plásticos que governam o desenvolvimento do sistema nervoso encontram-se representados nas respostas adaptativas do tecido a pressões ambientais e nas reações à injúria neural. As propriedades neuroplásticas encontram-se no comando de respostas neuroprotetoras intrínsecas ou que possam definir estratégias clínico-experimentais de proteção induzida. O IBN Net nasce com 30 grupos de pesquisa formados por 121 docentes-pesquisadores de 10 IES públicas e 1 IES privada, sediados em todas as regiões do país, alguns atuando em Neurociência há mais de quarenta anos. O embrião da integração temático-experimental proposta para o IBN Net pode ser visualizado nas colaborações existentes entre os vários grupos de pesquisa, atestadas em cerca da metade das publicações do grupo dos últimos cinco anos. A criação do IBN Net dá corpo ao foco temático de pesquisa em questões comuns e faz crescer a malha de integração dos grupos de pesquisa em Neurociência do país. O IBN Net estuda a injúria cerebral e a neuroproteção. São investigadas várias condições de agravo ao sistema nervoso, tanto em sujeitos expostos como em modelos in vivo e in vitro, incluindo: toxicidade do mercúrio e de outros contaminantes ambientais, importante inclusive para a Amazônia; isquemia cerebral e excitotoxicidade; doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer; doenças metabólicas; desnutrição; inflamação do sistema nervoso; e. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Sheila Tetsuo Makiama - Integrante / Karoline Luiza Sarges Marques - Integrante / Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante. Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 11 / Número de orientações: 4
Membro: Olavo de Faria Galvão.

2006

1.   2006-Atual. Aprendizagem rápida de relações nome referente por bebês e crianças pequenas
Descrição: O responder por exclusão é um fenômeno robusto que pode facilitar a aprendizagem de vocabulário em diferentes populações, incluindo adultos, adolescentes e crianças com e sem deficiência. O presente projeto pretende verificar a aprendizagem de relações nome-referente na população de crianças menores de 36 meses. Serão especialmente investigadas: a emergência de novas relações nome-referente; a possibilidade de aprendizagem rápida de novos repertórios e as trajetórias de controle dos novos repertórios Serão planejados experimentos especialmente organizados para a participação de bebês, com sem risco para o desenvolvimento, a partir de 10 meses de idade e de crianças pequenas, entre 14 e 36 meses. Além dos procedimentos clássicos do mapeamento rápido serão empregados os procedimentos com uso de máscara (estímulos) e procedimentos que favorecem a aprendizagem sem erro. As pesquisas serão realizadas nas creches frequentadas pelos participantes. Equipamento, material e ambiente experimental serão especialmente planejados construídos, confeccionados ou organizamos para acolher esta população. Espera-se que bebês tão novos quanto aqueles com 10 meses de idade apresentem o responder por exclusão e que aprendam novas relações nome-referentes quando reexpostos aos procedimentos que produziram a emergência de novos repertórios. Em relação às trajetórias de controle, espera-se que o controle misto ( seleção + exclusão) sejam identificados para a quase totalidade de participantes. O projeto é parte das atividades do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Estudos sobreComportamento, Cognição e Ensino - INCT-ECCE. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . Integrantes: Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil - Coordenador. Número de orientações: 6
Membro: Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil.
2.   2006-2009. Audição na infancia
Descrição: No Brasil aproximadamente 6 milhões da população é portadora de algum tipo de deficiência auditiva A chance de que a deficiência auditiva seja adquirida durante o período neonatal é de 1:1000, no entanto, esta relação é diferente na presença de fatores de risco, passando para 1:52. O objetivo deste estudo foi verificar a incidência da deficiência auditiva em bebês nascidos em uma maternidade pública de uma capital no nordeste brasileiro.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) . Integrantes: Heloisa Helena Motta Bandini - Coordenador / Arthur Cabus Montenegro - Integrante / Davi Camara - Integrante / Nelfa Souza Ferreira - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 5 / Número de orientações: 2
Membro: Heloisa Helena Motta Bandini.
3.   2006-2009. Consolidação de grupo de pesquisa e pós-graduação em neurociências e doenças tropicais. CNPq EDITAL MCT/CT-INFRA/CT-ENERG 620248/2006-8.
Descrição: A proposta contém um projeto integrado de um grupo de pesquisa de curso não consolidado, o qual está ligado ao Programa de Pós-graduação em Doenças Tropicais do Núcleo de Medicina Tropical (NMT) da Universidade Federal do Pará (UFPA) (CAPES nota três), e um grupo de pesquisa de curso consolidado, o qual está ligado ao Programa de Pós-graduação em Psicologia (Área de Concentração Psicologia Experimental) (CAPES nota sete) e ao Programa de Pós-graduação em Psicologia (Área de Concentração Neurociências e Comportamento) (CAPES nota cinco), o primeiro do Instituto de Psicologia e o segundo do Instituto de Psicologia e do Núcleo de Neurociências e Comportamento, unidades da Universidade de São Paulo (USP). O projeto é coordenado por Luiz Carlos de Lima Silveira (Doenças Tropicais, UFPA) e tem como vice-coordenadora Dora Selma Fix Ventura (Psicologia, USP). Participam do grupo consolidado professores de outros programas de pós-graduação da USP na qualidade de pesquisadores, entre eles Carlos Eduardo Pereira Corbett (Patologia, USP) e Dânia Hamassaki-Britto (Biologia Celular e Tecidual, USP). A proposta está dividida nos seguintes tópicos: a) informações sobre os programas de pós-graduação participantes; b) planilha contendo informações dos componentes dos grupos de pesquisa participantes; c) caracterização do problema, justificando a necessidade do apoio financeiro e da parceria; d) infra-estrutura das instituições participantes (existente e a necessária para dar suporte à interação entre os grupos); e) objetivos e metas, incluindo o plano de incremento da produção científica e tecnológica com o envolvimento dos alunos; f) metodologia explicitando o estado-da-arte e as técnicas que serão usadas no desenvolvimento do projeto de pesquisa; g) cronograma de execução das atividades; h) orçamento global e detalhado, contendo os itens solicitados e a indicação do programa de pós-graduação ao qual serão alocados; i) outras fontes de financiamento do projeto; j) resultados espera. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (19) / Mestrado acadêmico: (18) / Doutorado: (12) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Marcelo Fernandes da Costa - Integrante / José Luiz Fernandes Vieira - Integrante / Dânia Emi Hamassaki - Integrante / Maria Elena Crespo López - Integrante / Marília Brasil Xavier - Integrante / Fernando Tobias Silveira - Integrante / Arival Cardoso de Brito - Integrante / Evander de Jesus Oliveira Batista - Integrante / Juarez Antônio Simões Quaresma - Integrante / Rosana Maria Feio Libonati - Integrante / Nielsy Helena Puglia Bergamasco - Integrante / Clarice Gorenstein - Integrante / Carlos Eduardo Pereira Corbett - Integrante / Daniel Fuentes Moreira - Integrante / Monica Levit Zilberman - Integrante / Ricardo Alberto Moreno - Integrante / Wang Yuan Pang - Integrante / Ana Júlia de Aquino Silveira - Integrante / Maria Teresa Araújo Silva - Integrante / Cézar Akiyoshi Saito - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / Edna Aoba Yassui Ishikawa - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Rita Catarina Medeiros Sousa - Integrante / Maria da Conceição Nascimento Pinheiro - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Deutscher Akademischer Austauschdienst - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa. Número de produções C, T A: 28 / Número de orientações: 5
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
4.   2006-Atual. Ensino de relação arbitrária entre nomes e objetos após tentativas de exclusão em ambiente estruturado com crianças pequenas
Descrição: O propósito do presente trabalho foi investigar efeitos de uma única tentativa de exclusão sobre a aprendizagem das relações entre os nomes e os brinquedos relacionados a eles em situação de brincadeira com seis crianças pequenas. Durante o treino de estabelecimento das relações condicionais entre os nomes ditados existiam diversos brinquedos familiares disponíveis e a tarefa consistiu em escolhas de acordo com o modelo ditado ditado pelo experimentador. Em seguida, foram realizados três blocos de testes de exclusão e aprendizagem após uma única tentativa de exclusão. Para a realização dos testes foram utilizados nomes inventados correspondendo a brinquedos indefinidos, também inventados pelo experimentador. Os resultados mostraram que durante o treino todas as crianças responderam sob controle dos modelos ditados pelo experimentador. Durante os testes de exclusão todas as crianças escolheram os brinquedos indefinidos condicionalmente aos nomes indefinidos. Nos testes de aprendizagem após uma única tentativa de exclusão, cinco das seis crianças não mostraram resultados conclusivos indicando que uma única tentativa de exclusão não foi suficiente para o estabelecimento das relações entre os nomes e os brinquedos, replicando dados anteriores obtidos com tarefas de discriminação condicional programadas no computador.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Camila Domeniconi - Coordenador / Aline Roberta Aceituno da Costa - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Integrante / Júlio César Coelho de Rose - Integrante / Ana Karina Arantes - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Membro: Camila Domeniconi.
5.   2006-2009. Habilidades neuropsicolingüísticas em indivíduos com síndromes genéticas com ou sem anomalias estruturais do sistema nervoso central
Descrição: A atuação da fonoaudiologia relacionada à genética apresenta dois diferentes focos de análise: características fonoaudiológicas nas síndromes genéticas e a origem dos distúrbios da comunicação. Anomalias estruturais do sistema nervoso central podem acometer mais de uma centena de síndromes e também ocorrer isoladamente. Temos constatado que várias crianças que usualmente passam pela avaliação fonoaudiológica que apresentam graves comprometimentos de linguagem também apresentaram anomalias estruturais importantes que poderiam estar relacionadas ao comprometimento de comunicação e cognição. O objetivo do presente estudo é caracterizar as habilidades de linguagem/aprendizagem, na sua modalidade oral e escrita, fala e audição de indivíduos, ambos os gêneros, faixa etária variável que passam pelo serviço de genética clínica e "fonogenética" do HRAC-USP-Bauru-SP. Também será objetivo, a priori, montar um banco de DNA para posteriormente investigação de genes relacionados com linguagem e audição. O número de indivíduos para constituição do grupo amostral será constituído pela demanda livre da própria instituição ou de outros com distúrbios da comunicação de origem familial, com ou sem anomalias estruturais do SNC. Os indivíduos serão submetidos a avaliação genética clínica, neurológica (por imagem), avaliação psicológica, avaliação audiológica e avaliação fonoaudiológica clínica e complementar.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Integrante / Dagma V M Abramides - Integrante / Sthella Zanchetta - Integrante / Luciana Paula Maximino de Vitto - Integrante / Antonio Richieri-Costa - Coordenador / José Alberto de Souza Freitas - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Célia Maria Giacheti.
6.   2006-2010. Indicadores e proposta de avaliação de qualidade dos serviços de audiologia do Sistema Único de Saúde (Fapesp: 2006/51881-3)
Descrição: A pesquisa consiste em dar continuidade na investigação de indicadores de qualidade e desenvolvimento de instrumentos de avaliação dos serviços realizada na primeira fase deste edital e aferição da satisfação de 500 usuários atendidos em quatro diferentes serviços de audiologia credenciados pelo SUS. Será dada a continuidade na utilização da revisão sistemática da literatura pertinente para levantamento de indicadores de qualidade potenciais os quais serão julgados na segunda e terceira etapa pelo grupo de peritos. A pesquisa será ampliada para a aplicação de um estudo piloto da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). Os resultados destinam-se a subsidiar o processo de gestão e gerência do sistema de saúde, particularmente no que se refere à saúde auditiva. Este projeto está acoplado ao projeto do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico/ CNPq (n Processo 4096131/2006-1), onde participam instituições da Bahia, Rio Grande do Sus e Mato Grosso. . Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Integrante / Orozimbo Alves Costa - Coordenador / Wanderléia Quinhoneiro Blasca - Integrante / Adriane Lima Mortari Moret - Integrante / Deborah Viviane Ferrari - Integrante / Andréa Cintra Lopes - Integrante / Kátia de Freitas Alvarenga - Integrante / Maria Angelina Nardi de Souza Martinez - Integrante / Ana Claudia Mirândola Barbosa Reis - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
7.   2006-2009. Jogo Eletrônico Lúdico Educacional de Estrategia a Revolta da Cabanagem
Descrição: Projeto, implementação, implantação e disseminação de um jogo educacional lúdico, do tipo estratégia, sobre a revolução da Cabanagem, movimento separatista, acontecido em Belém e no interior do Para, logo no inicio do império. Suas batalhas e estórias, passando pelo período pré-revolucionário (1834) e governos cabanos (janeiro de 1835 a maio de 1836). Tem caracter multidsiciplinar: História, onde serão apresentados personagens da época (os cabanos- mamelucos, indios, negros e até brancos) e os representantes do governo( portugueses e seus descendentes) com suas vestimentas e tipos fisicos. Além dos personagens os jogadores disporão e construirão , igrejas, praças, cabanas, barcos da época. Será discutido pela Geografia, o espaço geografico de Belém, observando a sua ocupação(espaço urbano) e seus aspectos (ilhas, rios, etc...). Incluirá aspectos da Balística e da Mecânica Classica. Os aspectos lúdicos serão resaltados para propiciar um aprendizado fácil e natural, para o ensino médio. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Manoel Ribeiro Filho - Coordenador / Fabricio Cardoso da Silva - Integrante / Ricardo Rodrigues Damasceno - Integrante. Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Membro: Manoel Ribeiro Filho.
8.   2006-2010. Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net). FINEP/FADESP Ref 4191/05 (Encomenda Ação Transversal), Proc. no 01.06.0842-00, Convênio 1723.
Descrição: A Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net) funciona em dois domínios de abordagem teórico-experimental: 1) Estudos de processos fisiológicos do sistema nervoso central; 2) Estudos de disfunção e proteção do sistema nervoso central. Esses domínios contemplam-se em projetos multi e interdisciplinares através de um eixo temático central representado pela neuroplasticidade. Os fenômenos plásticos que governam o desenvolvimento do sistema nervoso encontram-se representados nas respostas adaptativas do tecido a pressões ambientais e nas reações à injúria neural. As propriedades neuroplásticas encontram-se no comando de respostas neuroprotetoras intrínsecas ou que possam definir estratégias clínico-experimentais de proteção induzida. O IBN Net nasce com 30 grupos de pesquisa formados por 121 docentes-pesquisadores de 10 IES públicas e 1 IES privada, sediados em todas as regiões do país, alguns atuando em Neurociência há mais de quarenta anos. O embrião da integração temático-experimental proposta para o IBN Net pode ser visualizado nas colaborações existentes entre os vários grupos de pesquisa, atestadas em cerca da metade das publicações do grupo dos últimos cinco anos. A criação do IBN Net dá corpo ao foco temático de pesquisa em questões comuns e faz crescer a malha de integração dos grupos de pesquisa em Neurociência do país. O IBN Net estuda a injúria cerebral e a neuroproteção. São investigadas várias condições de agravo ao sistema nervoso, tanto em sujeitos expostos como em modelos in vivo e in vitro, incluindo: toxicidade do mercúrio e de outros contaminantes ambientais, importante inclusive para a Amazônia; isquemia cerebral e excitotoxicidade; doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer; doenças metabólicas; desnutrição; inflamação do sistema nervoso; e transtorno bipolar. São investigados os mecanismos moleculares envolvidos na neuroproteção induzida por substâncias endógenas, extratos de plantas, indução de tolerância, estimulação ambient. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Mestrado acadêmico: (16) / Doutorado: (15) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Coordenador / Diogo Onofre Gomes de Souza - Integrante / Eliane Volchan - Integrante / Mauro Martins Teixeira - Integrante / Adair Roberto Soares dos Santos - Integrante / Ene Glória da Silveira - Integrante / João Batista Teixeira da Rocha - Integrante / Letícia de Oliveira - Integrante / Renato Dutra DIas - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Rubem Carlos Araújo Guedes - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Deutscher Akademischer Austauschdienst - Bolsa / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa. Número de produções C, T A: 98 / Número de orientações: 25
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
9.   2006-2009. Solução Computadorizada para Gestão de Redes de Computadores
Descrição: Através do sistema desenvolvido, efetuar a coleta de dados remotamente, através do protocolo SNMP, em ativos de redes, como switches e roteadores, bem como servidores para permitir uma rápida e efeciente tomada de decisão pelos gestores das facilidades da rede de computadores e consequente manutenção ou restauração dos serviços. O sistema servirá como ferramenta de auxílio ao administrador da rede, oferecendo acesso através da WEB, disponível em qualquer ponto da rede onde o mesmo se encontre, fornecendo dados pontuais sobre cada equipamento em forma de texto e graficamente, permitindo a mudança de paradigma de ações corretivas da gerência de rede para uma atuação preventiva. Todas as ferramentas de desenvolvimento, sistemas operacionais e bancos de dados utilizados para armazenagem das coletas e processamento das informações serão software livre, possibilitando a detenção de toda a tecnologia. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Dionne Cavalcante Monteiro - Integrante / Paulo Roberto de Lira Gondim - Coordenador. Financiador(es): Centrais Elétricas do Norte do Brasil - Auxílio financeiro.
Membro: Dionne Cavalcante Monteiro.
10.   2006-2014. Utilização da Realidade Virtual em Informática na Educação e em Treinamento na Indústria
Descrição: As características básicas da Realidade Virtual (RV) como interação, imersão e navegação têm potencial para propiciar um ensino em que oferece ao aprendiz a oportunidade de uma melhor compreensão do assunto que está sendo estudado na medida em que este explora, descobre, observa e interage com o mundo virtual que representa o objeto de estudo. Existe o consenso definitivo de que a Realidade Virtual (RV) pode ajudar efetivamente no processo de iteração ensino-aprendizagem. Um dos maiores desafios em plantas industriais muito grandes, muito complexas, ou que não podem ser paralisadas, sob pena de prejuízo financeiro ou material, é a realização da capacitação prática do pessoal especializado em manutenção. Seja ela preventiva ou corretiva. Treinamentos convencionais, baseados em documentos impressos não são suficientes para cobrir toda a complexidade envolvida e ainda deixam uma lacuna que é a manipulação direta do objeto pelo ser humano, e manutenções utilizando desenhos bidimensionais são baseadas na capacidade cognitiva dos participantes, exigindo um longo período de tempo para a compreensão da seqüência correta de ações. Assim, ainda continua comum utilizar-se na prática da manutenção, peças do equipamento real. Ainda que esse tipo de treinamento ofereça vantagens, possui também algumas desvantagens. Por esses motivos, é cada vez maior o interesse de indústrias em sistemas de treinamento usando Realidade Virtual (RV). Esse projeto de pesquisa dará continuidade aos estudos de técnicas, e na implementação, de programas computacionais na área da informática na educação e no treinamento na indústria, que já vem sendo desenvolvido pelo grupo de Realidade Virtual do Departamento de Engenharia Elétrica e de Computação da Universidade Federal do Pará. . Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (2) . Integrantes: Manoel Ribeiro Filho - Coordenador / Alcides Renato da Silva Pamplona Junior - Integrante / Perbletli Nils Alho Barata - Integrante / Nathalia Mendes Negrão - Integrante / Caio Carvalho Moreira - Integrante / Diego Carneiro Pinheiro - Integrante / Manoel Ribeiro Fillho - Integrante / Marcus Vinicius Alves Nunes - Integrante. Número de orientações: 9
Membro: Manoel Ribeiro Filho.

2005

1.   2005-Atual. Aprendizagem de estímulos complexos e controle de estímulos restrito
Descrição: Diversos fenômenos cognitivos requerem a identificação, manipulação e nomeação de estímulos complexos ou formado por múltiplos elementos, como é o caso da linguagem oral ou escrita. A atenção aos aspectos desses estímulos requer ao mesmo tempo processos de seleção de dimensões ou atributos e rejeição ou abstração de outras características. Quando um número de elementos menor do que o desejável controla o comportamento (superseletividade), a aprendizagem pode não ocorrer de forma coerente com a planejada pelo instrutor/experimentador. As contingências de reforçamento que devem ser programadas e suas características para produzir maior ou menor atenção seletiva são estudadas nesse projeto. A influência de variáveis relacionadas a estrutura dos estímulos (e.g., número de elementos, similaridade entre estímulos correto e incorreto), ao participante (e.g., idade, curso de origem) e à história de reforçamento (e.g., número de treinos discriminativos, esquema de reforçamento) sobre a aprendizagem de discriminações de estímulos complexos são alguns dos fatores em estudos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . Integrantes: Elenice Seixas Hanna - Coordenador / Raquel Maria de Melo - Integrante / Márcio Borges Moreira - Integrante / Luciana Verneque - Integrante / Juliana Ribeiro Diniz Souza - Integrante / Thiago de Barros - Integrante / Jonathan Melo de Oliveira - Integrante / Nathalie Alves - Integrante. Número de orientações: 4
Membro: Elenice Seixas Hanna.
2.   2005-Atual. Comportamento verbal, correspondência e mentira
Descrição: Investiga variáveis relacionadas à correspondência entre comportamento verbal e o que este descreve ou relata.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) . Integrantes: Julio Cesar Coelho de Rose - Coordenador. Número de produções C, T A: 3 / Número de orientações: 3
Membro: Julio Cesar Coelho de Rose.
3.   2005-Atual. Descrição e Intervenções para Aquisição de Repertórios Complexos de Linguagem
Descrição: A presença de deficiências - sejam estas pré, peri ou pós natais - costuma estar associada a diversos déficits de linguagem. Especificamente, populações com deficiências intelectual ou auditiva mostram dificuldades tanto na produção como na compreensão de linguagem. Tais déficits podem resultar em déficits adicionais, como a ausência de repertórios sociais complexos. Para crianças e adolescentes, déficits de linguagem complexa podem resultar ainda em diversos problemas em um dos ambientes nos quais passam grande parte de seu tempo: a escola. A reabilitação destas pessoas exige o desenvolvimento e avaliação de intervenções que possibilitem ações sistemáticas e com resultados clinicamente relevantes para a qualidade de vida destas pessoas. Além disso, é necessário que se conheça que tipo de repertórios de linguagem são esperados na população típica para que se possa traçar objetivos de intervenção que sejam socialmente apropriados. Diante destas questões, este projeto tem como objetivos: 1) descrever sistematicamente os vários repertórios envolvidos na compreensão e recontagem de narrativas na população típica, para que se possa desenvolver objetivos normativos para a reabilitação de linguagem relacionados a déficits nestes repertórios em populações com deficiência; 2) investigar experimentalmente variáveis controladoras dos comportamentos pré-requisitos e dos comportamentos-alvo envolvidos nestes repertórios complexos e 3) desenvolver programas para o ensino destes repertórios de linguagem. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Ana Carolina Sella - Coordenador / Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / Daniela Mendonça Ribeiro - Integrante. Número de produções C, T A: 10
Membro: Heloisa Helena Motta Bandini.
Descrição: A presença de deficiências - sejam estas pré, peri ou pós natais - costuma estar associada a diversos déficits de linguagem. Especificamente, populações com deficiências intelectual ou auditiva mostram dificuldades tanto na produção como na compreensão de linguagem. Tais déficits podem resultar em déficits adicionais, como a ausência de repertórios sociais complexos. Para crianças e adolescentes, déficits de linguagem complexa podem resultar ainda em diversos problemas em um dos ambientes nos quais passam grande parte de seu tempo: a escola. A reabilitação destas pessoas exige o desenvolvimento e avaliação de intervenções que possibilitem ações sistemáticas e com resultados clinicamente relevantes para a qualidade de vida destas pessoas. Além disso, é necessário que se conheça que tipo de repertórios de linguagem são esperados na população típica para que se possa traçar objetivos de intervenção que sejam socialmente apropriados. Diante destas questões, este projeto tem como objetivos: 1) descrever sistematicamente os vários repertórios envolvidos na compreensão e recontagem de narrativas na população típica, para que se possa desenvolver objetivos normativos para a reabilitação de linguagem relacionados a déficits nestes repertórios em populações com deficiência; 2) investigar experimentalmente variáveis controladoras dos comportamentos pré-requisitos e dos comportamentos-alvo envolvidos nestes repertórios complexos e 3) desenvolver programas para o ensino destes repertórios de linguagem.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Carmen Silvia Motta Bandini - Integrante / Heloisa Helena Motta Bandini - Integrante / Ana C. Sella - Coordenador / Daniela Mendonça Ribeiro - Integrante. Número de produções C, T A: 17 / Número de orientações: 1
Membro: Carmen Silvia Motta Bandini.
4.   2005-2010. Desenvolvimento de controle textual generalizado: efeito das relações treinadas e da quantidade de treino
Descrição: A presente proposta tem como principais objetivos investigar variáveis facilitadoras de processos gerativos de recombinação na aprendizagem de relações simbólicas, avaliar e aperfeiçoar procedimentos alternativos de ensino de leitura a crianças com dificuldades de aprendizagem. Os quatro estudos propostos avaliarão aspectos relativos a diferentes histórias de reforçamento que podem contribuir para o desenvolvimento de leitura recombinativa (quantidade e variedade de palavras ensinadas, unidade textual ensinada; relações condicionais ensinadas). Os estudos serão realizados com estudantes universitários utilizando um alfabeto inventado.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . Integrantes: Elenice Seixas Hanna - Coordenador / Regiane Souza Quinteiro - Integrante / Marina Kohlsdorf - Integrante / Alex Mesquita - Integrante / Fernanda Trancoso de Moraes - Integrante / Camila Akemi Karino - Integrante / Patrícia Serejo - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T A: 5 / Número de orientações: 6
Membro: Elenice Seixas Hanna.
5.   2005-Atual. Equivalência de estímulos e comportamento verbal
Descrição: Apesar da proposta de uma análise funcional do comportamento verbal estar pronta desde 1957, com a publicação do livro "Verbal Behavior" de Skinner, os processos básicos deste comportamento e suas relações com o comportamento não verbal ainda estão sendo compreendidos. (Lloyd, 2002). O livro "O Comportamento Verbal" foi apenas o início, um "exercício de interpretação", como disse seu próprio autor. Alertava Skinner, entretanto, que características especiais do comportamento verbal não requerem a busca de novos princípios comportamentais e que apesar dos estudos experimentais da Análise do Comportamento terem sido conduzidos até aquela época com outras espécies que não a humana, os resultados não impunham nenhuma restrição de espécie. Além disso, concluía Skinner, a formulação em termos de Análise do Comportamento em geral poderia ser extrapolada para o comportamento verbal, tornando-nos capazes de lidar mais efetivamente com essa subdivisão do comportamento chamada verbal. Importante destacar que o fato do presente projeto e da pesquisa de Hübner Dias (2000) darem ênfase à manipulação do comportamento verbal e à verificação de seu efeito sobre o não verbal, não significa a subestimação do papel das contingências na mudança de comportamentos não verbais. A interação de ambos os controles é um dado inquestionável nas pesquisas da área (Assis, 1995, por exemplo). Investigar tais relações tem o principal objetivo tecnológico de encontrar um procedimento de controle de comportamento não verbal que seja de fácil aplicação nas situações naturais. Motiva-se também pela necessidade de que, em determinados contextos, como o da saúde, comportamento verbais pró-saúde sejam correspondentes aos não verbais relevantes, tornando ambas as classes de respostas funcionalmente relacionadas.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Gerson Tomanari - Integrante / Adriana Cruviel - Integrante / Renata Cristina Gomes - Integrante.
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
6.   2005-Atual. Leitura recombinativa: efeitos da ampliação de repertório e da nomeação oral de palavras sobre resultados de generalização
Descrição: O presente projeto dá continuidade aos anteriores, na busca de variáveis de procedimentos que gerem uma leitura recombinativa, que revela controle de unidades menores do que a palavra, o que levaria a uma generalização da leitura. Nos estudos realizados até então, verificou-se que procedimentos de ampliação de repertório recombinativo (sistemática alteração na posição de sílabas e letras) foi eficaz para reduzir o número de erros nos testes de generalização com o quarto conjunto de palavras (os três anteriores foram ensinados diretamente, através do paradigma de equivalência de Sidman Taiby, 1982). Alguma variabilidade foi ainda observada, revelando que outros procedimentos precisariam ser acrescidos para se obter uma generalização de 100% no quarto conjunto. Neste sentido, temos resultados de estudos anteriores em que com apenas um conjunto (Matos, Hübner, Avanzi, e Serra, 2003) a introdução da oralização escandida do primeiro conjunto produziu uma melhora de resultado na generalização, para um dos participantes, (o percentual foi de 90% de acertos). Verificou-se também que, além do ensino das relações condicionais AB (palavra oral e figura) e AC (palavra oral e escrita), para que o controle por unidades mínimas ocorresse, fora necessário o ensino por anagrama, em que os participantes manipulavam diretamente as unidades menores (sílaba) e verbalizavam de modo escandido e em voz alta a palavra construída. Interpretações para tais resultados são a de que tal procedimento de anagramação e de oralização escandida ensinavam a independência funcional da unidade menor (a sílaba) e, ainda, ensinava ao aprendiz emitir respostas de falante e não só de ouvinte (como nas relações condicionais AB e AC, em que a única resposta exigida era apontar e não falar).. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Adriana Cruviel - Integrante / Renata Cristina Gomes - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
7.   2005-2009. Perfil fonoaudiológico de indivíduos com a síndrome do cromossomo X- frágil
Descrição: Desde o início do projeto ?DISTÜRBIOS DA COMUNICAÇAO NAS SÍNDROMES GENÉTICAS: ASPECTOS CLÍNICOS E AVALIAÇÃO FONOAUDIOLÓGICA? avaliamos indivíduos com diversas síndromes de diferentes serviços de Fonoaudiologia integrado a Genética. Neste período o Serviço de Aconselhamento Genético (SAG), do Departamento de Genética do Instituto de Biociências da UNESP, Campus de Botucatu, recebeu gêmeos dizigóticos, uma menina e um menino, gravemente afetados pela Síndrome do Cromossomo X Frágil (SXF). A equipe realizou a análise genealógica da família e revelou alto número de pessoas com deficiência mental e dificuldades de comunicação. Ao mapear um dos grandes núcleos da família (família Sabino-Costa) em um heredograma realizado pelos geneticistas foi possível visualizar em 6 gerações um número muito grande de afetados com a síndrome do cromossomo X frágil, a saber, 2 na III geração, 4 na IV geração e 14 na V geração. Somente neste núcleo familiar temos até a presente data 20 indivíduos comprovadamente com a síndrome.Considerando a riqueza científica do presente trabalho, se pudermos traçar um perfil fonoaudiológico dos membros afetados e correlacionar achados da genética e se possível também o desempenho cognitivo, teremos contribuído para a melhor caracterização do espectro desta síndrome. Fazer correlações entre a clinica e a avaliação molecular e intervir fonoaudiológicamente com orientações as equipe da saúde e educação do município e atuar precocemente com as crianças muito pequenas antes que cheguem na idade escolar são passos exeqüíveis. Identificar os efeitos da genética nos distúrbios da comunicação desses membros diante de uma mesma afecção, ter a possibilidade de estabelecer as correlações entre a genética e o quadro fonoaudiológico justificaria nossa proposta. Em síntese, após a análise molecular poderemos ter confirmado muitos outros casos com esta síndrome e traçar o perfil da família em relação aos aspectos fonoaudiológicos e assim enriquecer dados sobre esta pes. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Natalia Freitas Rossi - Integrante / Danilo Moretti Ferreira - Integrante / Débora Rodrigueiro - Integrante / Luciane Ribeiro Pampana - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra.
Membro: Célia Maria Giacheti.
8.   2005-Atual. Plasticidade e desenvolvimento do sistema auditivo central em crianças usuárias de implante coclear e crianças com audiçào normal: estudo eletrofisiológico e comportamental
Descrição: O objetivo é o de acompanhar o desenvolvimento maturacional do sistema auditivo em crianças deficientes auditivas usuárias de implante coclear e crianças com audição normal, por meio de procedimentos eletrofisiológicos. Será realizado na Clínica do Curso de Fonoaudiologia e Centro de Pesquisas Audiológicas, Universidade de São Paulo (USP), campus Bauru, com a participaçào por meio de convênio internacional de pesquisa da Universidade de Michigan - Ann Arbor - Estados Unidos. O estudo será retrospectivo e prospectivo, onde serão avaliadas todas as crianças deficientes auditivas pré-linguais implantadas no programa de implante coclear, assim como todas as crianças que forem implantadas no programa com acompanhamento até os 5 anos de idade. O processo de avaliação será realizado em dois segmentos: Avaliação eletrofisiológica do sistema auditivo periférico e central e avaliação das crianças estudadas para a atribuição das categorias de audição, linguagem e cognitivo.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Adriane Lima Mortari Moret - Integrante / Maria Cecília Bevilacqua - Integrante / Kátia de Freitas Alvarenga - Coordenador / Orozimbo Alves Costa - Integrante. Financiador(es): Universidade de São Paulo - Auxílio financeiro.
Membro: Adriane Lima Mortari Moret.

2004

1.   2004-Atual. Dispositivos eletrônicos de auxilio a audição
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (1) . Integrantes: Heloisa Helena Motta Bandini - Coordenador / Érika de Souza Costa - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 9 / Número de orientações: 9
Membro: Heloisa Helena Motta Bandini.
2.   2004-Atual. Efeito do Comportamento Intraverbal sobre a Emergência do Controle por Unidades Mínimas na Leitura
Descrição: É notória ainda nos dias atuais a quantidade de crianças que encontram dificuldade na aquisição do comportamento de leitura com compreensão e, conseqüentemente, na alfabetização como um todo. Os índices de evasão e fracasso escolar para o ensino fundamental são alarmantes: em 2001, de acordo com o INEP, 11% das crianças matriculadas foram reprovadas, enquanto que mais 9,6% abandonavam a escola. Isto significa que aproximadamente 2 em cada 10 crianças não chegam a concluir seus estudos ou o fazem com atraso em relação aos demais. Embora a questão do fracasso escolar seja multideterminada, determinantes intra-escolares, mais especificamente, a atuação do professor e seus programas de ensino, surgem como possibilidades onde os educadores teriam um controle direto (Hübner, 1998; De Rose, 1992). Outra vantagem seria a minimização de alterações não previstas ao procedimento desenvolvido. Freqüentemente, procedimentos que são efetivos em locais de pesquisa perdem sua eficácia devido à variação na implementação. Um programa instrucional computadorizado efetivo é relativamente livre de falhas desse tipo. O programa de ensino e teste informatizado a que todos os participantes serão submetidos envolve a aquisição de leitura através do paradigma de equivalência de estímulos e surgiu a partir da tese de doutorado de Hübner (1990), apresentada ao Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. O software está programado para fazer o registro automático dos seguintes dados: a) Número e porcentagem de acertos e erros por fase e por passo; b)Matriz de resposta, indicando o número e porcentagem de acertos para cada estímulo de escolha, em relação ao estímulo modelo apresentado (sabe-se, passo a passo, tentativa a tentativa, para qual palavra a criança errou ou acertou e, quando errou, que palavra escolheu); c) Latência de resposta entre a apresentação do estímulo - modelo e a resposta ao estímulo de escolha.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Renata Cristina Gomes - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
3.   2004-Atual. Efeito do Ensino de Tatos Múltiplos sobre a Emergência de Intraverbais.
Descrição: Skinner (1957), em seu livro Verbal Behavior, apresentou uma nova concepção para a "linguagem" ao propor o estudo do comportamento verbal por meio da análise das variáveis ambientais das quais esse comportamento é função. Neste sentido, Skinner afirma que o comportamento verbal é comportamento operante e, assim, deve ser analisado como qualquer comportamento não verbal. As pesquisas que vêm utilizando a noção de comportamento verbal, proposta por Skinner, têm contribuído para a construção de uma tecnologia tanto para o estabelecimento, quanto para o desenvolvimento e ampliação de repertório verbal de indivíduos que apresentam déficits de linguagem importantes. Neste trabalho será replicado o procedimento utilizado por Partington e Bailey (1993), com crianças diagnosticadas com Autismo. Com o objetivo de observar a generalidade dos dados pretende-se verificar se o procedimento de transferência de controle de estímulos, visuais para verbais, é também eficiente no treino para a aquisição de respostas intraverbais com participantes portadores de Autismo. Vale ressaltar que tal procedimento não foi empregado anteriormente com tal população, já que foi utilizado por Braam e Poling (1983) e Luciano (1986), com participantes portadores de retardo mental; Partington e Bailey (1993) empregaram o procedimento com participantes com desenvolvimento típico. Pretende-se também verificar qual o efeito do procedimento empregado por Partington e Bailey (1993), relativo ao treino de tactos simples e múltiplos, sobre a emergência de respostas intraverbais com crianças diagnosticadas com Autismo. A partir dos dados obtidos será possível discutir sobre a independência funcional dos operantes verbais (tactos e intraverbais) também com esta população.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Leila Felipe Bagaiolo - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
4.   2004-Atual. Efeitos da instrução e da modelagem de respostas verbais sobre respostas não verbais de cooperação e competição.
Descrição: A linguagem é um tema abordado por diversas áreas do conhecimento. Antropologia, Neurologia, Fonoaudiologia, Lingüística, Psicologia são algumas das ciências que vem há muito tempo, desenvolvendo pesquisas e produzindo conhecimento sobre a linguagem. Em todos estes campos de atuação este conceito é predominantemente estudado pelo seu significado e referência, como se a própria linguagem fosse suficiente para esclarecer os fenômenos pesquisados, ou seja, a linguagem é considerada como um sistema inteligível nele mesmo, e é com base neste sistema que são inferidas a noção de relações de propósito, intenção e expectativa. O comportamento social é considerado por Skinner (1953/1994) como aquele reforçado através da mediação de outras pessoas, possuindo uma maior complexidade em relação às contingências estabelecidas apenas pelo ambiente mecânico.Uma variedade de estudos voltados para a investigação do comportamento social realizados por analistas do comportamento tem envolvido os conceitos de cooperação e competição. Cruvinel (2003) elaborou um projeto de pesquisa com o objetivo de investigar respostas sociais, em crianças de cinco e seis anos de idade, produzidas por diferentes condições de distribuição dos reforçadores. o presente experimento fará uma replicação do estudo realizado por Cruvinel (2003). investigará as diferenças no efeito da instrução e da modelagem de respostas verbais, realizadas diretamente por um pesquisador, sobre respostas não verbais relacionadas de cooperação e competição.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Pedro Bordini Faleiros - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
5.   2004-Atual. Independência funcional entre tatos e mandos: uma análise desses operantes verbais com respostas baseadas na seleção.
Descrição: Segundo Skinner, os eventos verbais incluem tanto a forma da resposta (sua topografia), quanto suas variáveis de controle: topografias verbais idênticas poderiam participar de várias relações verbais e topografias distintas poderiam participar de uma única relação verbal. Assim, o autor classificou os eventos verbais em "operantes verbais" (mando, tato, ecóico, intraverbal, comportamento textual, autoclítico, cópia e ditado), que diferem-se um dos outros nos estímulos antecedentes que controlam o responder e/ou na natureza do reforço contingente ao responder verbal. Desta maneira, em sua análise, a relação funcional (e não a forma da resposta) é a variável crítica de análise. A seguir serão apresentados alguns dos operantes verbais definidos por Skinner. Mando: Skinner (1957) define o mando como "um operante verbal no qual a resposta é reforçada por uma consequência específica e é, então, controlado por condições relevantes de privação ou estimulação aversiva"(pp. 35-36). Tato: O tato foi definido como um operante verbal controlado por um estímulo antecedente não verbal, como uma objeto ou evento, uma propriedade de um objeto/evento ou por uma relação entre objetos e eventos. Ao contrário do mando, o tato não é reforçado por uma conseqüência específica, mas por um reforço generalizado ou por um reforço social. Este projeto tem como objetivo relacionar duas discussões relacionadas ao comportamento verbal: as pesquisas relacionadas com a independência funcional entre os operantes verbais tato e mando, com as pesquisas relacionadas ao sistema de comunicação por troca de figuras (PECS). Assim sendo, tendo em vista que alguns autores já identificaram a independência funcional entre tatos e mandos de comportamentos verbais baseados na topografia, este trabalho pretende verificar a existência (ou não) da independência funcional entre o tato e o mando com topografias verbais baseadas na seleção.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Cintia Guilhardi - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
6.   2004-Atual. Os efeitos da aquisição de autoclíticos no arranjo de respostas verbais
Descrição: De acordo com Skinner (1957/1992) o autoclítico é um operante verbal no qual a resposta está sob controle de outra parte da resposta verbal. Os autoclíticos estão envolvidos no arranjo e na combinação de respostas verbais, sendo de fundamental importância para a compreensão do comportamento verbal. Apesar dessa importância são poucos os estudos que investigaram os autoclíticos, especialmente utilizando sujeitos com desenvolvimento típico. A investigação dos autoclíticos auxiliaria a compreensão de como ocorre a aquisição e desenvolvimento do comportamento verbal. O objetivo do presente trabalho é investigar os efeitos da aquisição de autoclíticos na combinação e arranjo de respostas verbais. O estudo terá como participantes crianças com desenvolvimento típico de aproximadamente 18 meses de idade que ainda não tenham o repertório de falar frases. A primeira condição do procedimento será uma linha de base onde a emissão de autoclíticos e de tatos será apenas registrada. Após a primeira condição experimental será feita uma sonda na qual serão apresentados conjuntos de estímulos e as respostas verbais da criança serão registradas. A segunda condição experimental será um treino de autoclíticos no qual os mesmos estímulos apresentados na primeira condição serão apresentados. Porém nessa condição serão reforçadas além da emissão de tatos corretos, a emissão de autoclíticos. Após essa condição a mesma sonda será realizada novamente. Na terceira condição experimental será feito um treino de tatos utilizando os mesmos critérios da primeira condição, porém serão utilizados novos estímulos. Novamente será realizada uma nova sonda nos mesmos parâmetros das anteriores. Os dados serão analisados de acordo com o número de respostas corretas por tentativa e a porcentagem de respostas corretas emitidas por sessão.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Adriana Cruviel - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
7.   2004-Atual. Potencial simbólico de populações pré-simbólicas
Descrição: O programa de pesquisas em andamento na Escola Experimental de Primatas - EEP da UFPA visa o estudo do potencial simbólico do Cebus apella Utiliza o paradigma da equivalência de estímulos e a teoria da coerência da topografia de controle de estímulos, no desenvolvimento de procedimentos para resolver problemas de controle de estímulos surgidos nos experimentos de relações condicionais arbitrárias entre estímulos, também arbitrários, com animais. As condições experimentais são organizadas no formato de um currículo, partindo do ensino de relações supostamente mais simples para as mais complexas, pressupondo que as relações complexas entre estímulos resultam da atuação de processos simples sobre organismos modificados. O presente estudo se propõe a adaptar procedimentos de modelagem de controle de estímulos para verificar a possibilidade de que possam ser ensinadas relações condicionais arbitrárias entre estímulos significativos, como fotografias de indivíduos co-específicos, em particular de diferentes expressões faciais, de itens alimentares e de outras cenas conhecidas, e sons gravados, produzidos pelo próprio sujeito em condições conhecidas, e verificada a eventual formação de classes de equivalência entre esses estímulos relacionados condicionalmente. Serão usados procedimentos especiais para verificar superseletividade e detectar as relações de controle de seleção do S+ ou rejeição do S-. O objetivo é comparar este com os estudos que utilizam estímulos arbitrários na busca de pistas sobre a interferência de fatores evolucionários sobre as relações condicionais arbitrárias e a formação de classes de estímulos. Palavras-chave: discriminações condicionais, topografia de controle de estímulo, estímulos naturais, Cebus apella.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Paulo Roney Kilpp Goulart - Integrante / Olavo de Faria Galvão - Coordenador.
Membro: Paulo Roney Kilpp Goulart.
Descrição: O programa de pesquisas em andamento na Escola Experimental de Primatas - EEP da UFPA visa o estudo do potencial simbólico do Cebus apella Utiliza o paradigma da equivalência de estímulos e a teoria da coerência da topografia de controle de estímulos, no desenvolvimento de procedimentos para resolver problemas de controle de estímulos surgidos nos experimentos de relações condicionais arbitrárias entre estímulos, também arbitrários, com animais. As condições experimentais são organizadas no formato de um currículo, partindo do ensino de relações supostamente mais simples para as mais complexas, pressupondo que as relações complexas entre estímulos resultam da atuação de processos simples sobre organismos modificados. O presente estudo se propõe a adaptar procedimentos de modelagem de controle de estímulos para verificar a possibilidade de que possam ser ensinadas relações condicionais arbitrárias entre estímulos significativos, como fotografias de indivíduos co-específicos, em particular de diferentes expressões faciais, de itens alimentares e de outras cenas conhecidas, e sons gravados, produzidos pelo próprio sujeito em condições conhecidas, e verificada a eventual formação de classes de equivalência entre esses estímulos relacionados condicionalmente. Serão usados procedimentos especiais para verificar superseletividade e detectar as relações de controle de seleção do S+ ou rejeição do S-. O objetivo é comparar este com os estudos que utilizam estímulos arbitrários na busca de pistas sobre a interferência de fatores evolucionários sobre as relações condicionais arbitrárias e a formação de classes de estímulos. Palavras-chave: discriminações condicionais, topografia de controle de estímulo, estímulos naturais, Cebus apella.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) . Integrantes: Olavo de Faria Galvão - Coordenador / Romariz da Silva Barros - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / University of Massachusetts Medical School - Auxílio financeiro / University of Massachusetts Medical School - Cooperação / Universidade Federal de São Carlos - Cooperação / Universidade Federal do Pará - Remuneração / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 18 / Número de orientações: 8
Membro: Olavo de Faria Galvão.
8.   2004-Atual. Relações entre comportamento verbal e não verbal: uma análise do controle de diferentes operantes verbais sobre a resposta de atividade física.
Descrição: Produzir mudanças no comportamento humano a partir da apresentação de um antecedente verbal é um resultado esperado em muitos contextos, como exemplificam as práticas terapêuticas e educacionais sustentadas em nossa cultura. Em grande parte, a prática clínica pode ser interpretada como uma tentativa de instalar ou alterar comportamentos não-verbais relevantes a partir de conversas entre cliente e terapeuta (Salzinger, 2003); e atividades educacionais estão, muitas vezes, baseadas no controle por instrução (Catania, Matthews e Schimoff, 1982). Reforçadores arbitrários são usualmente estabelecidos pela comunidade verbal para instalar e manter o comportamento de seguir regras. Reforçadores naturais, produzidos após a emissão do comportamento especificado na regra, garantem também sua manutenção (Skinner, 1969). Enquanto tais contingências modelam o comportamento de seguir regras, conseqüências diretas promovidas por comportamentos incompatíveis com a regra podem diminuir seu controle (Amorin, 2001). Segundo esta perspectiva, o aumento no valor reforçador do comportamento não-verbal, a partir da seleção de respostas verbais, seria considerado uma estratégia que poderia favorecer a emissão da resposta não-verbal, e o posterior contacto com as contingências de reforço previstas na fala. A presente investigação pretende contribuir para a discussão sobre possíveis variáveis que facilitem o controle do comportamento verbal sobre o não verbal, ao propor identificar algumas das condições que alterem a probabilidade deste controle. Reconhecer tais condições é relevante na medida que favorece o planejamento de contingências para o controle do comportamento humano, singular em sua capacidade verbal.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Paola Esposito Moraes de Almeida - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
9.   2004-Atual. Relações entre comportamento verbal e não-verbal na prática de exercícios físicos, leitura e comportamento cooperativo
Descrição: O presente projeto abarcará um conjunto de quatro estudos que investigarão as relações entre comportamento verbal e comportamento não verbal, entendendo que apesar da proposta de uma análise funcional do comportamento verbal estar pronta desde 1957, os processos básicos deste comportamento e suas relações com o comportamento não verbal ainda estão sendo compreendidos. Pesquisas da área revelam que os efeitos do comportamento verbal sobre o não verbal são ainda controversos, variando de um impacto maior do verbal sobre o não verbal em condições em que as contingências são difusas, até impactos menores, em situações em que o controle discriminativo é claro. Entretanto, em todas as pesquisas até aqui realizadas, o operante verbal estudado tem sido, em geral, circunscrito a resposta de completar sentenças, ou descrever a resposta emitida ou a ser emitida. Pôde-se concluir que o reforçamento do comportamento verbal relacionado aos aspectos positivos da leitura (tactos com autoclíticos qualificadores positivos) teve o efeito de aumentar o tempo de leitura durante as sessões de livre escolha, indicando o possível efeito do reforçamento do comportamento verbal sobre o comportamento não verbal relevante. O objetivo geral será o de verificar se mudanças geradas nos tactos e autoclíticos referentes a estes comportamentos terão efeitos sobre os comportamentos não verbais correspondentes. O presente projeto buscar investigar um operante verbal mais complexo: tactos com autoclíticos qualificadores positivos, em relação a três tipos de comportamentos: leitura, exercício físico e cooperação, que se constituirão em três sub-projetos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Pedro Bordini Faleiros - Integrante / Paola Esposito Moraes de Almeida - Integrante / Thaís Cazati - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 2
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
10.   2004-Atual. Relações entre o comportamento verbal e não-verbal correspondente através do procedimento de equivalência de estímulos.
Descrição: O comportamento governado verbalmente tem suas vantagens. Além de ser rapidamente instaladas, as regras têm papel importante para a sobrevivência da espécie (ou do grupo social) uma vez que ajudam a manter comportamentos relevantes para a sobrevivência da espécie, através das práticas culturais. O comportamento governado pelas contingências também tem sua importância. Ao aprender fazendo (e não sob controle de antecedentes verbais), o individuo desenvolve estratégias para discriminar rapidamente as contingências importantes para sua sobrevivência e as mudanças que possam sofrer essas contingências. O indivíduo passa a ficar sob controle de contingências quando seu comportamento é modelado por estas contingências. Segundo Hübner (1997), o surgimento do paradigma de equivalência teve uma importância metodológica, pois encontrou uma maneira de verificar mais precisamente quais relações de controle estão presentes nas relações ensinadas, tornando mais precisas e parcimoniosas as análises dos resultados, compreendendo melhor o fenômeno estudado. Com a equivalência foi possível estudar os fenômenos lingüisticos dentro dos rigores científicos. Os processos estudados no paradigma sempre mantiveram ligação com o universo simbólico, ou seja, a linguagem, o fenômeno complexo, características humanas. Além disso, o paradigma trouxe uma mudança no perfil da pesquisa básica em Análise do Comportamento: o ser humano passou a ser estudado com maior freqüência. O estudo pretende utilizar o procedimento de Dias (2000), acrescentando a ele um treino de equivalência, relacionado à leitura, em sessões de modelagem, para verificar o seu efeito sobre o comportamento não-verbal.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Maria Martha Costa Hübner - Coordenador / Thaís Cazati - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Membro: Maria Martha Costa Hübner.
11.   2004-2009. Uma investigação sobre o processo de desenvolvimento de habilidades de leitura e escrita em crianças com deficiência mental ou com graves comprometimentos de comunicação
Descrição: O presente estudo tem por objetivos: 1) replicar os procedimentos empregados no estudo de de Rose et al. (1996) e estender a análise do tema, adaptando e criando tarefas que se fizerem necessárias para a aplicação com sujeitos deficientes mentais, moderados a graves e sujeitos não verbais ou com graves comprometimentos de comunicação verbal, e verificar se o treino de relações de emparelhamento entre palavra falada e palavra escrita poderia resultar em desempenhos emergentes, baseados em relações de equivalência entre palavras faladas, escritas e figuras correspondentes, que envolvam tanto palavras ensinadas como também palavras novas, compostas por recombinações de sílabas e grafemas de palavras ensinadas diretamente; 2) verificar se os sujeitos se tornariam capazes de ler e escrever, sob ditado, palavras novas, compostas por sílabas de palavras treinadas.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Célia Maria Giacheti - Integrante / Cristiana Ferrari - Coordenador.
Membro: Célia Maria Giacheti.

2003

1.   2003-2013. Relações condicionais com estímulos compostos
Descrição: Análise de procedimentos alternativos para a produção de comportamentos complexos em humanos. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) . Integrantes: Paula Debert - Coordenador / Rafael Diego Modenesi - Integrante / Cássia Leal da Hora - Integrante / Heloisa Cursi Campos - Integrante / Luiza Chagas Brandão - Integrante / William Perez - Integrante / Marcelo Vitor Silveira - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 7 / Número de orientações: 4
Membro: Paula Debert.

2002

1.   2002-2009. Caracterização fonoaudiológica em indivíduos com a Síndrome do alcoolismo fetal
Descrição: A síndrome do alcoolismo fetal abrange um espectro bastante variado de sintomas. O indivíduo portador desta síndrome apresenta fácies característica, onde podemos observar fissuras palpebrais curtas, nariz curto, philtrum indistinto, fácie plana e lábios superiores finos. Como sinais eventuais pode-se observar: pregas epicânticas, nasio rebaixado, orelhas sem paralelismo e micrognatia (ALCOHOL HEALTH RESEARCH WORLD 1.994 18). Essas alterações nos traços faciais tornam-se menos evidentes com o passar do tempo, o que dificulta o diagnóstico desta síndrome no indivíduo adulto. Outras alterações que podem ser causadas pela síndrome do alcoolismo fetal são: retardo no crescimento pré e pós-natal, déficit cognitivo, desordem de comportamento e de linguagem, malformações cerebrais (polimicrogiria, agenesia de corpo caloso e microcefalia) e anomalias orgânicas (problemas de coração, rins e malformações esqueletais).O presente estudo tem por objetivos:Caracterizar a fala e a linguagem oral e escrita de crianças com diagnóstico de síndrome do alcoolismo fetal e do grupo controle;Comparar o desempenho da fala e da linguagem oral e escrita nos dois grupos pesquisados: (GI) crianças com diagnóstico da síndrome do alcoolismo fetal e (G II) grupo controle. Este projeto é um subprojeto da equipe da UNESP de Botucatu, sob coordenação do Dr. Danilo Moretti-Ferreira que foi elaborado durante reunião Científica Chicago-Illinois na semana de 21 a 27 de janeiro de 2003 coordenada pelo professor Jeffrey C. Murray do Departamento de Pediatria e Ciências Biológicas da Universidade de Iowa.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Danilo Moretti Ferreira - Integrante / Cristiana Ferrari - Integrante. Número de produções C, T A: 7
Membro: Célia Maria Giacheti.
2.   2002-2009. Evolution and development of retinal organization in primates. National Science Foundation. NSF 0130789.
Descrição: O sistemas sensoriais permitem examinar como a evolução altera os mecanismos de desenvolvimento para adaptar as estruturas a novos nichos, desde que estejam bem definidos a linhagem animal, os aspectos relevantes da biologia celular e as mudanças estruturais críticas. Os olhos adaptados aos meios ambientes diurno versus noturno diferem sistematicamente em seu tamanho, nas razões de densidade de fotorreceptores e nas características organizacionais da retina que são melhores apropriadas para alta acuidade versus captura de luz máxima. A compreensão do controle da proliferação celular e dos tipos celulares na retina dos vertebrados está progredindo rapidamente, assim como a compreensão dos fatores básicos que controlam a conformação e o tamanho do olho. Um caso particular de adaptação do olho para a visão noturna é o único antropóide noturno, o Aotus, permitindo-nos examinar como o curso do desenvolvimento pode ser alterado para produzir um olho distintamente adaptado. Através de normalização de outros processos conservados do desenvolvimento cerebral, nós levantamos a hipótese de que o Aotus, em comparação com primatas diurnos, como o Cebus, produz esse olho alterado através de "dowregulation" da citogênese precoce, quando os cones e as células ganglionares são produzidos, e estendendo a citogêses tardia, a qual produz bastonetes. O progresso do crescimento ocular em relação à citogênese de cones, permite avaliar essa hipótese e produzir uma visão completa, quantitativa, do processo de proliferação e saída do ciclo celular, incluindo a quantificação da iniciação do processo de diferenciação. Esses dados permitirão o exame das diferenças desses parâmetros entre espécies de uma forma que nunca foi tentada anteriormente e descrever a evolução de uma adaptação funcional do olho para a visão noturna pela alteração da expressão gênica no desenvolvimento precoce que se desenrola através da expressão protéica, através da atividade celular até a morfologia ocular.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (2) . Integrantes: Luiz Carlos de Lima Silveira - Integrante / Reinaldo de Amorim Carvalho - Integrante / Humberto Soares Ferreira - Integrante / Manoel da Silva Filho - Integrante / José Augusto Pereira Carneiro Muniz - Integrante / Barbara Leverne Finlay - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / National Science Foundation - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 6
Membro: Luiz Carlos de Lima Silveira.
3.   2002-Atual. Fundamentos, técnicas e dispositivos eletrônicos na intervenção fonoaudiológica com a criança deficiente
Descrição: Este projeto tem como objetivo o desenvolvimento de pesquisas que visam contribuir para a construção teórica dos fundamentos da intervenção fonoaudiológica com a criança deficiente auditiva, e as particularidades das técnicas envolvidas quando diversos tipos de dispositivos eletrônicos são utilizados para tornar audível o sinal de fala. Fundamentos da clínica fonoaudiológica para o deficiente auditivo visando a comunicação através da linguagem oral compreendem um espaço interdisciplinar relativo à linguagem, audição, desenvolvimento psicológico e social, discutidos a partir da utilização de dispositivos eletrônicos que se fundamentam em conhecimentos de outras ciências que discutem teorias de percepção e produção de fala, plasticidade neuronal, física acústica e fonética acústica-articulatória dentre outras.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Orozimbo Alves Costa - Integrante / Beatriz Cavalcante A Caiuby Novaes - Integrante / Suzana Magalhães Maia - Integrante.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
4.   2002-Atual. Identificação e diagnóstico de perdas auditivas em crianças
Descrição: O projeto tem como objetivo o estudo dos aspectos que envolvem o processo de identificação e diagnóstico de perdas auditivas em crianças, sejam eles referentes ao aprofundamento de técnicas e métodos, ou aqueles que discutem teoricamente as perdas auditivas na infância. Pretende-se desta forma, contribuir para a construção do conhecimento científico.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Integrante / Orozimbo Alves Costa - Integrante / Dóris Ruth Lewis - Integrante / Beatriz Cavalcante A Caiuby Novaes - Coordenador.
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.

2001

1.   2001-2013. Distúrbios da Comunicação Humana nas Síndromes Genéticas: aspectos clínicos e fonoaudiológicos
Descrição: Em 1990, iniciamos no Hospital de Pesquisa e Reabilitação de Lesões Lábio - Palatais (HPRLLP), hoje Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC), da Universidade de São Paulo (USP) da cidade de Bauru-SP, o trabalho fonoaudiológico junto ao setor de genética clínica. Esta idéia deu-se em razão da necessidade de estabelecer paralelos entre fenótipo e alterações de linguagem e fala que eram observados na maioria dos pacientes que passavam pelo ambulatório. Quando o fonoaudiólogo estuda características fonoaudiológicas das síndromes, é seu papel, como membro da equipe, caracterizar dentre o espectro clínico geral, as manifestações fonoaudiológicas específicas que envolvem a linguagem em sua modalidade oral e escrita, a fala, a audição e as funções motoras orais/deglutição nas síndromes estudadas.Tendo em vista diversas síndromes genéticas que apresentam alterações fonoaudiológicas que buscam atendimento fonoaudiológico este projeto tem por objetivo caracterizar as manifestações fonoaudiológicas de indivíduos com síndromes genéticas que são atendidos nos diferentes serviços de genética e fonoaudiologia, a saber o Hospital de Anomalias Craniofaciais-HRAC-USP Bauru ?SP, o Serviço de Aconselhamento Genético-SAG-Botucatu e o Centro de Estudos da Educação e Saúde da UNESP-SP. O número de indivíduos do grupo amostral deste projeto é constituído pela demanda livre das instituições e são indivíduos com diagnóstico de diferentes síndromes genéticas que cursam com distúrbios fonoaudiológicos. Esses indivíduos passam por avaliação fonoaudiológica clínica e complementar para caracterização do quadro fonoaudiológico. O projeto em questão é desmembrado em diversos subprojetos. Foi aprovado pelo CEP Unesp-Marília sob o número 1744/2005.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . Integrantes: Célia Maria Giacheti - Coordenador / Natalia Freitas Rossi - Integrante / Danilo Moretti Ferreira - Integrante / Deise Helena de Souza - Integrante / Antonio Richieri-Costa - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 4
Membro: Célia Maria Giacheti.
2.   2001-Atual. Processos simbólicos em pessoas com necessidades especiais
Descrição: Considerando que relacionar eventos que não compartilharam de uma história de ensino direta seja um dos repertórios mais complexos que um organismo pode apresentar, a investigação das condições necessárias e suficientes para o estabelecimento destes se constituem em um problema de pesquisa de relevância científica e social. Este projeto tem a finalidade de caracterizar e descrever os principais repertórios envolvidos em correspondências simbólicas, assim como conhecer as condições sob as quais podem ser adquiridos. Tem como população alvo pessoas com necessidades educacionais especiais, mais especificamente, pessoas com baixo funcionamento cognitivo e pessoas com surdez. Em 2011 foi iniciada uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação, cujo objetivo é proporcionar a crianças com diferentes necessidades especiais de ensino do Serviço de Apoio Pedagógico Especializado (SAPE, Resolução 95 (2000) de uma escola de ensino fundamental condições de aprendizagem de leitura de palavras individualizadas a partir da exposição a um programa informatizado de ensino com tutoriamento individual (ProgLeit®, Rosa Filho e cols. 1989). Finaciamentos: Fundunesp/Proex / 2012: R$2.000,00 Fundunesp / Auxílio para participar de eventos científicos / 2004: R$ 500,00 Fundunesp/Auxílio Pesquisa/Processo nº 115-04 (mai / 2004 - abr / 2005): R$ 2.500,00 CNPq/Auxílio Financeiro/processo nº 473880-04 (mai / 2005 - abr / 2007): R$ 6.700,00 FAPESP/PRONEX (Processo #03/09928-4) PROEX - Bolsa (mar/2007 - dez/2007) Pró-Reitoria de Núcleos de Ensino - Bolsa (mar/2006 a dez/2007) Fundunesp/Auxílio Pesquisa/Proc nº 886/08 (nov/2009 - out/2009): R$ 1.400,00. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Coordenador / Sandra de Lima Ribeiro dos Santos - Integrante / FRance Matos de Oliveira - Integrante / Marina Pavão Battaglini - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Auxílio financeiro / Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Auxílio financeiro / Núcleos de Ensino Unesp - Bolsa / Unesp / PROEX - Auxílio financeiro / Unesp / PROEX - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 5 / Número de orientações: 2
Membro: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu.
3.   2001-2010. Repertórios adaptativos e pessoas com necessidades especiais
Descrição: Esse projeto tem como objetivo caracterizar e descrever repertórios de pessoas com necessidades especiais e analisar as condições de ensino oferecidas. Tem a finalidade de avaliar e planejar condições de ensino de aquisição e complexificação de repertórios mais adaptativos em função do oferecimento de condições mais promissoras de ensino. Os processos envolvidos na aprendizagem e no ensino de tais repertórios podem ocorrem em diversos contextos (p. ex. doméstico, educacional, social e profissional) e âmbitos (p. ex. relações interpessoais a políticas públicas) de atuação de tal forma que as práticas apresentadas nestes podem ser alvo de análise e intervenção. Auxílios: Proex-Fundunesp/Auxílio Financeiro (jul / 2004 - jun / 2005): R$ 1.750,00 Proex/Bolsa (abr / 2005 - dez / 2005).. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu - Coordenador / Olga Maria Piazentim Rolim Rodrigues - Integrante / Mirian Dias Eleutério - Integrante / Adriano de Oliveira - Integrante / Lúcia Pereira Leite - Integrante / Camila Perina - Integrante / Lauren Mariana Mennocchi - Integrante / Nádia Duarte Marini - Integrante. Financiador(es): Pró Reitoria de Extensão Universitária Unesp - Auxílio financeiro / Pró Reitoria de Extensão Universitária - Bolsa. Número de produções C, T A: 4 / Número de orientações: 1
Membro: Ana Claudia Moreira Almeida Verdu.

1999

1.   1999-2009. Procedimentos e práticas de estimulação de bebês e de crianças de risco em ambientes educacionais inclusivos: creches, pré-escolas e salas de recurso ou especiais.
Descrição: O projeto é composto por sub-projetos que têm em comum os objetivos de elaborar procedimentos e práticas de estimulação de bebês e crianças em diferentes ambientes de educacionais, predominantemente, aqueles ambientes de educação formal bem como investigar parâmetros de atendimento educacional de qualidade em ambientes escolares inclusivos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . Integrantes: Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil - Coordenador / Nancy V Fonseca de Almeida - Integrante / Viviane Marques Tafuri - Integrante / Cristiani da Silva Joaquim - Integrante / Thais Porlan de Oliveira - Integrante / Cinthia de Azevedo Piccinato - Integrante / Gustavo Machado Gonçalves da Silva - Integrante / Daniela Milani Ramazzoto - Integrante / Simone de Oliveira Barreto - Integrante / Eliana Leite Bastos - Integrante / Katty Maria da Costa Mattos - Integrante / Maria Luiza Pontes de França - Integrante / Virlaine Bardella Lopes - Integrante / Glaucimara Pires de Oliveira - Integrante / Maria Lucia Naime Vidal Vital - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T A: 76 / Número de orientações: 12
Membro: Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil.
2.   1999-2009. Relações Emergentes entre Estímulos e Função Simbólica: Implicações para o comportamento, o conhecimento e o ensino (PRONEX).
Descrição: Uma função central da mente é o uso e a manipulação de símbolos. A presente proposta apóia-se em um modelo comportamental que aborda a relação entre símbolo e referente como uma relação de equivalência, com potencial gerativo do qual emergem novas relações. A proposta compreende pesquisa articulada em torno de dois eixos. O primeiro compreende a investigação da função simbólica e seu pré-requisitos, tendo como objetivos específicos: (1) elucidar as condições necessárias e suficientes para tais relações; (2) investigar o potencial de organismos infrahumanos para exibir relações gerativas pré-simbólicas; (3) validar o modelo de equivalência por meio de estudos experimentais da aquisição da função simbólica. O segundo eixo compreende aplicações ao ensino, com os objetivos de investigar processos de generalização recombinativa na leitura e escrita e desenvolver procedimentos para ensino de leitura e escrita a crianças com dificuldades de aprendizagem, indivíduos com deficiência mental e adultos analfabetos.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) . Integrantes: Elenice Seixas Hanna - Integrante / Julio Cesar Coelho de Rose - Coordenador / Olavo de Faria Galvão - Integrante / Deisy das Graças de Souza - Integrante / Gerson A. Y. Tomanari - Integrante / Paula Debert - Integrante / Patrícia Serejo - Integrante / Luciana Verneque - Integrante / Marcelo Frota Benvenuti - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 27
Membro: Elenice Seixas Hanna.

1997

1.   1997-Atual. Grupo de Pesquisa - Centro de Pesquisas Audiológicas
Descrição: O Centro de Pesquisas Audiológicas (CPA) do HRAC-USP é um setor de pesquisa científica, de atendimento clínico e cirúrgico de pessoas portadoras de deficiência da aduição, e um campo de ensino e pesquisa do Depto.de Fonoaudiologia da FOB-USP. É composto por uma equipe de pesquisadores, docentes e profissionais, voltados para a Ciência da Audição. Desenvolve atividades científicas, assistenciais e de extensão, inseridas em um contexto predominantemente acadêmico e de investigação, caracterizado pelas intensas atividades dos profissionais e dos alunos dos cursos de pós-graduação em Distúrbios da Comunicação Latu e Strictu Sensu, assim como dos Médicos Residentes em ORL do HRAC/USP. O CPA consegue atender um número representativo da população brasileira, o que permite um estudo do perfil do deficiente auditivo neste país. Iniciou-se em 2001, o Curso para Pais de Crianças Deficientes Auditivas, realizado em diversos estados, sob orientação do CPA. Tal conhecimento é determinante para delimitar as diversas ações para a saúde da audição e o tratamento dos seus distúrbios. O impacto da atuação do CPA reflete-se: na melhor capacitação dos profissionais da área da Audiologia: no aprimoramento da seleção e indicação dos dispositivos eletrônicos em adultos e crianças e das técnicas de diagnóstico dos distúrbios da audição; na vialibilização do acesso de profissionais à tecnologia de ponta aplicada à surdez; na capacitação de recursos humanos para atuação com dispositivos de tecnologia avançada, tornando-os agentes multiplicadores do conhecimento; na introdução ao trabalho científico dos alunos do Curso de Graduação de Fonoaudiologia da FOB/USP; na produção científica voltada à ciência da audição e na viabilização do acesso da população ao tratamento altamente especializado; o entrelaçamento destas atividades de pesquisa resulta em benefícios científicos e tecnológicos para todas as sub-áreas da audiologia (educacional, clínica e dispositivos eletrônicos de amplificação). . Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (7) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) . Integrantes: Maria Cecilia Bevilacqua - Coordenador / Orozimbo Alves Costa - Integrante / Midori Otake Yamada - Integrante / Wanderléia Quinhoneiro Blasca - Integrante / Adriane Lima Mortari Moret - Integrante / Deborah Viviane Ferrari - Integrante / Leandra Tabanez do Nascimento - Integrante / Karina Costa Brosco - Integrante / Regina Celia Bortoleto Amantini - Integrante / Cintia Poloni Meira - Integrante / Midori Otaka Yamada - Integrante / Adriana Ribeiro Tavares Anastasio - Integrante / Andréa Cintra Lopes - Integrante / Kátia de Freitas Alvarenga - Integrante / Ticiana Cristina de Freitas Zambonato - Integrante / Marina Morettin - Integrante / Elisabete Honda Yamaguti - Integrante / Tatiana Mendes de Melo - Integrante / Luzia Maria Pozzobom Ventura - Integrante / Eliane Aparecida Techi Castiquini - Integrante / Maria Jaqueline Dias dos Santos - Integrante / Ademir Antonio Comerlatto Junior - Integrante / Mariane Perin da Silva - Integrante / Fernanda de Lourde Antonio - Integrante / Amanda Giorgetto Rodrigues - Integrante / Gabriela Bezerra - Integrante / Gabriela Felix Lazarini - Integrante / Marcella Giustti - Integrante. Número de produções C, T A: 6
Membro: Maria Cecilia Bevilacqua.
Descrição: O Centro de Pesquisas Audiológicas (CPA) do HRAC-USP é um setor de pesquisa científica, de atendimento clínico e cirúrgico de pessoas portadoras de deficiência da audição, e um campo de ensino do Curso de Fonoaudiologia da FOB-USP. É composto por uma equipe de pesquisadores, docentes e profissionais, voltados para a Ciência da Audição. Desenvolve atividades científicas, assistenciais e de extensão, inseridas em um contexto predominantemente acadêmico e de investigação, caracterizado pelas intensas atividades dos profissionais e dos alunos dos cursos de pós-graduação em Distúrbios da Comunicação Latu e Strict Sensu, assim como dos Médicos Residentes em ORL do HRAC-USP. O CPA consegue atender um número representativo da população brasileira, o que permite um estudo do perfil do deficiente auditivo neste país. Iniciou-se em 2001, o Curso para Pais de Crianças Deficientes Auditivas, realizado em diversos estados, sob orientação do CPA. Tal conhecimento é determinante para delimitar as diversas ações para a saúde da audição e o tratamento dos seus distúrbios. O impacto da atuação do CPA reflete-se: na melhor capacitação dos profissionais da área da Audiologia; no aprimoramento da seleção e indicação dos dispositivos eletrônicos em adultos e crianças e das técnicas de diagnóstico dos distúrbios da audição; na viabilização do acesso de profissionais à tecnologia de ponta aplicada à surdez; na capacitação de recursos humanos para atuação com dispositivos de tecnologia avançada, tornando-os agentes multiplicadores do conhecimento; na introdução ao trabalho científico dos alunos do Curso de Graduação em Fonoaudiologia da FOB-USP; na produção científica voltada à ciência da audição e na viabilização do acesso da população ao tratamento altamente especializado; o entrelaçamento destas atividades de pesquisa resulta em benefícios científicos e tecnológicos para todas as sub-áreas da audiologia (educacional, clínica e dispositivos eletrônicos de amplificação). Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Adriane Lima Mortari Moret - Integrante / Maria Cecília Bevilacqua - Coordenador / Midori Otake Yamada - Integrante / Kátia de Freitas Alvarenga - Integrante / Adriana Ribeiro Tavares Anastasio - Integrante / Andréa Cintra Lopes - Integrante / Carmen Zaramella Vono Coube - Integrante / Deborah Viviane Ferrari - Integrante / Dóris Ruth Lewis - Integrante / Luciane Paiva Monteiro - Integrante / Orozimbo Alves Costa Filho - Integrante / Raquel Franco Stuchi - Integrante / Regina Célia Bortoleto Amantini - Integrante / Vera Lúcia Garcia - Integrante / Wanderléia Quinhoneiro Blasca - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Cooperação.
Membro: Adriane Lima Mortari Moret.

1993

1.   1993-Atual. Determinantes do comportamento de escolha no paradigma de autocontrole
Descrição: Estudos sobre a influência de aspectos metodológicos e da história de reforçamento sobre escolhas entre alternativas que envolvem diferentes atrasos ou probabilidades e magnitudes de reforçamento com situação de conflito.. Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (1) . Integrantes: Elenice Seixas Hanna - Coordenador / Cristiano Coelho - Integrante / Rodrigo Baquero - Integrante / Leonardo Andrade - Integrante / Adriana Gebrim - Integrante / Flávio Campestrin Bettarello - Integrante. Número de produções C, T A: 10 / Número de orientações: 15
Membro: Elenice Seixas Hanna.


(*) Relatório criado com produções desde 2009 até HOJE
Data de processamento: 14/06/2016 21:17:50